terça-feira, 31 de outubro de 2017

VASCO 1947: A PASSEATA DA ORDEM DO CORVO

A “Ordem do Corvo”, instituição platônica e simbólica, tem como membros 15.000 associados do Vasco da Gama, 200.000 adeptos no Rio de Janeiro e mais de meio milhão dispersos por todo o Brasil.
A Ordem do Corvo é todos os Vascaínos e não pertence a nenhum.
Não recebe ordens nem se dá a ninguém. Obedece apenas ao Almirante, esse Almirante inconfundível, que sabe o que diz e sabe o que quer...
A passeata de hoje, sob o comando supremo de sua Majestade D. Corvo I –Único e Absoluto, que terá o seu galhardeio içado no mastro do carro-chefe de Copacabana, será dedicada ao Almirante, representado por Cyro Aranha, Diretoria do Vasco da Gama, aos técnicos Flávio Costa, Rafael Verri e Ineco, aos diretores Diogo Rangel, Armando Marcial e Emílio Mattos, aos médicos Giffoni e Castro Meneses, aos jogadores de football, remadores e atletas campeões de 1947.

ABRI ALAS, DESPORTISTAS
Lá vem o carro-chefe da Torcida de Copacabana, Zizinho, o maior clarim do Brasil, com a sua rapaziada, tocará a marcha triunfal de sua Majestade o D. Corvo I:
“Clangoroso apregoa altaneiro
O clarin estridente da fama
Que dos Clubes do Rio de Janeiro
O invecível é o Vasco da Gama
Logo a seguir e glorioso pavilhão da Cruz de Malta, drapajande ao vento:
Se glórias já tens no passado
Glórias mil hás-de ter no porvir!
O teu nome é por nós adorade
Como estrela no céu a fulgir
Agora “Ele”, O Grande, O Poderoso, D. Corvo I –Único e Absoluto, Rei de São Januário, Gávea, Santa Luzia e Cineac, Senhor do Esporte Metropolitano:
Tu, que nas veias pandas do Almirante
Enfrentasse o gigante Adamastor,
Pelo teu espírito sereno e constante
Do Mundo, te tornaste o Senhor.
De Lisboa vieste em santa hora
Dar fé e coragem a Vascaína gente,
E em lutas por esses campos afora,
 Foste um guia sereno, refulgente.
Passa D. Corvo com teu séquito
Sob aplausos e delirantes ovações
Todo esse grandioso e imenso préstito
Traz consigo, entre flores, nossos corações.
Agora, lá vem a guapa rapaziada da Companhia Nacional de Vidros e Molduras, com os seus três magníficos caminhões repletos de bandeiras, flores e entusiasmo.
A seguir a representação de São Cristóvão, chefiada pelo Vascaíno Joaquim Vieira Teotonio. Mais bandeiras, mais clarins, flores em profusão e entusiasmo, sem limites.

LÁ VEM O CENTRO
Agora é o Centro que passa em seu caminhão enfeitado. Lá estão os Vascaínos Augusto Francisco Vidal, Antônio Moreira, Manoel Alves Ferreira e Jayme Veloso dirigindo a turma entusiasmada.

IRAJÁ E TIJUCA
Dizem maravilhas do caminhão de Irajá, a terra do Maneco. Que ele venha como o pintam. A rapaziada do aristocrático bairro da Tijuca virá chefiada pelos Vascaínos Edson Gomes, Teófilo Hipolito da Silva e Batista de oliveira e Souza.

AGORA O BAIRRO DA PENHA
O bairro da Penha formará na grande passeta com a sua enorme equipe chefiada pelos dedicados Vascaínos Aldo Gouvêa, Alipio, Adaumy e Manoel Cecílio.

MÉIER E ENGENHO NOVO
A delegação do Méier será chefiada pelo Sr Manoel Eduardo e a do Engenho Novo pelo conhecido Vascaíno Manoel Pereira da Silva.
Além destes, dezenas e dezenas de automóveis se incorporarão a grande passeata organizada pela Ordem do Corvo.

SUA MAJESTADE D. CORVO I SAIRÁ DO PALÁCIO ENCANTADO AS 13.40 HORAS
Sua Majestade D. Corvo I –Único e Absoluto, sairá do Palácio Encantado, a Avenida Mem de Sá, 144, as 13.40 horas, seguindo no carro-chefe de Copacabana em direção a Madureira. Três caminhões ornamentados da Companhia Nacional de Vidros e Molduras acompanharão Sua Majestade, bem assim todos os carona que o desejem fazer. Sua Majestade na ida para Madureira passará pela Praça 11 e Praça da Bandeira, podendo incorporar-se a sua comitiva outros veículos.

ITINERÁRIO
Quinze minutos após o término da partida, o carro-chefe se dirigirá pela Avenida Marechal Rangel para a Rua Carolina Machado (em frente a Estação Madureira). Descerá a Rua Carolina Machado, até a Estação de Cascadura. Desse local o cortejo seguirá pela Avenida Suburbana (passando pelos Largos da Abolição e Pilares), Rua José Bonifácio, Méier, Engenho Novo, Dois de Maio, Lino Teixeira, Dr Garnier, Licinio Cardoso, Alegria, Variante, Estádio de São Januário, Campo de São Cristóvão, Figueira de Melo, Francisco Eugenio, Leopoldina, Presidente Vargas, Rio Branco, Beira-Mar e Copacabana.
A “Ordem do Corvo” agradece a boa vontade de todos os Vascaínos pelo interesse demostrado e solicita o comparecimento em massa a grande “Passeata da Vitória”.
Zé de São Januário, Presidente; Gramofone, Consultor Jurídico; Silva Grandão do Mar; Secretário; Hélio Pombo Preto da Silva, Conselheiro; Silva Pequeno do Mar, Camareiro-mor de sua Majestade; Otelo, retratista da Corte; Mário Resende Formicida, Mensageiro.
Fonte: Jornal dos Sports 28 de Dezembro de 1947

Vasco Jornal dos Sports 1947

Vasco Jornal dos Sports 1947

Vasco Jornal dos Sports 1947

Vasco Jornal dos Sports 1947

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

FORÇA JOVEM 2017: DIREITO DE RESPOSTA.

30/10/2017
Perseguição que estamos sofrendo não existe no Mundo.
Estão privados de sua liberdade pais de família, trabalhadores, pessoas do bem que estavam na sede para assistir um jogo e não para brigar, algumas pessoas que nem da torcida são, estavam ali para admirar a sede, conhecer e curtir um pouco da maior torcida do Vasco.
1 soco inglês, 1 protetor bocal e 1 canivete, para 70 pessoas presas, que guerra é esta que estas pessoas procuravam? Alguém pode explicar isto? Que justiça é esta?
Queremos ser ouvidos!! Queremos ser ouvidos!! 
Queremos ser ouvidos!! Queremos ser ouvidos!!
Isto já passou do limite do absurdo, isto já passou do patamar de perseguição, isto já passou de tudo que possa imaginar!!
O QUE ESTÃO FAZENDO TEM UM NOME, ISTO É RACISMO!!
RACISMO CONTRA NOSSA INSTITUIÇÃO!!
Não temos culpa de gostar de ser torcedor organizado, somos pais de famílias e cidadãos como qualquer outro, trabalhamos, cuidamos de nossas famílias, não somos bandidos, a sede tava ali aberta para qualquer um entrar, até mesmos os senhores do GEPE, tanto que o GEPE 2 dias antes do jogo foram avisados que a sede ia ser aberta e pasmem, liberaram!
Porque o senhores (GEPE) não foram na sede no Vasco x Botafogo e Vasco x Coritiba? Não pode 5km não é? Então também não podia nestes jogos, mas os senhores liberaram, não é mesmo??
Queremos ser ouvidos!! Queremos ser ouvidos!! 
Queremos ser ouvidos!! Queremos ser ouvidos!!
Queremos ser ouvidos!! Queremos ser ouvidos!! 
Queremos ser ouvidos!! Queremos ser ouvidos!!
Queremos ser ouvidos!! Queremos ser ouvidos!! 
Queremos ser ouvidos!! Queremos ser ouvidos!!
Queremos ser ouvidos!! Queremos ser ouvidos!! 
Queremos ser ouvidos!! Queremos ser ouvidos!!

27/10/2017
Convocação (C.R. Vasco da Gama x C.R. Flamengo)
O G.R.T.O. Força Jovem do Vasco, informa que a Sede estará em funcionamento sábado 28/10/2017, à partir de 15h.
A sede como de costume nos jogos, também contará com:
-Bateria
-Bar
-Butique
-Telão
-Dj Jones e Dj Tropa
Evento gratuito, aberto a todos os vascaínos.
Diga não a violência ! #VemPraSede
Att.: Diretoria do G.R.T.O. Força Jovem do Vasco
Rua do Bonfim 305B - São Cristóvão
"NINGUÉM FICA PRA TRÁS"

26/10/2017
NOTA OFICIAL DO G.R.T.O. Força Jovem do Vasco - Flamengo x Vasco
O G.R.T.O Força Jovem do Vasco vem por meio de nota oficial antecipar suas condutas em relação ao clássico Vasco x Flamengo.
Gostaríamos de informar que, na iniciativa de garantir a segurança de seus sócios e diretores, que prezam pela paz e a diversão em assistir aos jogos do Vasco, solicitamos ao GEPE policiamento em nossa sede recreativa por todo o tempo que estiver aberta no sábado.
Também é de conhecimento do Grupamento Especial de Policiamento em Estádios, áudios em que o presidente Sávio Agra é abertamente ameaçado, assim como seus diretores que não compactuam com a violência, desordem e o enriquecimento próprio por parte dos seus opositores.
Fazemos parte de uma torcida organizada e reafirmamos nosso repúdio a grupos que vem se aliando com outras correntes políticas da Torcida e do Clube, para alimentar essa briga por dinheiro e poder. Não somos coniventes nem apoiamos essas condutas que possam levar a óbito torcedores de nosso time ou do arquirrival.
Deixamos claro que nosso maior objetivo é trazer a torcida de volta à arquibancada, seguindo todas as orientações dos órgãos públicos. Sendo assim, no sábado do clássico, os associados e diretores ativos de suas pastas e responsabilidades, estarão concentrados em sua Sede.
Vasco por amor FJV por ideal.
PAZ NOS ESTÁDIOS
Atenciosamente, Diretoria do G.R.T.O. Força Jovem do Vasco

Força Jovem 2017

Força Jovem 2017



domingo, 29 de outubro de 2017

FORÇA JOVEM 2017: NOTA OFICIAL DO G.R.T.O. FORÇA JOVEM DO VASCO - PÓS JOGO FLAMENGO X VASCO (28/10/2017)

O G.R.T.O Força Jovem do Vasco vem por meio de sua diretoria externar toda sua indignação com os acontecimentos que se sucederam anteriormente ao jogo do Flamengo x Vasco.
É inadmissível a perseguição que estamos sofrendo ao longos de anos por parte do GEPE e dos órgãos públicos.
Não entendemos a medida tomada pelo comandante, se o próprio GEPE vinha autorizando o funcionamento da sede em jogos no Maracanã.
Já é notório a arbitrariedade que sofremos nas medidas aplicadas por essas instituições, quando somente a Força Jovem é punida e de forma arbitrária muitas vezes.
Nossas punições são infundadas quando a própria polícia, que tem no seu papel servir e proteger, ataca pessoas e grupos que tem por finalidade agir de forma correta, livrando aqueles que realmente incitam a ilegalidade com seus atos.
Para demonstrar sua eficiência, não separam "o joio do trigo" acusando e punindo aqueles que estão sempre dispostos a contribuírem para um melhor andamento das medidas legais que nos impõem.
Em 2016 já fomos vítimas de igual injustiça, quando dezenas de torcedores foram presos sem ter o direito de se defender e como já afirmamos, de forma arbitrária.
Gostaríamos somente de ter um canal onde fôssemos ouvidos e termos o direito de demonstrar que não somos bandidos, nem descumpridores das leis. Nosso maior desejo, como não cansamos de afirmar é voltar para a arquibancada prezando sempre pela paz. Cansamos das covardias sofridas e perseguições incansáveis.
Devido aos últimos acontecimentos Wallace Reis Mendonça, Diretor conselheiro fiscal, assume a presidência do G.R.T.O Força Jovem do Vasco, por tempo indeterminado, cumprindo ordem do até então presidente, Sávio Agra Sássi e tendo também o aval de Fabiano Souza Marques, Diogo Gabriel de Souza e Victor Pereira Rosário Lima Santos.
Dessa forma, viemos comunicar a convocação de uma assembléia com data a ser definida, na qual entraremos com o pedido de extinção da torcida. Assim, temos por objetivo, confirmar o papel imparcial da Polícia Militar pois não caberá mais punições a nossa instituição.
Vasco por amor FJV por ideal.
PAZ NOS ESTÁDIOS
Atenciosamente, Diretoria do G.R.T.O. Força Jovem do Vasco
  http://www.forcajovem.com.br
  Instagram: http://www.instagram.com/forcajovemvasco

Força Jovem 2017

sábado, 28 de outubro de 2017

GUERREIROS DA COLINA 1992: UMA NOVA FACÇÃO

Divididos em Sepulturas os Guerreiros estão em todo o Grande Rio.
Um novo grupo bélico surge entre as Torcidas Organizadas do Rio. São os Guerreiros da Colina, facção do Clube de Regatas Vasco da Gama, que tem por finalidade defender as cores da bandeira do time que escolheram torcer e a bandeira do grupo, em qualquer situação, onde quer que seja. A Guerreiros da Colina foi recente criada (22/11/1991).
A facção surgiu da junção entre as duas extintas, a Vascoração e a Anarquia.
O Atlético Paranaense x Vasco, realizado no dia 10 de Fevereiro em Curitiba, Paraná, serviu de cenário para o lançamento do grupo. Composta inicialmente por 50 integrantes, a Torcida não tem ainda recursos próprios, mas já estamos trabalhando neste sentido, revela Edmard de Souza, Presidente da Torcida.
Como ainda não existe taxa de mensalidade estipulada, na Guerreiros da Colina, a contribuição é espontânea. Atualmente o que o grupo recebe é pouco, mas todos tem o compromisso de trabalhar pela Torcida em horas extras, confeccionando ou pintando todo o material que precisam.
Estamos instalados provisoriamente na casa de um dos componentes, onde nos reunimos todos os fins de semana com a finalidade de consolidar a estrutura da Torcida, juntamente com a aquisição de novos sócios, explicou Marcelo Magalhães Morgado, Relações Públicas da Guerreiros da Colina.
A cor preta é a predominante do grupo e a caveira, o símbolo maior. A réplica da caveira símbolo da Guerreiros foi doada pela Torcida Fanáticos do Atlético Paranaense. Para completar a cor oficial do Grupo, seus desenhistas estão confeccionando bonés, camisas e camisetas nas cores prateadas, cinza e branco. O grupo está criando também chaveiros e adesivos, e todo o material que interesse a Torcida.
Somos didididos em sepulturas, e já estamos atuando nas sepulturas do Méier, que fica na Rua Nª Sª de Sion nº 28 e na de Niterói na Rua Marques do Paraná nº 707, explicou Marcelo Mouta, diretor geral da facção.
A Torcida mais nova do Vasco vem procurando inovar na sua atuação nos Estádios, ensinando a seus afiliados a torcer e incentivar suas equipes do começo até o fim do jogo. Para eles está faltando motivação entre as Torcidas, o que na maioria das vezes prejudicando o time em campo.
Em nossas reuniões dos fins de semana deixamos isso claro entre os nossos associados. Temos notado este desânimo, não só nos torcedores do Rio, como nos de outros Estados Brasileiros. A Torcida tem que se acostumar a saudar suas equipes durante os 90 minutos de jogo ou mais. É dessa festa que resultam vitórias e gols, concluiu Alexandre Azevedo Cavalcante (o China), líder da sepultura de Niterói.
Fonte: Jornal dos Sports 04 de Março de 1992

Guerreiros da Colina Jornal dos Sports 1992

Guerreiros da Colina Jornal dos Sports 1992

Guerreiros da Colina Jornal dos Sports 1992

Guerreiros da Colina Jornal dos Sports 1992

Guerreiros da Colina Jornal dos Sports 1992

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

PEQUENOS VASCAÍNOS 1991: 16 ANOS

Reconhecida como uma das Torcidas que mais cresceram no Vasco nos últimos tempos, a Pequenos Vascaínos vem realizando um trabalho de grande porte, em favor do Vasco da Gama, com a finalidade de sacudir a galera nos jogos do Campeonato Estadual. 
Fundada em 20 de Agosto de 1975, a Torcida festejou mais um aniversário neste fim de semana. 
Inspirada na belíssima frase de Cyro Aranha, o lema da Pequenos Vascaínos é “Onde houver um coração infantil o Vasco será imortal”. 
Várias homenagens foram realizadas na Sala da Torcida no Estádio de São Januário, juntamente com um coquetel regado a champanhe e bolo confeitado.
José de Souza Barbosa, Presidente da Pequenos Vascaínos.
Fonte: Jornal dos Sports 30 de Agosto de 1991

Pequenos Vascaínos Jornal dos Sports 1991

Pequenos Vascaínos Jornal dos Sports 1991

Pequenos Vascaínos Jornal dos Sports 1991

quinta-feira, 26 de outubro de 2017

FORÇA JOVEM E TOV 1991: TORCIDA PROMETE APOIAR O VASCO. MAS SÓ DOMINGO.

“O Vasco não tem Torcida. Ela atrapalha é um obstáculo a mais para nosso time”. 
O forte desabafo do jogador Tiba, um dos mais perseguidos pelos torcedores contra o Bahia, demonstra bem a degeneração do relacionamento dos jogadores com os Vascaínos. E pelo que garantem os Chefes de Torcida, a briga continuará por um bom tempo, no mínimo até que o Vasco mude muitos nomes na escalação. As principais Facções Organizadas prometem uma trégua no clássico de domingo contra o Flamengo. 
Mas 5ª feira, em São Januário, contra o Remo, se o time não marcar gol nos primeiros 20 minutos, pode esperar por protestos.
“Os jogadores tem que entender que todo time de massa é cobrado. E não me venham com críticas a São Januário. Com as últimas atuações, a Torcida ficará impaciente em qualquer lugar”, afirma Amâncio César, que esta semana completou 47 anos.
ElY Mendes, 56 anos, há 21 na Força Jovem, acha que os jogadores exageram nas lamentações.
“Torcida nunca foi problema. Há 40 anos, os títulos Estaduais eram decididos aqui e há 3 anos, quando o Vasco tinha time, também não havia nada disso. O que falta é time. O que está ai treme mesmo”, diz Ely, cuja Torcida fez o protesto mais veemente domingo, virando sua faixa de cabeça pra baixo.(19 de Março)

TENSÃO
O Vasco terá hoje novamente um adversário a mais a partir dos 20 minutos do 1º tempo, caso ainda não tenha feito gol. A Torcida.
Sentindo o clima tenso entre as principais facções Organizadas. Lopes convocou uma reunião com os Chefes de Torcidas para hoje, uma hora antes da partida começar. “Pedirei apoio mesmo. Vou explicar certas coisas e mostrar que o time precisa demais do incentivo deles”.
Talvez a explicação do Técnico não acalme os ânimos. Isso porque o Vice de Futebol, Eurico Miranda, atingido por bagaços de laranja e um copo de cerveja no último domingo, decidiu impedir a entrada da Força Jovem no Estádio, o que aumentou o clima de confronto das Torcidas com o time. (21 de Março)
Fonte: Jornal do Brasil 19 e 21 de Março de 1991 

Força Jovem e TOV Jornal do Brasil 1991

Força Jovem e TOV Jornal do Brasil 1991

TOV São Januário 1991

Força Jovem São Januário 1990



quarta-feira, 25 de outubro de 2017

TULIPAS VASCAÍNA 1991: NÚCLEO FEMININO

Sob o comando de Penha, Sueli, Carminha e Tânia, a Torcida Organizada Tulipas Vascaína informa que o Núcleo Feminino já está pronto e esperando você, pantera Vascaína, que quer participar dessa maravilhosa Torcida. 
O Núcleo Feminino da Tulipas Vascaína já começou a trabalhar firme e estará colhendo assinaturas nos jogos contra o Flamengo, Fluminense e Bangu para a projeção da mulher no futebol. 
Enviaremos um manifesto a Federação de Futebol do Rio de Janeiro, para que o ingresso cobrado pelas mulheres na entrada dos Estádios, seja a metade, na entrada dos Estádios, seja a metade do que é cobrado atualmente. 
Com essa atitude, com certeza teremos os Estádios sempre lotados. 
Gostaríamos de obter o apoio de Elizabeth Cravo (Raça Rubro Negra) e o da Dayse (Russona) da Folgada, para que apoiassem o nosso Núcleo Feminino..
Fonte: Jornal dos Sports 14 de Setembro de 1991

Tulipas Vascaínas Jornal dos Sports 1991

Tulipas Vascaínas Jornal dos Sports 1991

Tulipas Vascaínas 

terça-feira, 24 de outubro de 2017

FORÇA JOVEM 1991: 21 ANOS DE EXISTÊNCIA

Volto a esta deslumbrante e maravilhosa Coluna do Jornal dos Sports, para comunicar que a Força Jovem do Vasco completou no dia 19 de Fevereiro, 21 anos de existência. 
Motivo para que se comemore durante todo esse ano, com objetivo de torcer e lutar para honrar a tradição do Vasco. 
Adotando esta ideia a Força Jovem tornou-se, em pouco tempo, a maior força do Brasil.
A Força Jovem procura seguir a risca, os seus ideais, de uma das primeiras Torcidas do Brasil, sem nenhum fim lucrativo. 
A Força Jovem tem, atualmente, um dos maiores patrimônios entre as Torcidas do Rio, com enormes bandeiras, faixas, bateria e duas salas. Para conseguirmos tudo isso, foi preciso muito esforço e luta. 
E principalmente amor ao Vasco.
A Força Jovem com amor e esforço neste dia elegeu o seu novo Presidente (Antônio Brás), que junto com os conselheiros, lutará pelo ideal da Torcida, o amor ao Vasco. 
Deixo um abraço para todos os amigos da Força Jovem, e para o novo Presidente. 
Força Jovem, 21 anos de glória e respeito.
Delcio Indio, Força Jovem, Madureira
Fonte: Jornal dos Sports 21 de Fevereiro de 1991

Força Jovem Jornal dos Sports 1991

Força Jovem década de 1990

Força Jovem década de 1990

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

TOV 1948: CHEGOU O CAMPEÃO DOS CAMPEÕES

A reportagem fotográfica de A Manhã colheu ontem no Aeroporto os flagrantes acima, onde vemos, da esquerda para a direita: um grupo de jogadores cercados pelos seus fans, a seguir, a massa popular que os aplaudia e por fim, o chefe da delegação, Sr Diogo Rangekl e o jogador Augusto, em companhia de amigos e pessoas das famílias.
Fonte: Jornal A Manhã 17 de Março de 1948

TOV Jornal A Manhã 1948

domingo, 22 de outubro de 2017

PEQUENOS VASCAÍNOS 1989: FESTA DESTAQUES DO ANO DE 1988

A Torcida Organizada Pequenos Vascaínos, promoverá amanhã, domingo, a partir das 11 horas no Estádio de São Januário, o seu tradicional almoço de Confraternização em homenagem aos destaques de 1988.
Dirigentes, jogadores, técnico e representantes da imprensa receberão placas e troféus, numa grande festa que será coordenada pelo Presidente Zeca, um dos baluartes da Torcida Pequenos Vascaínos.
O Presidente Antônio Soares Calçada e o Vice Presidente de Futebol, Eurico Miranda, serão os dirigentes homenageados, Eraldo Leite, padrinho da Torcida Pequenos Vascaínos e o Major Messias do 6º BPM, receberão homenangens especiais. O técnico Zanata e os jogadores Geovani, Ernani, França, Leonardo e Joselito, receberão com muito carinho as homenagens dos integrantes da Torcida Pequenos Vascaínos. Entre os homenageados da imprensa estarão os nossos companheiros Waldyr Bernardo e Eliomário Valente, além dos radialistas Aureo Ameno, João Ferreira, Alberto Brandão, Danilo Bahia, Sidnei Amaral e Luis Penido.(14/01)
Na Festa da Torcida Pequenos Vascaínos, liderados por José Barbosa, o Zeca e Edson Abran, foram consumidos, 400 litros de chope e 140 quilos de carne. (18/01)
Fonte: Jornal dos Sports 14 e 18 de Janeiro de 1989

Pequenos Vascaínos Jornal dos Sports 1989

Pequenos Vascaínos Jornal dos Sports 1989

Pequenos Vascaínos Maracanã 1989

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

RENOVASCÃO 2009: ANIVERSÁRIO DE 33 ANOS

Fundada em 26 de Março de 1977, a Torcida Renovascão comemorou 33 Anos de fundação, numa confraternização na sua Sala em São Januário.

Renovascão aniversário de 33 anos 2009

Renovascão aniversário de 33 anos 2009

Renovascão aniversário de 33 anos 2009

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

FORÇA JOVEM 2001: NOVO HORÁRIO DIVIDE TORCEDOR

Para alguns, atrapalhará o programa da família. Outros não mudarão rotina.
A mudança de horário da final do Campeonato Estadual, de 17 horas para 15 horas, em função do racionamento de energia, gera polêmica entre os torcedores Vascaínos e rubro-negros.
Rodrigo Moreira, o Torpedo, Vice Presidente da Força Jovem do Vasco, afirma que nada muda na rotina do domingo. 
“A diferença é que teremos que nos reunir mais cedo em São Januário para conferir o material e ir para o jogo. Não dá para almoçar com a família mas tudo bem”.
Fonte: Jornal do Brasil 19 de Maio de 2001

Força Jovem Maracanã 2001

Força Jovem Maracanã 2001



quarta-feira, 18 de outubro de 2017

FORÇA JOVEM 1997: TIME NÃO VAI MAIS JOGAR EM SÃO JANUÁRIO NO BRASILEIRO

Mas, devido as confusões do jogo com o River Plate, a Diretoria decidiu que não joga mais em São Januário pelo Campeonato Brasileiro. Segundo o Vice de Futebol, Eurico Miranda, uma facção da Torcida Força Jovem, orientada pela oposição, tumultua os jogos no Estádio.  (02/11)
O treinador Antônio Lopes e Mauro Galvão preferem continuar jogando em São Januário.
Por determinação do Vice Presidente Eurico Miranda, a partir de amanhã o Estádio oficial do Vasco será o Maracanã.
O dirigente temia que a Força Jovem provocasse tumultos e o clube perdesse o mando de campo. (03/11)
Fonte: Jornal O Globo 02 e 03 de Novembro de 1997

Força Jovem Jornal O Globo 1997

Força Jovem Jornal O Globo 1997

Força Jovem 1997

terça-feira, 17 de outubro de 2017

VASBOAVISTA 1993: VASBOAVISTA QUEBRA TABU

Torcida do Vasco vence preconceito e tem a liderança de uma mulher.
Vencendo o preconceito que existia de que mulher não podia entrar em Estádio de futebol e muito menos assumir a liderança de uma Torcida Organizada, a Vasboavista vem quebrar este tabu. 
Um dia, uma mulher assumiu uma Torcida Organizada e a estória se repete até o dia de hoje.
A Torcida Organizada Vasboavista é mais uma entre as várias que existem no Vasco, mas uma das pouquíssimas lideradas por uma mulher. 
Sob a presidência de Rosângela da Conceição, uma jovem de 29 anos, a facção conta hoje com aproximadamente três mil componentes e tem o privilégio de estar instalada em um dos recantos mais bonitos do Rio de Janeiro, o Alto da Boa Vista.
“Comparando com outras Torcidas Organizadas, somos poucos componentes. Mas a organização entre nós é a mesma de um grande grupo. Temos algumas dificuldades como muitas também, mas cumprimos todas as exigências que nos são feitas pela ASTOVA, Associação das Torcidas Organizadas do Vasco”, esclarece Rosângela.
Parodiando o poeta, que sustentava que a mulher só deveria ler livros religiosos edificantes ou então livros de cozinha, Rosângela diz que hoje ela tem um bom lugar também nas arquibancadas dos Estádios, torcendo por seu time de coração. 
Segundo ela, se as mulheres tivessem maior participação nas competições, certamente a violência nos Estádios diminuiria.
Na Vasboavista todos trabalham pelo bem da facção. 
A maioria dos componentes da Torcida é dissidente da Torcida Força Jovem e está levando ao novo grupo tudo o que sabe em matéria de organização. 
Uma coisa o torcedor pode ter certeza: não encontrará violência no grupo. Sediar a Torcida no Alto da Boa Vista foi uma homenagem a natureza.
“Para nós, ela é sempre invocada e em nome dela estamos fazendo o nosso nome na história das Torcidas Organizadas. E por que uma mulher não haveria de marcar presença tão significante como os homens numa Torcida Organizada?” pergunta.
Como sempre acontece em dias de jogos do Vasco, hoje a tarde a Vasboavista estará no Maracanã, levando seu apoio a seu time no jogo com o Botafogo, as 17 horas. Atualmente, a Torcida não tem espaço determinado no Maracanã, como as outras Torcidas. Todo o material do grupo, como bandeiras e instrumentos de bateria, fica guardado na Sala da Torcida Pequenos Vascaínos. Mas as correspondências têm endereço certo:
“Contatos com a Torcida Organizada Vasboavista poderão ser feitos na Estrada do Soberbo, nº 320, Alto da Boa Vista, Rio de Janeiro”, concluiu Rosângela.
Fonte: Jornal dos Sports 07 de Março de 1993

Vasboavista Jornal dos Sports 1993

Vasboavista Jornal dos Sports 1993

Vasboavista Maracanã 1988

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

VASCO 1931: TORCEDORES RECEBEM OS JOGADORES NO CAIS MAUÁ

No desembarque da delegação do Vasco vindo da Europa, uma multidão compareceu ao Cais do Porto do Rio de Janeiro para receber os jogadores.

EXCURSÃO DO VASCO DA GAMA À EUROPA EM 1931.
No ano de 1931, o Vasco da Gama empreendeu uma vitoriosa excursão ao Velho Continente, realizando 12 jogos. 
A equipe carioca foi a 2ª do Brasil nesse continente, sendo a 1ª o famoso e hoje extinto o Paulistano de São Paulo.

VASCO DA GAMA 2 X 3 BARCELONA (ESP)
Data: 28/06/1931
Local: Barcelona (ESP)

VASCO DA GAMA 2 x 1 BARCELONA (ESP)
Data: 29/06/1931
Local: Barcelona (ESP)

VASCO DA GAMA 1 x 2 CELTA (ESP)
Data: 05/07/1931
Local: Vigo (ESP)

VASCO DA GAMA 7 x 1 CELTA (ESP)
Data: 07/07/1931
Local: Vigo (ESP)

VASCO DA GAMA (RJ) 5 x 0 BENFICA (POR)
Data: 10/07/1931
Local: Lisboa (POR)

VASCO DA GAMA (RJ) 4 x 2 COMBINADO DE LISBOA (POR)
Data: 15/07/1931
Local: Lisboa (POR)

VASCO DA GAMA (RJ) 3 x 1 PORTO (POR)
Data: 19/07/1931
Local: Porto (POR)

VASCO DA GAMA (RJ) 9 x 2 COMBINADO VARZIM/BOAVISTA (POR)
Data: 22/07/1931
Local: Porto (POR)

VASCO DA GAMA (RJ) 6 X 2 OVARENSE (POR)
Data: 24/07/1931
Local: Ovar (POR)

VASCO DA GAMA (RJ) 1 X 2 PORTO (POR)
Data: 26/07/1931
Local: Porto (POR)

VASCO DA GAMA (RJ) 1 X 1 VITÓRIA DE LISBOA (POR)
Data: 30/07/1931
Local: Campo da Amoreiras (POR)

VASCO DA GAMA 4 X 1 SPORTING (POR)
Data: 02/08/1931
Local: Porto (POR)
Fonte: Jornal dos Sports e http://cacellain.com.br/blog/?p=11272

Vasco Centro de Memória do Vasco 1931

Vasco Diário de Notícias 1931