quarta-feira, 14 de março de 2018

TOV 1970: TORCIDA FAZ PROMESSA DE AMOR E PAZ

- O time do Vasco pode contar desde já com o apoio maciço de sua Torcida. 
A promessa é de Dulce Rosalina, Chefe da Torcida Organizada, que diz ter sofrido muito nos últimos anos e, principalmente, durante a Taça de Prata no ano passado, mas que conta com a recuperação total, este ano.
Dulce admite que uma parcela da Torcida tenha se afastado um pouco dos campos em virtude dos maus resultados  do time nos jogos da Taça de Prata. Afirma, porém, que a maioria continuou solidária com o Clube e não deixou de assistir a um só jogo.
- O torcedor verdadeiro não é só aquele que comparece aos campos. E também o que vive as alegrias ou as tristezas do clube. Sua ausência dos jogos não deve ser interpretada como indiferença aos resultados, mas como uma frustração passageira, acrescenta Dulce, com a convicção de que um torcedor não pode ficar indefinidamente isolado de seu Clube.
No jogo de domingo passado contra o Central, a Torcida do Vasco incentivou o time do princípio ao fim, embora até os trinta minutos o ataque não tivesse encontrado o caminho do gol. Dulce recorda o comportamento da Torcida para afirmar que “os Vascaínos são fiéis.”
-Se muitas vezes vaiamos é porque sentimos a necessidade de fazer uma crítica, ou uma advertência aos homens que dirigem o clube, não aos jogadores. É nossa única oportunidade de manifestação pública e maciça.
A atual diretoria, segundo Dulce Rosalina, “tem homens de gabarito, Vascaínos autênticos, dedicados, que se uniram para tratar da recuperação do prestígio do Vasco e que merecem todo o apoio”.
- Sabemos que o time ainda não esta bem, mas também sabíamos que não seria possível conseguir uma nova estrutura em tão pouco tempo. Por isso incentivamos o time contra o Central, embora muitos receassem que o valêssemos.
Dulce, como todo torcedor que acompanha futebol, sabe onde estão os erros. Só se levanta para protestar contra um jogador ou o time inteiro quando nota que há falta de empenho.
- O jogador que luta merece o respeito da Torcida. Os jogadores do Vasco lutam e por esse espírito combativo que estamos com eles seja qual for a situação, concluiu Dulce Rosalina.
Fonte: Jornal dos Sports 05 de Fevereiro de 1970

TOV Jornal dos Sports 1970

TOV Jornal do Brasil 1970

TOV Maracanã 1970


Nenhum comentário:

Postar um comentário