domingo, 3 de junho de 2018

FORÇA JOVEM E PEQUENOS VASCAÍNOS 2000: TORCIDAS ORGANIZADAS CONTRA ATACAM

Ao comprar a briga de Maricá e Edmundo, recentemente vaiados pela Torcida do Vasco, Felipe acabou despertando a ira das Torcidas Organizadas. O lateral deixou claro que as críticas que vêm das arquibancadas podem influenciar na sua saída do Clube, até porque ele mesmo estaria sendo vítima delas, como resposta, o jogador recebeu mais broncas.
“O Felipe está reclamando dos outros porque ele mesmo não está jogando nada. A Torcida vaia quem ela não gosta. Se o Edmundo está pisando na bola, a gente deixa de aplaudir e vai começar a vaiar”, argumentou o Presidente da Força Jovem, Alexandre Coelho, o Cebola.
Mesma opinião tem o Presidente de outra Facção, a Pequenos Vascaínos. José de Souza, o Zeca, acha que Felipe deve se preocupar mais em jogar futebol.
“O Felipe tem que jogar o futebol dele e esquecer a Torcida, É por causa de coisas deste tipo que sua imagem está arranhada com os torcedores, apesar de todos reconhecerem que se trata de um grande jogador”, disse José de Souza. 
Segundo os Líderes das Torcidas Organizadas, as vaias não estão partindo somente delas, mas do torcedor comum do Vasco. Lembram até que, na última partida em São Januário, contra o Madureira, os primeiros sinais de insatisfação com Maricá e Edmundo vieram das cadeiras sociais.
Fonte: Jornal O Globo 18 de Março de 2000

Força Jovem Jornal O Globo 2000

Força Jovem Jornal O Globo 2000

Vasco Felipe

Vasco Maricá


Nenhum comentário:

Postar um comentário