segunda-feira, 6 de agosto de 2018

TOV 1957: A CLARINADA DA VITÓRIA

Já se sentia falta nos jogos do Vasco, da trombeta do Ramalho. 
Ela reapareceu no Maracanã, clarinando aqui, ali, até os limites da Torcida do Vasco. 
As vezes se ouvia a trombeta do Ramalho do alto, as vezes de baixo, as vezes perto, as vezes longe. 
E Ramalho não parou. Foi até as fronteiras da Torcida do Fluminense, mas ficou mais perto do lado direito da grande arquibancada. A principio torcendo como sem que para que, pois o Vasco estava perdendo. 
Depois já com uma razão de ser, já que o Vasco empatara e finalmente para saudar a grande vitória. 
Era realmente a clarinada da vitória. 
O Ramalho soprava cada vez com mais força a trombeta de talo de mamona, conduzindo a Torcida do Vasco em seu delírio.
Fonte: Jornal dos Sports 02 de Dezembro de 1957

TOV Domingos Ramalho Jornal dos Sports 1957

Nenhum comentário:

Postar um comentário