domingo, 31 de janeiro de 2016

TUV 1954: NASCEU NA ARQUIBANCADA DO MARACANÃ A IDÉIA DA TORCIDA UNIFORMIZADA DO VASCO

Na redação do Diário da Noite, os idealizadores do movimento que está empolgando os torcedores cruzmaltinos.
A Torcida Uniformizada do Vasco se prepara para fazer sua estréia no próximo dia 19, quando os cruzmaltinos realizarão o primeiro clássico do ano, enfrentando o Botafogo. 
De acordo com o que temos informados, essa Torcida, que não tem o apelo oficial do Clube e não se organiza somente para dar “casacas” nos dias de vitória, como acontece com determinado grupo, constitui a mais soberba demonstração de vitalidade de uma Torcida, que vibra e sofre com o seu Clube, que acompanha o team nas boas e mas horas, que enfrenta sol e chuva, encontrando na vitória a única recompensa. 
A história dessa Torcida, que hoje é um verdadeiro exercito e que tende a aumentar cada vez mais, é interessante e vale a pena ser contada. Para tanto, nos valemos do depoimento dos Srs Mário Portugal, Sebastião Gonçalves Carvalho (Tião), da senhora Idalina David Barbosa e sua filha Hilda David Barbosa (que mais se parecem irmãs) e a graciosa Margarida Portugal Lourenço, que vieram a nossa redação para revelar planos.

NASCEU NA ARQUIBANCADA
De acordo com a palavra de Mário Portugal e Margarida Portugal, a Torcida Organizada nasceu na arquibancada do Maracanã:
“No intervalo do jogo Vasco 3 x 3 Hibernian (ESC), pelo Torneio Octogonal (Rivadavia Corrêa Meyer) do ano passado, enquanto estávamos no bar, eu, Margarida, D. Idalina, Hilda, Tião e outras pessoas tivemos a ideia de organizar um Torcida Uniformizada, com o objetivo de estimular ainda mais o nosso team. ideia foi acolhida com entusiamo e no segundo jogo do Vasco no campeonato do Rio, em Niterói, lá estávamos em número de vinte, em grande forma”.
Indagamos de Mário detalhes sobre a aquisição de barca, etc, tendo ele esclarecido:
“Cada qual pagou sua passagem e sua entrada, mediante um rateio. Naquele dia não levamos painel e fomos sem uniforme, somente levando uma bandeira de 5 metros por 3 e meio.”

CRESCE A TORCIDA
Prosseguem Mário e Margarida nas suas declarações, sempre com um aparte de D. Idalina e sua filha Hilda.
“Daí por diante, o nosso bloco foi aumentando, com a adesão de outros torcedores Vascaínos como nós. E cada vez se fortalecia nossa união, sendo que estávamos em todos os campos, chovesse ou fizesse sol e não deixávamos de estimular nosso team, fosse qual fosse o rumo do jogo e o resultado. Por sinal que, no ano passado não fomos tão felizes como noutros anos, mas nem por isso desanimamos. E creio que, por isto, devido a nossa perseverança e nosso sadio entusiasmo e que a Torcida, foi aumentando, para se constituir hoje, numa força indiscutível.
Indagamos como tinha surgido a ideia das faixas e dos painéis e veio a explicação:
“No ano passado, quando o Vasco foi jogar contra o Olaria e a campanha da imprensa rubro negra contra Flávio estava no auge, apareceu uma caixa com dizeres relativos ao assunto. A faixa não era nossa, mas contou com a nossa aprovação, pois eram outros Vascaínos que, como nós, desaprovavam a guerra fria que se movia injustamente contra o nosso técnico. Daí por diante, começamos a fazer painéis.
Um deles tinha a seguinte frase: “Felicidade seu nome é Vasco”, que é de autoria de Margarida (na verdade do jogador Mirim). Outros painéis serão feitos, e outras frases serão redigidas, conforme a época e a oportunidade. Domingo passado, por exemplo, apresentamos duas, contendo Parabéns a Flávio, pelos seus vinte anos de Técnico.

VASCAÍNOS NA VITÓRIA E NA DERROTA
Indagamos de Mário Portugal, que é lutador de jiu-jutsu e tem desembaraço para falar se a Torcia tinha a “brigada de choque”, para prevenir qualquer incidente.
“Não. Naturalmente que, entre os componentes, há rapazes dispostos, mas nossa missão é de paz e desejamos apenas estimular nosso team, sem ofender o adversário. Afinal, pode haver duelo entre torcedores sem ofensas recíprocas, pois que então o esporte deixa de ser esporte.”
Que vocês farão nos dias de derrota?
Margarida toma a palavra para dizer.
“Temos espírito esportivo e nessas condições, não vamos a campo unicamente para torcer pela vitória. Tanto que vamos mandar fazer um painel que usaremos no dia de derrota, com os seguintes dizeres: “Somos Vascaínos na vitória e na derrota”
Logo depois, como um dos integrantes da comissão promotora da Torcida Uniformizada chegou o Sr Domingos Ramalho.

PATRONO ÁLVARO FERREIRA RAMOS
Voltando ao fio da meada, Mário Portugal e Margarida Portugal contaram que, no ano passado, quando recorreram ao auxilio de dirigentes e padrinhos do Vasco, somente foram atendidos pelo então Vice Presidente Social Álvaro Ramos, que colaborou de maneira efetiva e brilhante.
“De tal forma foi essa colaboração, disseram, que nós da Torcida Uniformizada, por uma questão de gratidão e reconhecimento, resolvemos convidar o Sr Álvaro Ramos para nosso patrono e na nossa Sede provisória, a Rua Frei Caneca 332, vamos  inaugurar brevemente o seu retrato, numa solenidade que contará com a presença de todos os integrantes do nosso grupo. Queremos esclarecer que a nossa Torcida não tem Chefe, mas nós constituímos uma comissão diretora, para umas determinadas providencias e decidimos que o Sr Álvaro Ramos seria o nosso patrono, como lhe prestamos pelo muito que ele tem feito.”
Tendo vindo a nossa redação, o Sr Álvaro Ramos confirmou ter aceito o convite, esclarecendo.
“De fato no ano passado, tendo sido solicitado por esses rapazes e moças, a colaborar com o movimento, não me neguei a atende-los, pois vi que se tratava de um movimento espontâneo e sincero, sem qualquer objetivo de agradar aos dirigentes eventuais do Clube, como acontece com outros Chefes de Torcida. Ademais tratando-se do Vasco, e o que depender de mim, não pouparei esforços. Quanto ao convite que recebi, para patrono da Torcida Uniformizada, aceitei-o prazeirosamente, pois que meu desejo é colaborar sempre com o Vasco, em qualquer situação e de qualquer maneira.

ADESÃO EM MASSA
As camisas estão sendo confeccionadas pela comissão promotora e podem ser adquiridas com o Sr Mário ou senhorita Margarida. A Rua Frei Caneca 332, sendo que ,conforme nos foi relatado, as adesões tem se registrado em forma cada vez mais crescentes.
Fonte: Jornal Diário da Noite 11 de Setembro de 1954


TUV Jornal Diário da Noite 1954

TUV Jornal Diário da Noite 1954

TUV Jornal Diário da Noite 1954



sábado, 30 de janeiro de 2016

TOV 1945: FAIXA COM O VASCO, ONDE ESTIVER O VASCO

Na década de 1930, o Vasco tem um slogan “Com o Vasco, Onde Estiver o Vasco”.
Em 1936, a Torcida já adota o lema: “Affonso Silva (Polar) avisa a todos os cruzmaltinos que, seguindo o lema tradicional do Club. Com o Vasco, onde estiver o Vasco!, estará hoje, no Campo da Rua Figueira de Mello (São Cristóvão)”. (Jornal dos Sports 30 de Agosto de 1936)
Em 1945 a Torcida Organizada do Vasco, cria uma faixa com o lema do Clube.
Mário Filho, fala de um jogo Flamengo x Vasco, onde cada Torcida era representada por suas faixas, que marcavam seus lugares no Estádio e revela que a disputa nas arquibancadas seria uma competição à parte: 
“A Torcida de cada candidato vem desempenhando um papel importante. Há o ‘Avante Flamengo!’ e o ‘Com o Vasco, onde estiver o Vasco’, cartazes e bandeiras desfraldadas. O estádio se divide em grupos de torcedores que se empenham em duelos. O que era raro num match, tornou-se comum, o obrigatório
 O “Avante Flamengo” (Charanga Rubro Negra) ficou no meio das arquibancadas da Lagoa, o ““Com o Vasco, onde estiver o Vasco”.” (Torcida Organizada do Vasco). Sabia-se que era Vasco pelas bandeiras, Bandeiras do Vasco de um lado e de outro, os mastros das bandeiras pareciam velas de um bolo de aniversário, furando a multidão. 
O Jornal A Noite também fala sobre esse jogo Flamengo x Vasco. O “Avante, Flamengo” era uma batucada. O “Com o Vasco onde estiver o Vasco”, era uma batucada, era uma comissão de frente de um clube de Carnaval, com a banda de clarins e tudo. 
O “Avante, Flamengo”, cantava uma coisa, o “Com o Vasco onde estiver o Vasco” cantava outra completamente diferente. Tal qual como no carnaval, quando a gente escuta todas as marchas e todos os sambas ao mesmo tempo, De longe eu não podia ver a Armênia. Devia estar perto do cartaz do “Com o Vasco, onde estiver o Vasco”, bem no meio do povo. (Jornal A Noite 21 de Novembro de 1945)
 “Tínhamos uma faixa enorme com os dizeres: “Felicidade, teu nome é Vasco”. Algum tempo depois, fizemos outra para levarmos ao campo do Bonsucesso, do Olaria, do Botafogo… Nela, grafamos: “Com o Vasco, onde estiver o Vasco”. Disse Aida de Almeida. (Entrevista a Bernardo Buarque em 2005)

Com o Vasco, onde estiver o Vasco

TOV Maracanã Jornal Mundo Ilustrado 1956

Força Jovem São Januário 1976



sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

FORÇA JOVEM 2016: APÓS REUNIÃO EM SÃO JANUÁRIO, FORÇA JOVEM ANUNCIA RETOMADA DA UNIÃO COM A MANCHA VERDE

Através dessa nota informamos que por meio de uma reunião realizada no Estádio de São Januário, entre as Diretorias das duas entidades, a união entre Força Jovem e Mancha Verde está mantida. 
Todos sabem da importância das duas instituições no cenário nacional de Torcidas Organizadas, união esta que foi construída há mais de 30 anos, com base no respeito e historia de ambas. 
Uma historia de lutas e glórias, conquistadas pelas respectivas instituições e seus clubes. 
Assim como em uma família, dentro das instituições também existem alguns problemas e estamos dispostos sempre a resolver esses pequenos impasses. 
Deixamos claro que a amizade entre Força Jovem e Mancha Verde será eterna e o respeito entre as duas Torcidas se mantém inabalável. 
Somos Família 
Somos Torcida. 
Atenciosamente,
Diretoria Unificada do G.R.T.O. Força Jovem do Vasco

Força Jovem e Mancha Verde 2016

Força Jovem e Mancha Verde 2016



quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

UNIÃO VASCAÍNA 2016: UNIÃO VASCAÍNA SE UNE A ORGANIZADA DO BOTAFOGO EM CAMPANHA DE DOAÇÃO DE SANGUE

A Diretoria da Torcida União Vascaína agradece o convite feito pela Loucos pelo Botafogo. Na manhã do último dia 23 de janeiro, integrantes da duas Organizadas participaram de um gesto de muito amor ao próximo, as torcidas participaram de uma doação de sangue ao INCA na Praça da Cruz Vermelha. 
Doe sangue, doe vida!! 

Todos juntos pelo Vasco
Fonte: Netvasco e Facebook UV Crvg

União Vascaína doação de sangue 2016

União Vascaína doação de sangue 2016

União Vascaína doação de sangue 2016

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

IRA JOVEM 2016: AÇÃO SOCIAL IRA JOVEM 7ª PROVÍNCIA NITERÓI/SÃO GONÇALO

Estamos arrecadando alimentos não perecíveis e produtos de limpeza para doarmos pro Instituto Cristo Redentor contamos com a ajuda dos moradores do Mútua. 
O Mutuá é um só.
Local: Rua Dr Nilo Peçanha 320 São Gonçalo RJ

Ira Jovem Ação Social da 7ª Província Niterói/São Gonçalo 2016

domingo, 24 de janeiro de 2016

RASTA DO VASCO 2016: RECADASTRAMENTO

Para você que deseja fazer parte da nossa Torcida estamos fazendo o recadastramento para o ano de 2016. Isso será muito importante para liberação de nossas festas nos estádios (bandeirões, bandeiras, bateria, etc...) serão necessários para confecção da carteirinha. 
1 - 2 FOTOS 3x4 
2 - XEROX DA IDENTIDADE 
3 - COMPROVANTE DE RES. 
4 - R$ 10,00 PARA CONFECÇÃO DA CARTEIRINHA. 
As carteirinhas só serão confeccionadas com o cumprimento de todas as exigências. 

Rasta recadastramento 2016

sábado, 23 de janeiro de 2016

UNIÃO VASCAÍNA 2016: UNIÃO VASCAÍNA FARÁ CADASTRAMENTO DE TORCEDORES NO DIA 23/01 A PARTIR DAS 17H

Para você que deseja fazer parte desta Família, neste sábado traga: 
02 FOTOS 3X4 
02 XEROX DA IDENTIDADE 
R$ 10,00 para confeccionar a carteirinha 
AS CARTEIRINHAS SÓ SERÃO CONFECCIONADAS COM O CUMPRIMENTO DE TODAS AS EXIGÊNCIAS! 
O associado terá descontos em eventos da torcida e compra de materiais. 
Fonte: Facebook União Vascaína e Netvasco

União Vascaína recadastramento 2016



sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

IRA JOVEM 2016: RECADASTRAMENTO DA IRA JOVEM

Foi realizada uma reunião no GEPE com a presença do Ministério Público no dia 07 de Janeiro e ficou resolvido que todas as Torcidas Organizadas terão que fazer um recadastramento.
As Torcidas vão ter um prazo de 30 dias, para o cadastramento ser entregue, depois desse prazo só poderá entrar no Estádio com material da Torcida quem tiver com a carteirinha nova.
A Ira Jovem já esta fazendo seu recadastramento. Procure a Diretoria ou o responsável por sua Província, ele te ajudará nesse recadastramento.


Ira Jovem recadastramento 2016

Ira Jovem recadastramento 2016

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

IRA JOVEM 2016: 21ª PROVÍNCIA PRESTIGIANDO A PRÉ TEMPORADA DO VASCO

Rapaziada da 21ª Província Volta Redonda/Barra Mansa prestigiando a pré temporada do Vasco em Pinheiral. 
Jogador Nenê foi presenteado com uma camisa e prometeu retribuir em campo, com muito empenho!
Parabéns, rapaziada!
Pelo Vasco, para o Vasco e com o Vasco.

Ira Jovem com o jogador Nenê 2016

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

TOV 1945: DE LUCCA NÃO QUER ESMORECIMENTO

João de Lucca pede o comparecimento de todas as secções distritais da Torcida Organizada Vascaína, domingo, no Estádio de São Januário. 
O Chefe da Torcida Vascaína relembra aos seus comandados que não pode haver esmorecimento, relembrando o encontro Bonsucesso x Botafogo e Canto do Rio x Fluminense. 
“Todos os adversários são perigosos”, diz João de Lucca
Fonte: Jornal dos Sports 29 de Setembro de 1945

TOV Jornal dos Sports 1945

TOV Jornal Diretrizes 1945

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

VASCO 1927: FRAUDE NO CONCURSO O CLUBE MAIS SIMPÁTICO DA CIDADE (TAÇA SALUTARIS)

O Vasco, detentor da maior Torcida do Rio de Janeiro, na década de 1920, segundo o próprio Mario Filho, em Histórias do Flamengo. 
Em diferentes páginas, Mario Filho reafirma o domínio da Torcida Vascaína nos anos 1920. Entre eles podemos destacar: “O crescimento do Vasco, então, dava para assustar. Não era só o Clube de mais Torcida, era o Clube de mais dinheiro” (Filho, 1966, p.22). “O Vasco, além de ser o campeão da Cidade, era o Clube de maior público” (Filho, op.cit., p.29). O jornalista ainda explica o roubo e as manobras de torcedores do Flamengo, em 1927, para vencerem o concurso, promovido pelo Jornal do Brasil, para saber qual era “clube mais popular do Brasil”. Jornal dos Sports. Rio de Janeiro, 12 de setembro de 1945..
Fonte: As Torcidas Uniformizadas (Organizadas) de Futebol no Rio de Janeiro nos anos 1940 Jorge Luiz Medeiros Braga Mestre em Ciências da Atividade Física (UNIVERSO - 2008)

TAÇA SALUTARIS
Mas em 1927, o Jornal do Brasil decidiu colocar a disputa à prova numa eleição popular. 
A Taça Salutaris seria entregue ao "time mais querido do Brasil". Venceria quem levasse mais cupons da água mineral Salutaris, indicando o nome do seu time. Os comerciantes portugueses, Vascaínos, tinham tudo para vencer. Mas os flamenguistas se mobilizaram, adotaram sotaques lusitanos e lotaram as padarias do Rio com escudos do Vasco na lapela. Quando chegaram à sede do jornal, jogaram os votos falsos nas privadas do prédio e entregaram apenas os do time rubro-negro. Um engenhoso golpe eleitoral.
Fonte: http://www.istoe.com.br/colunas-e-blogs/coluna/19869_FLAMENGO+E+VASCO

Vasco Jornal do Brasil 1927

Vasco Jornal do Brasil 1927

Vasco Jornal do Brasil 1927

Vasco Jornal do Brasil 1927

domingo, 17 de janeiro de 2016

FORÇA INDEPENDENTE 2016: FESTA DA FORÇA INDEPENDENTE

 A Festa da Força Independente será no dia 17 de Janeiro as 11h
Todos os Vascaínos convidados.
Local: Sítio da Marinha - Cidade Naval - Praia de Mauá (Magé)
Sítio com grande churrasqueira, farto buffet de churrasco liberado.
Bebidas a preços populares.
2 piscinas (1 semi olímpica, e 1 infantil)
Campo de futebol.
Quartos para famílias (prioridade crianças)
Não fique de fora dessa.
Para maior comodidade, estaremos disponibilizando um ônibus que sairá de São Januário.
Valor: 20,00
Concentração à partir de 8:30h
Saída: 10h 
Volta: 20h 

Força Independente Festa 2016

Força Independente Festa 2016


sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

FORÇA JOVEM 2016: FORÇA JOVEM ROMPE COM ATUAL DIRETORIA DA MANCHA VERDE

No dia 9 de Janeiro na Festa de 33 anos da Mancha Verde, na quadra da Torcida alviverde aconteceu uma briga entre alguns integrantes da Força Jovem (Diretoria) e da Mancha Verde.
Essa briga abalou uma união que dura mais de 30 anos. 
Essa União não é só das duas principais Torcidas dos dois Clubes, mais envolve outras Torcidas Organizadas e principalmente o povão Vascaíno e Palmeirense, dia muito triste para todos nós que sempre tivemos carinho e respeito um pelo outro.
As duas Torcidas emitiram notas oficias sobre o ocorrido.

NOTA OFICIAL TORCIDA MANCHA ALVI VERDE
Esclarecimento do ocorrido com a Força Jovem do Vasco
“O que o homem faz em vida, ecoa pela eternidade”
A relação de respeito /amizade entre a Mancha e Força já vem de anos, passando de geração para geração. 
Passando por presidentes e diretorias das duas entidades e inclusive atingindo o povão (aonde Palmeirenses e Vascainos) tem orgulho dessa união.
Como nossa entidade se orgulha de manter a tradição de arquibancada.
Somos Torcida e agindo como tal viemos a publico esclarecer o ocorrido e passar a posição oficial da Mancha.
No último sábado (09/01) na nossa Festa de 33 anos houve uma situação com alguns integrantes da Força Jovem. 
Como sempre recepcionamos nossos aliados com consideração e atenção, não foi diferente com eles.
Em resumo: 
- A nossa quadra estava lotada e no Rio eles têm o hábito de fazer o tal “trenzinho” e sairam arrastando e pulando como é de costumes para eles...E nessas voltas houve duas ou três confusões (empurrando as pessoas, chutando garrafas e cervejas que estavam no chão). 
- Na nossa “casa” pregamos o respeito por todos e percebendo que estavam passando do limite a Diretoria da Mancha chamou Diretoria da Força e explicou a situação. 
-Houve o entendimento e o consenso...os dois presidentes subiram no palco e pediram para segurar a onda, para evitar tumultos.
Atitude e dignidade.... com isto bastaria para resolver o problema, certo? 
Infelizmente lidamos com seres humanos que são passivos a erros. 
No calor da situação começaram conversas paralelas entre os “bondes” e mencionaram um fato que NÃO ocorreu....que o Presidente da Mancha disse no microfone, para toda a quadra, que os caras da Força estavam “rebolando”.
Essas conversas erradas foi a deixa para a discussão entre um e outro. Realmente houve uma situação complicada, aonde um ou outro tentava apaziguar enquanto alguns queriam confusão. Houve sim agressão de ambos os lados, não deveria ocorrer só que infelizmente aconteceu.
Quem está certo nessa historia? Ninguém!!!
Dentro da Mancha sabemos quem errou... terá a cobrança interna (principalmente quando a diretoria pediu para parar e continuaram brigando). 
Também temos a convicção que antes da briga não houve o desrespeito.
Em nenhum momento dissemos que alguém da Força estava “rebolando” afinal isto é coisa de nossos rivais.
Se temos respeito e amizade, que passa por gerações, com a Força Jovem um dos motivos forams as atitudes das lideranças.
Sendo assim, oficialmente a Mancha informa: 
- os materias da Força Jovem continuam liberados ... podem ser usados a vontade nos jogos do Palmeiras e no dia a dia da sede. 
- continuamos com respeito com a Força Jovem por tudo que já foi construído e conquistado. 
- no Rio temos 03 inimigos e a torcida do Vasco não faz parte dessa lista.
Diretoria 
Mancha Alvi Verde

NOTA OFICIAL FORÇA JOVEM: ESCLARECIMENTO SOBRE A FESTA DA MANCHA VERDE
O G.R.T.O Força Jovem Do Vasco vem através de sua diretoria unificada, a critério de esclarecimento, colocar de maneira explícita todo o ocorrido na festa da torcida Mancha Alviverde do Palmeiras.
Na manhã de sábado, dia 09/01/16, começou um mal estar entre diretores nossos para com alguns da MV, devido ao fato de querermos resgatar uma bandeira nossa que até então estava em posse da Mancha Verde. O diretor responsável pela sala se sentiu incomodado por ter que abrí-la para pegar nosso patrimônio.
A noite, já presentes na festa da até então aliada, tudo corria bem, clima de paz, curtição e amizade entre ambas as partes. Em um dado momento sobem ao palco alguns integrantes da diretoria da Mancha Verde. Alí começaram a menosprezar nossa instituição, dizendo que integrantes estavam rebolando (fato inverídico) e fazendo o tal trenzinho (cultura local de frequentadores de baile funk carioca).
Pois bem, acreditamos que se existia um manual de conduta a ser seguido em festas da Mancha Verde, o mesmo não nos foi passado, pois frequentemente nos fazemos presentes em confraternizações da torcida supracitada e jamais ocorreu algo do tipo.
Como se não bastasse terem dito em alto e bom tom que não éramos torcida, a diretoria da anfitriã, começou a encarar membros da atual gestão da FJV, chegando ao ponto de retirar o boné da cabeça de um deles, dizendo que o mesmo não era DIGNO de trajar tal peça.
Após isso, tudo desandou. Estávamos em minoria absoluta e tivemos um diretor nosso jogado ao chão, sendo pisoteado. Em um dado momento, até arma de fogo sacaram.
Agora vem a pergunta: que amizade é essa, que tentam nos diminuir, nos expulsar e nos agredir?
A FJV teve material subtraído, furtado. Tivemos um dano irreparável, onde o que fica aberta é a ferida moral, onde nos sentimos traídos por um filho. Sim, um filho, pois muitas das coisas que a MV adotou em sua torcida fomos nós que ensinamos.
Queremos deixar claro que respeitamos a instituição Mancha Alviverde pelos anos de amizade e história, mas que pela incompetência da atual diretoria, declaramos o FIM DA ALIANÇA, ATÉ QUE A MESMA PERMANEÇA À FRENTE DA INSTITUIÇÃO, pois somos uma torcida que completará 46 anos e temos a certeza que o desenrolar da história poderia ter sido outro, de forma civilizada e cortês, com uma conversa e não da forma hostil e desrespeitosa que foi.
Essa aliança vinha desde 1983 e em 2016 teve seu final, triste e inesperado, pois jamais imaginávamos tal truculência e desrespeito.
Invadiram a área destinada ao nosso material e nos roubaram, juntaram 30 contra um para bater num dos nossos já no chão, trancaram integrantes do lado de dentro da quadra e fizeram questão de dizer que não temos DIGNIDADE.
Esperamos que no futuro, com uma diretoria madura e concisa, possamos ter de volta o tratamento e respeito que nos são devidos.
Finalizamos, ressaltando que esta decisão foi tomada em conjunto, em uma reunião que contou com a presença de aproximadamente 300 pessoas, dentre estas, membros do grupo chamado "Dinossauros", ex presidentes e demais gerações da nossa torcida.
LEMBRAMOS , MAIS UMA VEZ, QUE O ROMPIMENTO É DEVIDO AS ATITUDES DA ATUAL DIRETORIA DA MV.
" O verdadeiro poder não pode ser dado,tem que ser conquistado"
"Vasco por amor, Força Jovem por ideal"
/+/ SOMOS FAMÍLIA /+/
Atenciosamente,
Diretoria unificada do G.R.T.O. Força Jovem do Vasco
http://www.twitter.com/fjv_oficial

Força Jovem Reunião em São Januário 2016
Vídeo na quadra da Mancha Verde

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

TOV 1951: ALÔ, ALÔ, TORCIDA! CONVOCAM OS VASCAÍNOS SEUS ADEPTOS

Já funcionou no jogo contra o Canto do Rio, a Torcida Organizada Vascaína para o Tri Campeonato, tendo a frente João de Lucca, que atendendo ao apelo feito pelos jogadores, agora com Toni, para levar a todos os campos o tradicional grito de guerra que tanto incentivo e entusiasmo tem dado aos jogadores para a conquista da vitória. 
Amanhã, no Campo do São Cristóvão, lá estará a dupla De Lucca e Toni com os clarins e uma grande painel com a legenda “Com o Vasco, onde Estiver o Vasco”, esperando a colaboração de todos os Vascaínos.
Fonte: Jornal dos Sports 24 de Agosto de 1951

TOV Jornal dos Sports 1951

TOV Jornal dos Sports 1951

TOV Jornal dos Sports 1951

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

VASCO 1932: FEIJOADA DO VASCO

A Diretoria do Clube de Regatas Vasco da Gama, fez realizar sábado último no Saco de São Francisco, pitoresca localidade de Niterói, uma grande Feijoada Marítima, a qual compareceram numerosos sócios do simpático Club.
Fonte: Revista O Cruzeiro 27 de Fevereiro de 1932

Vasco Revista O Cruzeiro 1932

domingo, 10 de janeiro de 2016

FORÇA JOVEM 1999: COROAÇÃO DA RAINHA VIVIANE ARAUJO

O zagueiro Mauro Galvão, que segue em tratamento intensivo com Juninho e Felipe, só encontrou alento nos beijinhos que ganhou da atriz modelo manequim Viviane Araujo, a nova Rainha da Torcida Força Jovem. 
Cena incomum em São Januário, cerca de 20 torcedores estenderam faixas por todo o Estádio e levaram Viviane a campo para ser coroada por Galvão.
“Isto é melhor do que treinar”, brincou o zagueiro, posando ao lado da moça.
“O Vasco vai ganhar de 3 x 0”, arriscou o palpite Viviane, mesmo sem muito conhecimento de causa.
“Vai ser gol do Edmundo, outro do Felipe e outro do...do..ah, do Felipe também”, desistiu.
Fonte: Jornal do Brasil 04 de Junho de 1999

Força Jovem Viviane Araujo Jornal O Globo 1999

Força Jovem Viviane Araujo Jornal do Brasil 1999

Força Jovem Viviane Araujo Jornal do Brasil 1999

Força Jovem Viviane Araujo Jornal O Globo 1999

sábado, 9 de janeiro de 2016

FORÇA JOVEM 1997: SKANK GRAVA CLIPE NO ESTÁDIO DO MARACANÃ

O Grupo mineiro Skank gravou ontem, no Estádio do Maracanã, as primeiras cenas de seu videoclipe, “É uma partida de futebol”, uma das músicas do CD “O Samba Poconé”.
O videoclipe está sendo filmado em formato de 16 mm pela produtora carioca TV Zero, com direção de Roberto Berliner.
Com figurantes da Torcida Força Jovem do Vasco, os integrantes do Skanks gravaram cenas em um vestiário, túnel de acesso ao campo, no gramado e nas arquibancadas do Maracanã.
No dia 16, no Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, quando jogam Atlético x Cruzeiro, serão gravadas outras cenas. Nelas, os músicos estarão misturados as duas Torcidas.
Fonte: Jornal Folha de São Paulo 04 de Março de 1997.

Força Jovem Jornal Folha de São Paulo 1997

Força Jovem 1997

Força Jovem na gravação do Clip foto Charles Augusto 1997

Força Jovem na gravação do Clip foto Charles Augusto 1997

Força Jovem na gravação do Clip foto Charles Augusto 1997

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

ANARQUIA 1988: FILIAÇÃO EM NITERÓI

A Torcida Anarquia procura adeptos Vascaínos em Niterói. 
Se você torce pelo cruzmaltino filie-se. 
Ligue para o Chefe Eduardo.
Fonte: Jornal O Fluminense 01 de Agosto de 1988

Anarquia Jornal O Fluminense 1988

Anarquia Morumbi 1988



quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

IRA JOVEM 2016: PARABÉNS 10 ANOS

Fundada em 07 de Janeiro de 2016, a Torcida Ira Jovem esta completando 10 anos de fundação.
Parabéns a todos os componentes e toda sua diretoria.
"A Cruz de Malta levo no peito, sou Ira Jovem eu visto preto, Ira Jovem Vasco"

Ira Jovem 10 Anos 2016

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

TOV 1972: DULCE ROSALINA QUER O IMPEACHMENT DO PRESIDENTE

Dulce Rosalina, Chefe da Torcida Organizada do Vasco, diz que já conseguiu uma lista com mil assinaturas, para pedir o impeachment do Presidente do Clube Agathyrno da Silva Gomes e do Vice de Futebol Carlos Alberto Carvalheiro. 
Pede ainda que avisemos a Torcida para comparecer a passeata de protesto, as 15 horas no Cineac Trianon. 
Tudo para unir o Vasco segundo ela.
Fonte: Jornal Tribuna da Imprensa 30 de Maio de 1972

TOV Tribuna da Imprensa 1972

TOV São Januário 1972

TOV Maracanã O Globo 1972