quarta-feira, 14 de março de 2012

FORÇA JOVEM, UNIÃO VASCAÍNA, TOV, VASGUAÇU E TULÍPAS 2010: REFORÇO POLÊMICO

A contratação do meio atacante Zé Roberto, não reduziu a insastifação da Torcida com a qualidade dos reforços apresentados pela Diretoria, além dele, chegaram o centroavante Júnior e o zagueiro Cezinha, ex Santo André. 
Em São Januário, o clima é quente, no Vasco 0 X 0 Palmeiras, a Força Jovem protestou com faixas. 
Numa delas se lia: “Pensar Grande é Agir Como Gigante-Contratações de Peso! Técnico de Ponta!” 
Aos 29 anos, Zé Roberto conta com o apoio dos Vascaínos, e pretende se desdobrar em campo para livrar-se do estigma de ter atuado por Flamengo e Botafogo, além da fama de boêmio que acompanha como uma sombra. 
“O passado condena, mas não dá para ficar agarrado a isso. Não podemos virar as costas para o jogador porque aí é que não anda mesmo”, afirma Claudinho, Presidente da Força Jovem. 
O líder da Força Jovem espera a chegada de um reforço de impacto.
 “Eu sei que é complicado, mas Torcida é sentimento. Queremos uma contratação de peso. O elenco de hoje é limitado para uma arrancada vitoriosa. Nós vamos apoiar sempre. E cobrar quando for preciso”.
Para Jorge Mansur, Presidente da União Vascaína, as novas contratações estão longe do esperado, mas é preciso dar crédito a Zé Roberto. 
“É uma incógnita, teve passagem interessante no Botafogo, mas será que vai render o suficiente no Vasco?”, questiona Mansur, que mesmo desconfiado da capacidade do Time, viajou até Florianópolis para assistir Avaí 2 X 0 Vasco.
O metarlúgico Davi de Oliveira Santos, Presidente da TOV, está de acordo como Claudinho e Mansur sobre a fragilidade do elenco Vascaíno e a importância da contratação de reforços de peso para a campanha no Brasileiro.
“Esse Time atual do Vasco é brincadeira. Espero do Zé Roberto muita garra e disposição. Tomara que esteja no propósito de nos ajudar. Vi a sua chegada no Clube e achei ele frio. Espero que tenha sido apenas impressão”, conta.
A Presidente da Vasguaçu, Sandra Maria Glória, lamenta o investimento feito em Zé Roberto. “Dele eu não espero absolutamente nada. Mas o problema não é somente do jogador. Hoje em dia falta liderança no Clube.”
Já para Maria da Penha Neves, Presidente da Tulípas Vascaínas, nem tudo esta perdido. “Como o Zé Roberto em forma o Vasco brigará para ser Campeão Brasileiro. Mas desde que o Carlos Alberto e o Coutinho permaneçam”. 
Fonte Jornal Meu Vascão.

Jornal O Meu Vascão 2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário