sábado, 28 de fevereiro de 2015

FORÇA JOVEM 1991: VENHA FAZER PARTE DA 1ª FAMÍLIA MÉIER

A Primeira Família é o nome do novo Núcleo da Força Jovem, no Méier. O grupo é extenso ao moradores locais e adjacentes, Estamos proporcionando aos antigos e novos associados várias atividades esportivas, como Torneio de Tênis de Mesa, Campeonato de Futebol de Salão e outras recreações, além de nos reunimos, é claro, para irmos sempre em conjunto assistir aos jogos do Vasco onde quer que ele esteja atuando. Quem quiser se juntar a nós basta procurar na própria Sede do Núcleo, na Rua Souza Aguiar, 217, Méier, Rio de Janeiro, ou no Estádio do Maracanã, em dias de jogos do Vasco. Venha você também fazer parte de nossa Primeira Família Vascaína do Méier.
Carlos Bagulhão e Bacalhau – Méier
Fonte: Coluna Bate Bola Jornal dos Sports 22 de Novembro de 1991

Força Jovem Jornal dos Sports 1991

Força Jovem Maracanã 1991

Força Jovem 1ª Família 1991



sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

TOV 1986: FINAL DA TAÇA GUANABARA VASCO 2 X 0 FLAMENGO BRIGA EM FAMÍLIA

Mas as “atrações” não pararam ai. A tia de Zico, Dona Adélia Coimbra, 74 anos, fez questão de ir ao Maracanã.
O detalhe é que ela, de uma família de flamenguistas, foi torcer para o Vasco, seu Clube querido.
E, para que não houvesse dúvida, Dona Adélia foi com a camisa Vascaína (TOV).
“O pai de Zico, meu irmão, me ofendeu uma vez porque eu não torcia para o Flamengo. Eu sou Vasco e vou morrer Vasco, e não há nada melhor que comemorar um título em cima dele”, deliciava-se a velhinha.
Fonte: Revista Placar 28 de Abril de 1986

TOV Revista Placar 1986

TOV Revista Placar 1986

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

PEQUENOS VASCAÍNOS 1978: BATE BOCA ENTRE TORCEDORES NA COLUNA CAMISA 12 DA REVISTA PLACAR

Chego para ratificar a carta do leitor Marco Antônio Sambro. Como Vascaíno estive em Campinas para ver o jogo contra a Ponte Preta, posso testemunhar o calor da recepção que nos foi oferecida pelos ponte-pretanos.
Foi um verdadeiro exemplo de cordialidade e hospitalidade, que desfez, pelo menos entre os Vascaínos, a péssima imagem da Torcida do Guarani nos havia transmitido de Campinas.
Parabéns, ponte-pretanos, e que o exemplo seja adotado pelos torcedores de Guarani, Botafogo de Ribeirão Preto e Londrina, pelo menos.
Saudações Vascaínas.
Francisco das Chagas, Diretor da Torcida Pequenos Vascaínos. (27 de Janeiro)

Disse e reafirmo que foi sensacional a recepção que os ponte-pretanos deram aos Vascaínos, irmãos na cor, na faixa e na tradição, da mesma forma que a oferecida pelos Gaviões da Fiel no Morumbi. Se outras Torcidas não sabem receber, e o próprio Guarani nos mostrou isso, é outra história. Se Carlos Antônio Silva quer ser agredido verbal e fisicamente, com o apoio até da polícia local, de um pulo ao Estádio do Café, conheça o vandalismo da Torcida do Londrina.
Saudações Vascaínas.
Francisco das Chagas, Diretor da Torcida Pequenos Vascaínos, Belo Horizonte MG. (31 de Março)

Ficamos indignados com a carta enviada pelo leitor Francisco das Chagas. Gostaria de lhe perguntar se ele já esteve alguma vez no Estádio do Café, em Londrina. Nós já fomos a São Januário, e a recepção foi magnífica, pois até nosso ônibus foi danificado. Gostaria que algum torcedor do Galo escrevesse a Placar sobre o comportamento do torcedor londrinense, Na minha terra não existe vandalismo, como o Sr Chagas afirmou, ele que venha aqui e comprovará o que afirmo.
Silvia Helena, Londrina, PR. (12 de Abril)

Nós torcedores do Londrina, queremos dizer ao Sr Francisco das Chagas, Diretor da Torcida Pequenos Vascaínos, que só somos vândalos com quem merece. No último jogo do Brasileiro, fomos a São Januário e tivemos que assistir calados a vitória de nosso time. Queremos dizer ainda ao Sr Francisco das Chagas que se ele ou seu Clube não aceitam derrotas ou críticas, que não entrem no Brasileiro. Não somos vândalos, como diz o Sr Chagas, mas fazemos questão e está atravessado na garganta o que recebemos em São Januário.
Paulo Roberto Brambila. Londrina (21 de Abril)

Em resposta as acusações Sr Carlos Antônio da Silva a Ponte Preta, gostaria de esclarecer, tratamos com o devido respostas as Torcidas que compareçam ao nosso Estádio.
1- A do Corinthians tratar como somos tratados em São Paulo
2- Temos relações de amizade com a Torcida do Santos, principalmente com as Uniformizadas.
3- Depois de alguns mau entendidos, tudo bem com as Torcidas do Palmeiras e Portuguesa.
4- Quanto ao Guarani, não podemos falar, pois sua Torcida não existe.
Agradecemos ao Sr Francisco das Chagas e a todos os outros Vascaínos e são-paulinos que vêm a público testemunhar a verdade.
César Luís Pucinelli, Campinas, SP. (21 de Abril)

Não tem sentido a Torcida do Londrina, que não soube receber, mostrar-se indignada com as críticas de Vascaínos que, é claro, retribuíram a altura na oportunidade que surgiu posteriormente. Estive no Estádio do Café, e por isso, reafirmo tudo o que disse. Quanto ao fato de os londrinenses terem recebido bem os atleticanos, não fizeram mais do que a obrigação, pois foram recepcionados com flores no Mineirão. Francisco das Chagas (19 de Maio)

Resido em Campinas há apenas seis meses e já pude constatar vandalismo da Torcida ponte-pretana, que após perder para o Guarani depredou completamente seu Estádio. Eu vi, Delcio Vaz de Medeiros, Campinas, SP. (19 de Maio)

Vi o jogo Vasco x Londrina, em São Januário, quando os donos da casa se revelaram mestres em pedradas e garrafadas. Não se pode comparar a fina e educada Torcida do Londrina com a do Vasco, que não sabe receber os visitantes. Fui ao Estádio do Café, para ver o empate entre Londrina e Atlético MG, posso garantir que tivemos magnífico acolhimento.
Antoni Traptone, Belo Horizonte. MG. (19 de Maio)

Nós atleticanos, fomos muito bem recebidos em Londrina, e mesma forma como mostramos hospitalidade mineira quando o Londrina esteve em Belo Horizonte.
Jorge Augusto Ramos. Belo Horizonte, MG. (19 de Maio)

A mesma indignação sentida pelos londrinenses foi sentida pelos atleticanos, especialmente nós da Torcida Força Viva do Galo, diante das cartas de Francisco das Chagas. Estivemos em Londrina e jamais fomos recebidos tão cordialmente em qualquer outra cidade. Aliás, dos Vascaíno não se pode mesmo esperar nada de bom, o que eles aprontam em São Januário não está escrito. Aqui mesmo, em Belo Horizonte, já tiveram de receber um corretivo. O motivo, exceder insultos após verem o seu time ser goleado pelo Galo.
Torcida Força Viva do Galo (19 de Maio)

Fonte: Revista Placar Coluna Cartas da Camisa 12, 27 de Janeiro, 31 de Março. 12 e 21 de Abril e 21 de Maio de 1978)

Pequenos Vascaínos Revista Placar 1978

Pequenos Vascaínos Revista Placar 1978

Pequenos Vascaínos Revista Placar 1978

Pequenos Vascaínos Revista Placar 1978

Pequenos Vascaínos Revista Placar 1978

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

FORÇA JOVEM E ANATORG 2015: REUNIÃO REALIZADA PELA ANATORG EM BUSCA DA PAZ

O G.R.T.O. Força Jovem do Vasco vem por meio do seu Site Oficial mostrar a grande iniciativa feita pela ANATORG (Associação Nacional das Torcidas Organizadas) em realizar uma reunião no Dia 24 de Fevereiro de 2015 em busca da PAZ.
O encontro dos representantes do G.R.T.O. Força Jovem do Vasco com representantes da Torcida Organizada Fanáticos do Atlético Paranaense, que contou também com a presença do Presidente da nossa coirmã Mancha Alvi Verde do Palmeiras, ocorreu na Câmara Municipal de São Paulo, a reunião foi feita em busca de um propósito acima de qualquer rivalidade.
A ANATORG propôs que com estes encontros levará a mensagem e a união das Torcidas por uma arquibancada melhor, condições nos estádios, preços acessíveis. E por fim, a força de juntos mudarmos a imagem das Torcidas, e conquistarmos o direito de todo torcedor promover a festa nas arquibancadas que tanto sonhamos.
A Diretoria do G.R.T.O. Força Jovem do Vasco parabeniza a ANATORG pela iniciativa e está junto com os órgãos públicos pela Paz nos estádios.
Veja fotos da reunião abaixo!!
G.R.T.O. Força Jovem do Vasco é totalmente contra a qualquer ato ou atitude violenta!
O G.R.T.O. Força Jovem do Vasco sempre se coloca a disposição para atender a qualquer determinação do GEPE e do Ministério Público, para o bom andamento dos jogos do C.R. Vasco da Gama no Rio de Janeiro e no Brasil!
VASCO POR AMOR FJV POR IDEAL
Diretoria do G.R.T.O. Força Jovem do Vasco
http://www.forcajovem.com.br

Força Jovem Reunião da ANATORG 2015

Força Jovem Reunião da ANATORG 2015

Força Jovem Reunião da ANATORG 2015

Força Jovem Reunião da ANATORG 2015

Força Jovem Reunião da ANATORG 2015

Força Jovem Reunião da ANATORG 2015



terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

TORCIDA DO VASCO 1940: TODO ESTIMULO AOS CRUZMALTINOS

A Caravana Vascaína Chefiada por Olympio Pio e João de Lucca reaparecerá.
Olympio Pio e João de Lucca, são dois influentes torcedores do Vasco da Gama que se haviam afastado da ativa. 
Agora porém, sentindo a necessidade de estimular o esquadrão de São Januário na luta pelas primeiras posições, Olympio e De Lucca, resolveram voltar.
E voltando, trataram logo da reorganização da famosa Caravana Vascaína” que chegaram em outros tempos. 
Hoje a Caravana reaparecerá afim de levar todo o estímulo aos cruzmaltinos na peleja com o América nas Laranjeiras. 
A Caravana sairá automóveis especiais do Largo de São Francisco as 13 horas.
Fonte: Jornal dos Sports 26 de Maio de 1940

Torcida do Vasco Jornal dos Sports 1940

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

VASCO 1930: FOTOS 01

Vasco Festa comemorativa ao Campeão de Terra e Mar  Revista Lusitania 1930

ANIVERSÁRIO 32 ANOS DO VASCO

Vasco São Januário Festa de 32 Anos do Vasco Revista Lusitania 1930

Vasco São Januário Festa de 32 Anos do Vasco Revista da Semana 1930

domingo, 22 de fevereiro de 2015

FORÇA JOVEM 1997: ESCOLA DE SAMBA FORÇA JOVEM VASCO

Futebol e Samba sempre foram uma grande paixão dos brasileiros, a Força Jovem sempre foi ligada no carnaval, a Torcida já teve Alas e desfilou em várias Escolas de Samba, Vila Isabel (1974), União da Ilha (1977), Imperatriz Leopoldinense (1981), Portela (1983/1984), Tradição (1985), Beija Flor (1986), Boêmios de Inhaúma (1989), Em Cima da Hora (1997), Unidos da Tijuca (1998), Mocidade Independente, Lins Imperial e mais algumas, por isso porque não ter a sua própria Escola de Samba.
Conversando com o amigo Daniel Oliveira, ele me contou sobre a tentativa de criar uma Escola de Samba da Força Jovem, que foi na época que o Presidente era Marcelo He-Man, que até mantinham contato com a Unidos da Tijuca, que já tinham prontos vários esboços, que iam tentar desfilar na Av. Rio Branco.
Marcelo He-Man o que realmente aconteceu?
“Em 1996/97 tivemos essa ideia, de fazer uma Escola de Samba ligada ao Vasco. No início tinha uma galera que queria colocar o nome da Força Jovem (Unidos da Força Jovem). O problema que isso faria que pessoas mais conservadoras se aproximassem/participassem do Projeto.
Concluímos que Unidos do Almirante seria mais interessante.
O Mazinho, um antigo componente da FJV junto com Marcelo Bicudo, tinham uma forte ligação no mundo do samba, mas acabamos não tendo muito apoio do meio. Eu acho que existe um acordo velado entre as Escolas de não permitirem que aqui se transforme como é em São Paulo,  onde várias Torcidas tem Escolas de Samba e Blocos.
Na época fizemos desenhos mas infelizmente não sei onde foram parar.”. Falou Marcelo He-Men Mendonça, ex Presidente da FJV em 2014.

Força Jovem Bateria 1998

Força Jovem Bateria 1998

Força Jovem Bateria 1998

Força Jovem Bateria 1998

sábado, 21 de fevereiro de 2015

FORÇA JOVEM E ANATORG 2015: UM ANO E 3 MESES APÓS JOINVILLE, ORGANIZADAS DE VASCO E ATLÉTICO-PR FARÃO REUNIÃO EM SP NA PRÓXIMA 3ª FEIRA

Um ano e quatro meses depois, os protagonistas de uma das cenas mais lamentáveis do futebol brasileiro ficarão novamente frente a frente. Membros das organizadas de Vasco e Atlético-PR que se enfrentaram no dia 8 de dezembro de 2013, em Joinville, têm encontro marcado na próxima terça-feira, às 14h, em São Paulo. O objetivo: evitar que novos conflitos aumentem ainda mais as punições que sofreram depois da briga, que deixou quatro torcedores feridos. 
A reunião está sendo intermediada pela Associação Nacional das Torcidas Organizadas (ANATORG). A iniciativa começou a ser discutida no fim do ano passado, com o retorno do Vasco à Série A. Este ano, os dois clubes se enfrentarão pelo Brasileiro, em Curitiba e no Rio. Penalizadas institucionalmente e com alguns de seus membros sendo alvos de processos criminais, as organizadas tentam evitar novos conflitos e, conseqüentemente, um martelo mais pesado da Justiça em relação aos processos que já estão em andamento. 
- Não foi tão difícil organizar esse encontro. Foi algo sinalizado pelas duas torcidas - disse André Azevedo, presidente da Anatorg. - Qualquer problema que ocorrer novamente, vai trazer mais problemas. Nosso trabalho é tentar conscientizá-las a respeito disso. Como diz o ditado, quando não se aprende no amor, se aprende na dor. Eles estão aprendendo na dor. 
De acordo com Azevedo, que também é presidente de um torcida organizada do São Paulo, quatro integrantes de cada torcida participarão da reunião marcada para acontecer na capital paulista justamente por ser um “território neutro” para paranaenses e cariocas. 
Os membros do encontro não foram escolhidos por acaso. Estarão frente a frente participantes do conflito em Joinville que estão na mira da Justiça. O clima, ao que parece, será de paz. Com o filme cada vez mais queimado, é o mínimo que podem fazer. 
- O que aconteceu não vai se apagar. Não negamos a nossa parcela de culpa, mas há outros culpados que se omitem e jogam todo o peso sobre o lado mais fraco, que é o da torcida organizada - defende André Azevedo. 
Associação sofre para furar barreiras impostas pela rivalidade 
Essa é justamente uma das funções que a ANATORG assume. A outra é representar as torcidas afiliadas no meio externo. Atualmente, 50 torcidas estão ligadas à Associação. O discurso é de incentivo ao diálogo entre grupos tradicionalmente rivais. 
Em Minas Gerais, um encontro entre líderes das principais organizadas de Atlético-MG e Cruzeiro, que possuem vasto histórico de conflitos, foi um vitória conquistada pela Anatorg, garante Azevedo. Em São Paulo, porém, a rivalidade ainda é uma barreira para que as diferenças possam ser melhor administradas. A principal organizada do Palmeiras se recusa a fazer parte do grupo por causa da presença de integrantes da maior facção corintiana na diretoria da associação. 
- Na cidade de São Paulo é onde encontramos mais problemas. Temos diálogo com as diretorias das organizadas de Santos e Palmeiras, mas por causa da rivalidade, da vaidade, eles preferem ficar fora do movimento - afirmou. 
Fonte: Extra Online e Netvasco

Força Jovem Paz 2015



sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

FORÇA JOVEM 2015: ANIVERSÁRIO DE ELY MENDES

“Homenagem ao meu eterno Presidente Ely Mendes, que hoje dia 20 de Fevereiro, estaria comemorando mais um ano de vida.” Disse Valéria Cravo.
Um texto que retrata exatamente quem foi esse homem incrível!
"A maior riqueza que um Clube de futebol pode ter é a sua Torcida. Ela é mais importante até que jogadores, títulos ou patrimônio. Afinal, um campeonato conquistado não tem muita graça se não houver comemoração. Fundada em Fevereiro de 1970, a Força Jovem é a maior Torcida independente do Brasil. Independente porque é a única facção que não precisa da ajuda do Clube para crescer. E sua grandeza impressiona.
O crescimento da Força Jovem deu-se a partir de 1971, quando Ely Mendes assumiu a presidência da Torcida. Com o novo mandatário, a Força Jovem deixou de ser uma Torcida apenas de bairro para ganhar projeção nacional. A famosa sigla ''FJV'' foi criada para aumentar a identificação da Torcida com os Vascaínos. Uma Sala no Maracanã foi conseguida para guardar o material da Torcida.
Enquanto as outras Torcidas brigavam, Ely zelava pelo bom ambiente na Força Jovem. "Viemos ao estádio para torcer, não para brigar". O velho Presidente ficou no cargo até 1989, ano do bicampeonato brasileiro de futebol. E durante esses 18 anos à frente da maior Organizada Vascaína, Ely sempre zelou pela integridade dos seus membros, como a proibição do uso de caixa de morteiros e fogos de artifícios durante os jogos do Vasco. ''Ficamos atrás do gol. É só observar durante o jogo se do nosso lado, alguém solta fogos. Cumprimos todas as determinações e não queremos que ninguém queime as mãos ou fique cego. ''
Ely, definitivamente, doava-se para a Força Jovem. Pagava do próprio bolso passagem para torcedor acompanhar o time nas caravanas. Coordenar a Torcida era parte da sua vida. Perfeccionista, reclamava quando uma bandeira não estava amarrada direito. "A bandeira tem que ficar bem no alto, tremulando, mostrando as cores do nosso Clube e o nome da nossa Torcida, composta por um grupo dedicado e trabalhador".
Um grupo dedicado e trabalhador. Que amava o Vasco acima de tudo. Essa era a Força Jovem, comandada por Ely Mendes."
Fonte: www.flogao.com.br/torcidasdovasco e http://www.semprevasco.com/conteudo/conteudo.php?id=28

Força Jovem Ely Mendes 2015



quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

FORÇA JOVEM 2015: PARABÉNS A FORÇA JOVEM DO VASCO 45 ANOS

Alguns depoimentos colhidos no Facebook
JAPÃO DE MARECHAL HERMES: Parabéns a FORÇA JOVEM do VASCO. 
Essa Torcida faz parte de todos nós, somos uma família verdadeira e isso para mim não tem preço. Obrigado Vasco e FJV por ter me dado essa família Vascaína ! Parabéns Força Jovem do Vasco

SUELI ARAUJO: Parabéns pra você e pra todos que fazem parte e também pra todos que já passaram por ela. Parabéns Força Jovem

ÍNDIO: Parabéns, ‪#‎MINHA ‪#‎FORÇA ‪#‎JOVEM ‪#‎VASCO pelos seus 45 anos!
Eu tento explicar, mas é impossível; Amar a Força é incrível, fantástico! 
É surreal e não tem explicação; Eu te amo Força Jovem /+/ até o fim!
A Força Jovem é o meu sorriso, minha lágrima, minha emoção e meu coração; é a minha felicidade até depois da Morte! Índio F J Vasco
45 Anos da Maior e Melhor Organizada do Mundo!!

DANIEL OLIVEIRA: Parabéns Ao G.R.T.O. Força Jovem do Vasco 45 Anos
Parabéns a maior Torcida Organizada do Brasil! Aqui tenho amigos de mais de 20 anos que mesmo não presente no dia a dia posso considerá-los assim como me consideram.
Um grande abraço a todos que fazem parte desta família que sabem o que representa a FJV !
Vasco Por Amor + Força Jovem Por Ideal

MARCELO CACHAÇA: Parabéns ao G.R.T.O. Força Jovem Vasco pelos 45 anos representando o C.R.Vasco da Gama e fazendo história. Você está sempre no coração de todos nós que um dia fizemos parte dessa amada instituição. SV.

ANTÔNIO VICENTE: Também dei minha modesta contribuição de quase 20 anos na direção da FJV junto com companheiros inesquecíveis e admiráveis como Haroldo Affonso Costa e Ely Mendes Correa dentre outros. Os 3 vascaínos que se reuniram no Méier em 1969, se não me engano na Rua Vilela Tavares, não tinham como objetivo fundar uma Torcida Organizada para ser uma das mais violentas do país. De qualquer forma o que de bom ela fez ou proporcionou, tem o dedo de muita gente especial como Sueli Araujo e Valéria Cravo.

DIRETORIA
Em 19 de Fevereiro de 1970, nascia a nossa querida Força Jovem do Vasco para se tornar a maior Torcida Organizada do Vasco e do Brasil.
Uma Torcida que começou pelo amor de alguns torcedores, e evoluiu ao longo desses 45 anos de existência, sempre tentando inovar mas sem deixar de lado o amor ao Club de Regatas Vasco da Gama.
Uma Torcida que sempre lutou em prol da unidade entre as famílias, da colaboração de todos os integrantes e sempre aceitou e deu apoio as torcidas coirmãs. As quais também temos que agradecer por todos esses anos de glórias.
Mesmo com altos e baixos ao longo dos anos, punida a mais de 1 ano e com um grande problema interno que se encontra no momento, com certeza, a FJV é a melhor e maior torcida organizada do Brasil, e temos orgulho deste feito.
Não podemos esquecer de parabenizar aos torcedores anônimos, a todos os que amam nossa Torcida e as 61 Famílias, que compostas por seus integrantes antigos e novos, que ergueram e continuam erguendo o nome da Força Jovem ao ponto mais alto, nesses 45 anos de lutas, vitórias e muitas alegrias.
Muito obrigado pelos homens e mulheres que em 19/02/1970 resolveram fundar uma Torcida onde hoje em dia se transformou em uma imensa FAMÍLIA pelo Brasil e pelo Mundo, e sempre seremos Vasco por amor e Força Jovem por ideal
Força Jovem, obrigada por você fazer parte de nossas vidas.
Parabéns por seus 45 anos - 19/02/1015!
Juntos somos fortes, unidos somos imbatíveis.
Atenciosamente,
Diretoria do G.R.T.O. Força Jovem do Vasco
http://www.forcajovem.com.br

Força Jovem 45 anos 2015

Força Jovem 45 anos 2015



quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

ASTOVA 1978: 2º CONCURSO RAINHA DAS TORCIDAS DO VASCO

Danuza Leão, Sônia Braga, Elke Maravilha e Paulinho da Viola, todos cruzmaltinos, formam no júri que elegerá no dia 04 de Novembro a nova Rainha da Torcida do Vasco da Gama.
O Concurso aconteceu na Sede da Associação dos Empregados do Comércio, na Av. Rio Branco.
Participaram 18 Torcidas Organizadas do Vasco, Vascentro (Cláudia Rejane), Vasco Real (Angela Matias Baptista), Vasbandeira, Vaslovasco, Vaspavuna (Márcia Mendes), Vasconçalo (Maria de Fátima), Vasquita (Marly Soares), Vasguaçu (Marilda Lopes), Feminina Camisa 12 (Ana Lúcia), Vascoelho (Isaura Torres), Vasco Raça (Leila), Vascolina Camisa 13 (Valéria Barros), Vaspanema (Solange Zagnoli), Força Jovem (Magda Gouveia), Vasquintino (Vania Lúcia), TOV (Denise Bazeti), Vasteles (Isabel) e Vasbicão (Simone Belmont)).
A vencedora foi Isabel Cristina Manteiga da Torcida Vasteles.
As Princesas foram as miss Simone Belmont da Vasbicão (2º Lugar) e Denise Bazeti da TOV (3º Lugar).
A Miss Simpatia foi Vania Lúcia da Vasquintino.
Fonte: Jornal do Brasil 28 de Outubro de 1978 e Jornal do Vasco Novembro de 1978.

2º Concurso Rainha das Torcidas do Vasco Jornal O Fluminense 1978

2º Concurso Rainha das Torcidas do Vasco Jornal do Brasil 1978


2º Concurso Rainha das Torcidas do Vasco Jornal do Vasco Novembro 1978

2º Concurso Rainha das Torcidas do Vasco Jornal do Vasco Novembro 1978

2º Concurso Rainha das Torcidas do Vasco Jornal do Vasco Novembro 1978

2º Concurso Rainha das Torcidas do Vasco Jornal do Vasco Novembro 1978

2º Concurso Rainha das Torcidas do Vasco Jornal do Vasco Novembro 1978

2º Concurso Rainha das Torcidas do Vasco Jornal do Vasco Novembro 1978

2º Concurso Rainha das Torcidas do Vasco Jornal do Vasco Novembro 1978

2º Concurso Rainha das Torcidas do Vasco Jornal dos Sports 1978

2º Concurso Rainha das Torcidas do Vasco Jornal dos Sports 1978

2º Concurso Rainha das Torcidas do Vasco Jornal dos Sports 1978

2º Concurso Rainha das Torcidas do Vasco Jornal dos Sports 1978

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

ASTOVA 1985: 9º CONCURSO RAINHA DAS TORCIDAS DO VASCO

O 9º Concurso de Rainha das Torcidas do Vasco teve como vencedora Simone Amorim de 16 anos da Vaskilha.

Rainha da Torcida do Vasco Jornal O Globo 1987

Rainha da Torcida do Vasco Jornal O Globo 1987

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

FORÇA JOVEM 1981: FORÇA JOVEM NO CARNAVAL DA IMPERATRIZ LEOPOLDINENSE

Ele não é esportista, mas seu nome está diretamente ligado ao futebol, pois compôs os hinos de nada menos que 11 clubes cariocas, incluindo os quatro grandes. O compositor Lamartine Babo foi tema da Imperatriz Leopoldinense em 1981, com o enredo "O Teu Cabelo Não Nega - Só Dá Lalá", em referência a uma das marchinhas de carnaval de sucesso composta por ele. O refrão do samba era "Neste palco iluminado / Só dá lalá / És presente imortal / ó dá lalá / Nossa escola se encanta / O povão se agiganta / É dono do carnaval". Apaixonado por futebol e carnaval, Lamartine soube retratar em suas músicas com humor refinado e irreverência estes dois mundos bem diferentes e ao mesmo tão próximos. Não é à toa que a escola de Ramos foi a grande campeã do carnaval carioca naquele ano. 

As principais Torcidas Organizadas dos Clubes do Rio participaram do desfile na Ala “Lalá do Futebol”, a Força Jovem estava presente com seus componentes e duas grandes bandeiras.

Força Jovem Carnaval na Imperatriz Leopoldinense 1981

Força Jovem Carnaval na Imperatriz Leopoldinense 1981

Força Jovem Carnaval na Imperatriz Leopoldinense 1981

Força Jovem Carnaval na Imperatriz Leopoldinense 1981

Força Jovem Carnaval na Imperatriz Leopoldinense 1981
Vasco Jornal dos Sports 1981

domingo, 15 de fevereiro de 2015

CARNAVAL 2015: BLOCO AMIGOS DO VASCO DA GAMA

BLOCOS DE TORCIDAS DE FUTEBOL ANIMAM FOLIÕES EM PINHEIRAL, RJ

Festa começa na quinta-feira (12), na Praça Brasil, no Centro.
Programação da folia seguirá até terça-feira (17).
Blocos de torcidas de times de futebol do Rio e apresentações de bandas regionais são as principais atrações do Carnaval em Pinheiral, no Sul do Rio de Janeiro. De acordo com programação divulgada pela prefeitura, a festa terá início na quinta-feira (12) na Praça Brasil, no Centro. A folia seguirá até terça-feira (17).
O Bloco Amigos do Vasco da Gama vai desfilar dia 17 de Fevereiro.
Terça-feira (17)
14h - DJ Juninho
16h - Desfile do "Bloco Seulargatumama"
16h - Matinê com banda e recreação infantil (Banda Interlig)
19h - DJ Juninho
20h - Desfile do "Bloco Jaum Mandado"
21h - Desfile do "Bloco Amigos do Vasco da Gama"
22h - DJ Juninho
23h - Baile Carnavalesco (Banda Mistura Carioca)
http://g1.globo.com/rj/sul-do-rio-costa-verde/noticia/2015/02/blocos-de-torcidas-de-futebol-animam-folioes-em-pinheiral-rj.html

Bloco Amigos do Vasco 2015