quinta-feira, 30 de junho de 2016

FORÇA JOVEM 2005: ELEIÇÃO NA FJV CHAPA O RETORNO DAS FAMÍLIAS

A VOLTA DA GRANDE FORÇA
Quem conhece (conhece de verdade e não ouviu falar) a história da FJV sabe que nossa Torcida se transformou na maior Organizada do Rio quando na década de 1980, um grupo de jovens assumiu a FJV e com muita luta e garra fez uma verdadeira resolução em termos de Torcidas Organizadas. Foram formadas as Famílias e a Torcida era realmente democrática e unida. Foi criada uma música que até hoje atrai muita gente para a Força. Precisamos recuperar essa música, fazer com que a FJV volte a ser o que era ao mesmo tempo em que damos passos para ficarmos ainda maiores.

RENOVAÇÃO
A Chapa O Retorno das Famílias tem como candidato a presidência o companheiro Marcondes. Com 20 anos de FJV Marcondes é conhecido e respeitado por todas as Organizadas do Brasil. Junto com Roberto ele foi um dos líderes do movimento que transformou a FJV no que ela é hoje.
Como 1º Vice Presidente, será eleito Celso da Zona Oeste, uma nova liderança, que surge diretamente das Famílias.
O 2º Vice Presidente é Marcelo Santo Cristo. Marcelo entrou na FJV em 1987 e marcou sua trajetória pela combatividade contra os inimigos e pela lealdade a FJV. Assim nossa Chapa reúne renovação e tradição. Em nossa Chapa não tem espaço para aventureiros que queiram apenas se aproveitar da Força. As Famílias sabem que com a Chapa O Retorno das Famílias está garantido o nosso lema: “Vasco por amor, Força Jovem por ideal”.

FORÇA JOVEM UNIDA
O que todos devem entender é o seguinte a FJV está acima de interesses individuais e da vaidade pessoal. Depois da eleição vamos unir a FJV. Nas outras Chapas também existem bons Vascaínos. Todos serão chamados a ajudar. Será o retorno da FJV, unida, vibrante e guerreira. Será o retorno da grande Força Jovem.
Será o Retorno das Famílias.
Fonte: Folheto da Chapa O Retorno das Famílias


Força Jovem 2005

Força Jovem 2005

quarta-feira, 29 de junho de 2016

FORÇA JOVEM 1977: GRITOS NOVOS PARA A TORCIDA

A FJV em 1977 tentou se postar por ali atrás do gol de São Januário no jogo contra o Bonsucesso, pois chovia muito e o Vasco perdia pelo placar de 1 x 0, foi quando a gente começou e surgiu os gritos novos para a Torcida, como lê lê lê oooooo,  lê lê lê oooooo, lê lê lê oooooo Vasco e ôôôôô,ôôôôô Vasco, que foi gravado até pela Rádio Nacional na época, falou Carlinhos Português no Facebook em 2013.

Vasco 2011

Vasco São Januário 1977

segunda-feira, 27 de junho de 2016

domingo, 26 de junho de 2016

FORÇA JOVEM 1991: TROFÉU "A CORRESPONDENTE DO ANO"

A Força Jovem foi a vencedora do Troféu A Correspondente do Ano, dado pela coluna Bate Bola do Jornal dos Sports.
“Estou gostando demais da preocupação da Torcida Organizada Raça Rubro Negra, do Flamengo, Depois que a Força Jovem, do Vasco, homenageou esta coluna, a Bate Bola e lançou um desafio aos rivais, eles não param de enviar cartas ao Jornal dos Sports, tentando superar o recorde de nossa facção. Apenas quero lembrar ao pessoal da Raça que este recorde foi obtido num trabalho a longo de vários anos. Não serão em 15 cartas enviadas ao Bate Bola durante um mês que irão nos superar. Talvez quem sabe em 1994 vocês consigam alguma coisa. Aqui me despeço deixando um abraço ao Latorre e ao Batistuta.” Escreveu Rogério Manteiga, Relações Públicas da Força Jovem.
Fonte: Coluna Bate Bola do Jornal dos Sports 1991

Força Jovem Jornal dos Sports 1991

Força Jovem Jornal dos Sports 1991

sábado, 25 de junho de 2016

VASCOPO 1975: FUNDAÇÃO

Torcida de Vista Alegre, que é um pequeno bairro na Zona Norte da Cidade do Rio de Janeiro foi fundada em 1975 e acabou na década de 1970.
Teve como Chefes Zezinho e Arlete Daniel.

Vascopo Maracanã 1975






sexta-feira, 24 de junho de 2016

VASCO 1977: ADAPTAÇÂO DO SAMBA DA VILA ISABEL

Folheto distribuído na arquibancada, um samba adaptado da Escola de Samba Vila Isabel.
Adaptação feita por Ana Cristina Mendes para o Clube de Regatas Vasco da Gama.

AI QUE SAUDADES QUE EU TENHO
Ai que saudades que eu tenho
Do Vasco que simbolizou
Do vira, vira de ontem
Que nem o tempo apagou
Do rádio e da entrevista
Que o Agathyrno muito tempo liberou
Ai que saudades dos golaços
Que mudou tantos destinos
Que o plantel o consagrou
(Viva Roberto)
Roberto és amor és alegria
Seu gol sensacional
Goleando com harmonia
Lá, rá, rá .....
Como está lido
Cada gol seu
O grito do seu nome
Que o povo o elegeu
No Maracanãããããã
Que é bom lembrar
Onde a Torcida vai lá vibrar
Onde o plantel vai lá jogar
Abra roda rapaziada
Que o jogo virou goleada
Ai que saudades......

Vasco 1977

quarta-feira, 22 de junho de 2016

TUV 1954: MARGARIDA PORTUGAL

Margarida Portugal, uma das fundadoras da Torcida Uniformizada do Vasco (TUV)
Nome:
Margarida Portugal Lourenço
Desde quando é Vascaína?
Desde 1919
Qual a maior emoção?
O Bi Campeonato
Qual a maior decepção?
Toda vez que o Vasco perde para o Flamengo
Fonte: Jornal Gazeta de Notícias 20 de Outubro de 1954

TUV Jornal Gazeta de Notícias 1954

TUV Jornal Gazeta de Notícias 1954

segunda-feira, 20 de junho de 2016

GUERREIROS DO ALMIRANTE 2016: PUNIÇÃO DE UM MÊS

NOTA OFICIAL
O Movimento Guerreiros do Almirante vem comunicar a todos que, sofreu uma punição, estando proibido de adentrar nos estádios de futebol com faixas, banda e qualquer vestimenta alusiva ao Movimento.
Conforme comunicado do GEPE (Orgão da Polícia Militar responsável pelo policiamento nos estádios) o Movimento está punido do dia 17/06 até 16/07. Salientamos que, tal decisão não é definitiva, mas temos que cumprir a punição desde já.
Ressaltamos que, tal punição decorreu da acusação do uso pelo movimento de “bombas” durante o jogo final do Campeonato Carioca de 2016 contra o Botafogo.
No mesmo pedido que o GEPE requereu a punição da GdA, foi requerido também a punição de outras duas torcidas do C.R. Vasco da Gama, o que também foi deferido pela 4ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Defesa do Consumidor da Capital - RJ.
Aduzimos que, novamente colocam a responsabilidade que é do Poder Público de fiscalização da proibição da entrada de artefatos explosivos, para as Torcidas de Futebol. Nós, não temos poder de polícia e fiscalização, tarefas que são de responsabilidade EXCLUSIVA do Poder Público.
A ausência de individualização do ato (uso de bombas) está claramente demonstrado no fato de que, o próprio GEPE não consegue identificar quem soltou o artefato e onde estava localizado, pois requereu a punição a 3 Torcidas que se localizam bem distantes uma da outra na arquibancada do Estádio do Maracanã.
Entendemos que, mais uma vez sofremos uma punição injusta, motivada por um Poder Público despreparado que, imputa responsabilidade aos outros devido as suas falhas.
Somos torcedores e assim queremos continuar a ser. Lutamos pelo direito de torcer! Lutamos pela Cultura da Arquibancada! Queremos a volta do direito de usar sinalizadores e piscas nos Estádios! Mas não queremos ser usados como “bode expiatórios”, face a incapacidade de num estádio de 1 bilhão de reais, não se consiga identificar quem teria soltado a tal “bomba” alegada.
Portanto, considerando a punição estabelecida, viemos a público informar a ausência da Banda Guerreiros do Almirante durante o período acima mencionado, deixando bem claro que, durante esse período o movimento não vai se responsabilizar por nenhum ato que eventualmente sobrevenha durante as partidas de futebol, mas informando que vamos estar cantando, apoiando o único responsável pela nossa presença nos jogos, o Club de Regatas Vasco da Gama.

AGRADECIMENTO AO JORNALISTA MAURO CÉSAR PEREIRA
Agradecemos ao apoio do jornalista Mauro Cezar Pereira, um dos poucos que defendem a cultura de arquibancada no Brasil. Ficamos com a seguinte pergunta, os verdadeiros culpados serão punidos?

Guerreiros do Almirante 2016

IRA JOVEM 2016: IRA JOVEM DIVULGA NOTA SOBRE PUNIÇÃO A TORCIDAS ORGANIZADAS DO VASCO

TORCIDA ORGANIZADA IRA JOVEM VASCO 
NOTA DE REPÚDIO DA TORCIDA ORGANIZADA IRA JOVEM DO VASCO 

A Diretoria da IRA JOVEM vem a público manifestar o seu REPÚDIO a punição aplicada e divulgada pelo GEPE hoje. A medida proíbe tanto a IJV quanto a GDA de entrar com qualquer material que identifique a Torcida, incluindo bateria. 
O motivo? Bombas soltas na Torcida do Vasco nos jogos finais do Carioca. 
Agora perguntamos: É justo a Torcida ser punida por atitudes pessoais? Porque não punir os responsáveis pela ação? 
Se tudo ocorreu num estádio de 1 bilhão de reais, pago com o nosso dinheiro, para que serve o circuito interno de câmeras e vigilância? Não seria esse sistema de segurança capaz de reconhecer os autores? 
E se não for, paciência, mas a torcida, e o VASCO, não podem pagar por uma falha da segurança pública. 
A IRA JOVEM sente saudade e vai lutar sempre pelo DIREITO DE TORCER, fazer festa, barulho e transformar isso em energia para o VASCO em campo. Sendo assim, a nossa nota repudia não só a punição ARBITRÁRIA e INCABÍVEL, como todas essas medidas que tentam nos enquadrar no “padrão FIFA”, no futebol moderno. 
AQUI NÃO! 
AMANHÃ ESTAREMOS DE VASCO, de preferência com a camisa PRETA, fazendo a diferença nas palmas e na garganta e durante a semana lutaremos para reverter essa injustiça, para que nos próximos jogos voltemos a estar representando a Torcida e apoiando o VASCO. 
CASACA! 
Atenciosamente, 
Diretoria G.R.T.O IRA JOVEM VASCO 
Fonte: Facebook Torcida Organizada Ira Jovem Vasco e NETVASCO

Ira Jovem 2016

Ira Jovem 2016

domingo, 19 de junho de 2016

FORÇA JOVEM 1990: MÚSICA "VAI TOMAR NO ... FLAMENGO"

Na década de 1990, tinha uma música inspirada no jingle da campanha de Brizola pra Presidente do Brasil em 1989.
 “Lá, lá, lá, lá lá, Brizola/ Lá, lá, lá, lá, lá, Brizola/ O voto no Brizola só pode nos trazer/ Um tempo bem melhor pra se viver''.
 A Força Jovem fez uma paródia:
“Foi num jogo de Basquete na Rua Bariri em Olaria, que eu comecei a cantar, Vai tomar no .. Flamengo, a parada do Brizola, ali foi a primeira vez, a nego falou, ai Japão, essa ai é maneira, e começaram a cantar”, disse Japão de Marechal Hermes.

VAI TOMAR NO …. FLAMENGO.
"Vai tomar no .. Flamengo,
 Vai tomar no .. Flamengo,
Torcida do Flamengo,
não cansa de correr ,
lá fora a porrada vai comer".







sábado, 18 de junho de 2016

FORÇA JOVEM 2001: DECISÃO COMEÇA COM OFENSAS NO MURO

Sede rubro-negra amanhece pichada com provocações ao time. Vascaínos atribuem o vandalismo ao próprio Flamengo.
“Timinho”, “Morte aos Sérvios”, “Beto Cachaça”, Zagallo Vice”, “Zagagallo”. Com frases como essas, o muro do Flamengo amanheceu pichado ontem, pela manhã, as vésperas da decisão do Estadual contra o Vasco. A diretoria rubro-negra apressou-se em mandar repintar rapidamente o muro branco, deixando apenas as iniciais FJV, supostamente da Facção de Torcida Força jovem do Vasco. Daí em diante, acusações de parte a parte para o autor das provocações, tanto das diretorias dos Clubes, quanto dos Chefes de Torcidas, levaram a já natural tensão do clássico dentro de campo para além das quatros linhas....

VIOLÊNCIA
Na verdade, há preocupação de ambos os Clubes de que o Maracanã vire uma praça de guerra entre os torcedores. “As respostas devem ser dadas somente no campo. Chega de violência”, disse o Presidente do Flamengo, Edmundo Santos Silva, em nota divulgada pela sua assessoria de imprensa.
Integrante de uma Torcida Organizada do Flamengo que pediu para não ser identificado apontou a 5ª Família da Força Jovem, de Ipanema, como responsável pela pichação na Gávea. Segundo ele, as Facções Organizadas da Torcida do Flamengo planejam retaliação, que pode ser nos muros de são Januário.
O Vice Presidente da Força Jovem, Rodrigo Torpedo, negou responsabilidade dos cruzmaltinos. “Nem tomei conhecimento disso. A Força Jovem não tem nada a ver, provavelmente foi a própria Torcida do Flamengo que fez a pichação para levantar o time”.
Fonte: Jornal do Brasil 26 de Maio de 2001

Força Jovem Jornal do Brasil 2001

Força Jovem Jornal do Brasil 2001

sexta-feira, 17 de junho de 2016

FORÇA JOVEM 2001: PEDRINHO HOMENAGEM A FORÇA

Ao marcar seu gol no clássico, Pedrinho correu em direção a Torcida balançando as mãos, simulando a coreografia de uma das músicas do Grupo Molejo, sempre cantada na arquibancada do Vasco.
“É daquela cole, cole. Foi em homenagem a Força Jovem. Já vinha pensando em comemorar um gol assim, mas sempre me esquecia.”
A boa seqüência de jogos de Pedrinho como titular já faz voltar a pensar num futuro promissor....

Força Jovem 2001

quinta-feira, 16 de junho de 2016

ADEPTOS DE RAMOS 1947: FUNDAÇÃO

O Sr Lúcio Luiz Mendes escreveu-nos a carta abaixo.
“Venho com a presente solicitar o seu valioso apoio a causa que em breve porei aos olhos da Torcida Vascaína.
Sr Alvaro. Sou um dos maiores torcedores do Vasco. 
Reuni no Bairro onde moro, a Rua Barreiros, na Estação de Ramos, admiradores do pavilhão da Cruz de Malta. 
Tendo o seu número já se elevado a 30, tomei a iniciativa de organizar uma torcida Uniformizada para incentivar os jogadores do nosso clube a conquista do Campeonato da Cidade. Adianto mais, estamos em negocio com a casa Superball para obtenção imediata dos uniformes.
Assim sendo, peço que V. S. que, pelas colunas do Jornal dos Sports, faça um apelo a todos os Vascaínos no sentido de aderirem a nossa Torcida Organizada, bastando para tanto, dar o meu endereço que é o seguinte:
Rua Barreiros 468 Ramos.
Lúcio Luis Mendes.
Fonte: Jornal dos Sports 24 de Julho de 1947

Adeptos de Ramos Jornal dos Sports 1947

quarta-feira, 15 de junho de 2016

FORÇA INDEPENDENTE 2016: FORÇA INDEPENDENTE NA CAMPANHA "VASCAÍNO SANGUE BOM"

14/06 - Dia Mundial do Doador de Sangue
Aproveitando a data, a Força Independente te convida a embarcar na Campanha "Vascaíno Sangue Bom", que caminha junto ao "Junho Vermelho".
No dia 25, às 11h, iremos ao INCA, com o intuito de levar esperança e amor para quem precisa.
É inevitável ter medo, mas a vida de uma pessoa é muito mais importante que qualquer agulha.
Encare o receio e junte - se a nós.
Uma doação, uma vida salva.
Força Independente do Vasco 
Um novo conceito em Torcida Organizada
Baixe pelo Play Store (Google Play) o nosso aplicativo e fique por dentro de tudo o que acontece no VASCO e na Força Independente:

Força Independente Campanha Vascaíno Sangue Bom 2016

terça-feira, 14 de junho de 2016

TOV 1946: FINAL DO CAMPEONATO DE BASQUETEBOL

Mas o Vasco da Gama não cochilou nem nesse ponto e se a sua marcação foi cerrada de homem para homem fez com que comparecesse também a quadra dos diabos rubros uma numerosa e barulhenta Torcida para marcar a Torcida americana que nessa noite deveria ser coadjuvada pelas Torcidas do Botafogo e do Riachuelo. E se a marcação foi perfeita no jogo, no cotejo das Torcidas dominou de muito todas as outras reunidas.
Enfim deu uma bela demostração de clubismo o que, aliás, foi plenamente correspondido pelos seus rapazes que portaram a altura desse embate decisivo, para o campeionato.
E ao som de Ainda tocada pelas fanfarras e clarins da Torcida Organizada o Five do Vasco atravessou o gramado do América festejando loucamente a consecução do seu primeiro campeonato cestobolístico. Ao Vasco, pois, nossos parabéns.
Fonte: Revista Sport Ilustrado 09 de Janeiro de 1947

Vasco Campeão Carioca de Basquetebol de 1946

TOV Revista Sport Ilustrado 1947

domingo, 12 de junho de 2016

FORÇA JOVEM 1990: MÚSICA "SOU EU, SOU EU, SOU EU DA FORÇA JOVEM SOU EU!!"

SOU EU, SOU EU, SOU EU DA FORÇA JOVEM SOU EU!!
Sou eu, sou eu, sou eu da Força Jovem sou eu!!
A Jovem Fla não se cansa de apanhar!!
A Raça Fla na corrida é a melhor!!
Young Flu toda pequenininha!!
Toma porrada e cabe dentro de um fusquinha!!
Sou eu, sou eu, sou eu da Força Jovem sou eu!!

“Essa música foi o Ben-Hur que fez no jogo contra o Fluminense em Bangu na década de 1990. Quando acabou o jogo ficamos esperando eles saírem do Estádio e não vimos, de repente eles aparecem correndo e se jogam dentro de um fusca, ai zuando que Ben-Hur começou a cantar.” Falou Japão de Marechal Hermes.

Força Jovem Maracanã 1990

Força Jovem Maracanã 1990

sábado, 11 de junho de 2016

IRA JOVEM 2016: AÇÃO BENEFICENTE IRA JOVEM ABRAÇA GRAMACHO

Este ano não será diferente, a Ira Jovem Província Feminina vem divulgar a nossa Ação Social deste ano! 
Vamos estreitar os laços de humanidade com a Torcida Organizada, demonstrando que nosso amor pelo time vai além do Estádio!
Nossa campanha este ano será " A Ira Jovem abraça Gramacho! " e estaremos entregando agasalhos e roupas juntamente com um lanche coletivo para os cidadãos excluídos e discriminados do Lixão de Gramacho. 
Assim sendo, estreitaremos ainda mais os sentimentos que tanto nos seguem, de solidariedade, paixão e Vasco da Gama, dando a oportunidade dessas pessoas a terem um dia só deles. 
A sua ajuda é imprescindível, qualquer doação de roupas e alimentos para o lanche coletivo será muito bem vindo!
Agradecemos sua atenção e contamos com sua participação! 
Qualquer esclarecimento, entrar em contato com a Karol ou Vera . PVC FEMININA. 
‪#‎Para o Vasco, com o Vasco e pelo Vasco #

Ira Jovem São Januário 2016

quinta-feira, 9 de junho de 2016

TOV E FORÇA JOVEM 1979: APOIO AOS PALMEIRENSES

As Torcidas Organizadas do Vasco, TOV e Força Jovem, comparecem ao Maracanã para dar apoio aos Palmeirenses num jogo contra o Flamengo, esse dia aconteceu uma grande briga entre os torcedores do Palmeiras e do Flamengo. 
Nessa época não existia aliança entre os Vascaínos e Palmeirenses, mais já começava ali a ter os primeiros contatos entre as duas Torcidas.
“A união começou em 1979, quando 300 Vascaínos foram ao Maracanã apoiar o Palmeiras num jogo contra o Flamengo. Os Paulistas venceram por 4 x 1 e depois os Palmeirenses passaram a frequentar São Januário sempre que vinham ao Rio”, recorda Amâncio César de 47 anos, ex Presidente da TOV numa entrevista ao Jornal do Brasil em 1997.

Força Jovem e TOV Maracanã 1979

Palmeiras Maracanã 1979

Palmeiras Maracanã 1979

quarta-feira, 8 de junho de 2016

FORÇA JOVEM 1990: BEBETO FORÇAS OCULTAS

Amigo de Bebeto, Antônio Brás, Vice Presidente da Força Jovem, aposta que forças ocultas estão bloqueando os caminhos do jogador.
“Há quanto tempo ele está sem jogar? Isso pode ser inveja, olho grande. Até mesmo de alguns companheiros. Porque Bebeto é um jogador caro, ganha muito bem. Olho grande destrói as pessoas”, desconfia Brás.
Fonte: Jornal O Globo 07 de Outubro de 1990

Força Jovem Jornal O Globo 1990

Força Jovem Maracanã 1990

Força Jovem Maracanã 1990

terça-feira, 7 de junho de 2016

TOV E FORÇA JOVEM 1982: PLACAS DE PRATA PARA MAZAROPI E CELSO

As Torcidas Organizadas foram ontem a noite ao Novo Hotel, onde os jogadores estavam concentrados, e entregaram Placas de Prata a Mazaropi e Celso.
Como desagravo pelas recentes acusações.
Os jogadores prometeram grande atuações como agradecimento.
Fonte: Jornal O Globo 24 de Outubro de 1982

Força Jovem e TOV Jornal O Globo 1982

Vasco Mazaropi 1981

Vasco 1982

segunda-feira, 6 de junho de 2016

VASCO 1923: A MAIS BELA HISTÓRIA: OS HERÓIS DE 23

O PAÍS VASCO APRESENTA:
Vídeo sobre o time do Club de Regatas Vasco da Gama de 1923, que sagrou-se campeão carioca quebrando a barreira do racismo que separava a população pobre dos campeonatos oficiais de futebol.
Vídeo de Vinícius Guimarães

domingo, 5 de junho de 2016

FORÇA JOVEM, TOV, PEQUENOS VASCAÍNOS E RENOVASCÃO 1997: PALMEIRAS X VASCO, ADVERSÁRIOS RECEBEM COM FESTA

PALMEIRENSES VÃO DAR UM CHURRASCO PARA A FORÇA JOVEM.
Imagine um Estádio sem foguetes, bandeiras, nem gritos ofensivos ao adversário. Parece até culto religioso, mas teoricamente, este será o cenário da decisão de hoje no Morumbi, entre Palmeiras e Vasco. A proibição dos foguetes, instrumentos e bandeiras fica por conta da Polícia Paulista. Já os cânticos provocativos serão evitados por ambas as Torcidas, que nutrem uma antiga relação de amizade.
“Vamos festejar, sem gritos ou xingamentos. Acima de tudo está o respeito que temos por eles. Os Palmeirenses vão nos receber com um churrasco”, diz Fernando Leal, Vice Presidente da Força Jovem.
Confraternização rima, mais não combina com decisão. Quando a bola rola, a amizade se transforma em animosidade. “Vamos ganhar e zoar os caras sob a escolta da Polícia. Eles vão ter que nos tratar na paz, porque vai ter volta no jogo do Maracanã”, ameaça Leonardo de Jesus, o Mingau da FJV.
A estimativa é que cerca de 5 mil vascaínos cruzem a Via Dutra em ônibus alugados pelos torcedores.
A Força alugou 48 ônibus, que partiram ontem a noite de diversos pontos. 
As Organizadas TOV, Pequenos Vascaínos e Renovascão contrataram juntas 50, que saem de São Januário na manhã de hoje.
“Tem gente saindo de Minas, do Espirito Santo e do interior do Rio. Mas toda a nossa caravana se encontra em Guaratinguetá, para chegar unida em São Paulo”, explica Fernando Leal. Os integrantes da FJV serão recebidos com um churrasco na Sede da Mancha Verde, a Escola de Samba. Isto porque a Torcida Organizada do mesmo nome, foi extinta pela justiça paulista depois de uma batalha campal que matou torcedores em 1995.
“No jogo da volta no Rio, também faremos uma grande festa para eles. Vamos entrar com as bandeiras do Palmeiras no Maracanã”, antecipa Fernando de 35 anos.
O atual Vice Presidente ingressou na Força Jovem em 1978, um ano antes do suposto início da amizade entre Vascaínos e Palmeirenses.
“A união começou em 1979, quando 300 Vascaínos foram ao Maracanã apoiar o Palmeiras num jogo contra o Flamengo. Os Paulistas venceram por 4 X 1 e depois os Palmeirenses passaram a frequentar São Januário sempre que vinham ao Rio”, recorda Amâncio César de 47 anos, membro da TOV, que tem 800 sócios, Amâncio repudia a união com a Mancha Verde. Mas essa não é a única divergência entre a TOV e a Força Jovem.
A TOV apóia a atual Diretoria e a Força Jovem faz oposição.
O Eurico Miranda nos proibiu de entrar em São Januário com a camisa da Torcida. Eu e mais 20 estamos vetados até mesmo sem a camisa”, conta Fernando Leal. Isso explica o maior número de ônibus da caravana organizada pela TOV, que teve a ajuda da Diretoria.
“Em 1989, quando o Vasco conquistou o Campeonato Brasileiro em São Paulo, não havia oposição e a Diretoria bancou geral. Só da FJV teve 120 ônibus cedidos. Foram 10 mil Vascaínos ao Morumbi”, lembra Fernando.
Fonte: Jornal do Brasil 14 de Dezembro de 1997


Força Jovem Jornal do Brasil 1997

Força Jovem O Globo 1997



sexta-feira, 3 de junho de 2016

FORÇA JOVEM 1991: QUANDO A PRESSÃO DA TORCIDA É A VOZ DOS CARTOLAS

Contratadas ou subvencionadas pelas Diretorias de seus Clubes, várias Torcidas Organizadas servem para fazer o que espertos Cartolas evitam pessoalmente. 
E caso se sintam mais seguras até influem na queda de Presidente, como já aconteceu no Flamengo. 
Cansado das pressões após o empate com o Coritiba, em Caio Martins, que eliminou o time da Copa do Brasil, o Presidente Emil Pinheiro, prometeu cortar a ajuda as Organizadas. Se cumpriu, ainda não se sabe.
Famoso por seu conservadorismo e conduzido sob rédias firmes pelo comerciante Português Antônio Soares Calçada, o Vasco está longe de ser um paraíso das Torcidas Organizadas. 
“Sou muito aberto a conversas com torcedores. Ouço seus palpites , mas é só”, diz o Vice de Futebol Eurico Miranda.
Com extrema habilidade, os Dirigentes utilizam, se necessário, as Torcidas Organizadas como massa de manobra. 
No atual Campeonato Brasileiro, isso ficou claro duas vezes.
Quando queriam demitir Zagalo, mas não sabiam como, recorreram a Força Jovem, que passou a perseguir o Treinador até deixá-lo em situação insustentável.
No dia em que deixou São Januário, Zagalo fez um desabafo contra as Torcidas Organizadas. 
“A importância e o poder de decisões dessas pessoas nos clubes está muito grande e tomando um caminho perigoso.”
Fonte: Jornal do Brasil 26 de Maio de 1991

Força Jovem Jornal do Brasil 1991

Força Jovem 1991

quinta-feira, 2 de junho de 2016

PEQUENOS VASCAÍNOS, VASBICÃO, VASKILHA E FURACÃO DA COLINA 1985: SALA DO MARACANÃ RECEBE NOME DE EURICO

As Torcidas Organizadas Pequenos Vascaínos, Vasbicão, Vaskilha e Furacão da Colina tem a satisfação de convidar todos os Vascaínos para a Festa de inauguração da Sala 322 B no 3º andar do Estádio Mário Filho (Maracanã). A comemoração será dia 15 de Setembro de 1985, as 14 horas, no Maracanã, não pecam. (Luiz Carlos, Vila da Penha 11/09)
Eurico recebeu nova consagração, domingo nas arquibancadas, e foi homenageado por todas as facções da Torcida Vascaína, inclusive com o seu nome dado a Sala da Vaskilha. Na medida em que Eurico percorria as arquibancadas, aumentava o número de Vascaínos a sua volta. De forma espontânea. Nada de armações. Não é de hoje que Eurico e a Torcida do Vasco se relacionam muito bem. (17/09)
Fonte: Jornal dos Sports 11 e 17 de Setembro de 1985

Pequenos Vascaínos, Vasbicão, Vaskilha e Furacão da Colina Sala do Maracanã 1985

Pequenos Vascaínos Sala do Maracanã 1982

Pequenos Vascaínos Sala do Maracanã 1982
Pequenos Vascaínos, Vasbicão, Vaskilha e Furacão da Colina Jornal dos Sports 1985

Pequenos Vascaínos, Vasbicão, Vaskilha e Furacão da Colina Jornal dos Sports 1985