segunda-feira, 10 de julho de 2017

TOV 1948: UM TORCEDOR PODE-SE ENGANAR, UMA TORCIDA, NÃO

Quanto mais se examinar este Fluminense 0 x 2 Vasco, mais semelhanças há de se encontrar com aquele Vasco x Fluminense. A vitória do Fluminense em São Januário parece a muitos maior do que a vitória do Vasco em Álvaro Chaves pela comparação do Vasco naquele match e do Fluminense nesse match. O que era o Vasco e o que é o Fluminense. O Vasco invicto até então, o Fluminense vindo de duas derrotas. Quer dizer, diminue-se a importância da vitória do Vasco, porque o Vasco é o ponteiro do campeonato e o Fluminense não é mais nada disso...
Era a revanche ansiosamente esperada. E só quem viu a Torcida do Vasco cobrindo o gramado de Álvaro Chaves aos pulos, aos gritos, agitando braços, camisas e palitos, é que pode fazer uma ideia do que foi esta vitória para o Vasco...
Um torcedor pode pular em campo, depois de qualquer vitória. Há torcedores que não querem saber se a vitória foi boa ou má, vai logo pulando para o campo, depois que o juiz apita. Quando, porém é a massa da Torcida que entra em campo para carregar jogadores em triunfo, para expressar a alegria da vitória, para gozar realmente a vitória, é que a vitória foi grande.
A multidão nunca se engana depois de um jogo.
Fonte: Jornal dos Sports 07 de Dezembro de 1948

SÓ FALTARAM OS SANDUÍCHES
No final do jogo a Torcida do Vascaína foi gozar a social tricolor. Um verdadeiro carnaval frente as sociais do Fluminense. Flâmulas, cantarolas, gritos, um verdadeiro pandemônio apossou-se dos fãs Vascaínos. O Paes Leme, tricolor doente e inveterado, já suava frio nesta altura e não se contendo exclamou:
- Você vê, Charles? A Torcida Vascaína, está morando dentro do campo, pois há meia hora que estão ai sendo que alguns até se sentaram no gramado...
Nesta altura passava o Gastão Soares que soltou a sua piadinha encabulada:
- É verdade Paes Leme, a Torcida lusitana não pode ver um campo que tem logo vontade de sentar. Pensam que estão num pic-nic, só faltaram os sanduíches...
Coube então a resposta final ao Vascaíno José Araújo:
- Não tiveram sanduíches, porém em compensação fazem um pic-nic tomando sopa....

PALCO DE GUERRA
Assim tivemos o “Rei do Contra” lá em Álvaro Chaves a assistir impassivo os lances emocionantes do clássico número um e findo o match, com a vitória dos Vascaínos, o Príncipe teve de deixar o campo escoltado pela sua guarda de honra, já que o campo de Álvaro Chaves parecia mais um palco de guerra, onde bofetões, correrias e palavras cruzadas tomaram conta das Torcidas. Os adeptos do Vasco, aliás, terminado o prélio, se postaram frente as Sociais tricolores para gozar a derrota, fazendo o mesmo estardalhaço que no turno os fãs do grêmio das Laranjeiras realizaram lá em frente a bancada Social dos cruzmaltinos.

TOV Jornal dos Sports 1948

TOV Jornal dos Sports 1948

TOV 1948

TOV 1948



Nenhum comentário:

Postar um comentário