segunda-feira, 30 de abril de 2018

TORCIDA DO VASCO 1922: TORCIDA VASCAÍNA ESTAVA RENITENTE, FORMIDÁVEL, ASSOMBROSA MESMO

VASCO X PALMEIRAS ATHETIC CLUB
Para apreciar o fraquíssimo encontro ontem realizado entre as desiguais esquadras do Vasco da Gama e do Palmeiras A. C., afluíram ao Campo da Rua General Severiano a enorme legião de associados do Club de Regatas e a diminuta torcida da sociedade visitante, que desmantelada como se apresentou, não chegou a fazer os seus adeptos gozar a deliciosa sensação que determina a queda de um retângulo....
No entanto, a despeito do tão desinteressado pugna, a Torcida Vascaína estava renitente, formidável, assombrosa mesmo, chegando uma graciosa torcedora a espacelar sua linda pulseirinha de celuloide, e um rotundo velhote, ao nosso lado, que tanto torcia pelo Vasco como pelo Sacadura, fazia unir extremidades de sua bengala de couro ou de arame.
Fonte: Jornal O Imparcial 17 de Abril de 1922

Torcida do Vasco Jornal O Imparcial 1922

Vasco Jornal dos Sports 96 anos do Vasco 1994


domingo, 29 de abril de 2018

FORÇA JOVEM 1998: BRASILEIROS SEM INGRESSO, PREPARAM CARAVANA PARA VER O VASCO EM TÓQUIO

Os brasileiros residentes no Japão estão dispostos a encarar até cambistas na porta do Estádio Nacional de Tóquio para assistir a final da Copa Toyota entre Vasco e Real Madrid. O jogo acontece em 1º de Dezembro a partir sãs 19h. 
Os ingressos, segundo os organizadores estão esgotados.
Grupo de torcedores sem ingressos pretendem organizar caravanas rumo a Tóquio e tentar comprar as entradas na hora. 
“Estou no Japão há oito anos e esta seria a primeira oportunidade de ver meu time por aqui”, justifica o torcedor Vascaíno Márcio Hideo de Souza Takenawa, de 31 anos.
Um dos mais animados é Leandro Sato, 21, que pertence a Mancha Verde, Torcida do Palmeiras, mas também é admirador do Vasco. Ele conseguiu reunir cerca de 50 torcedores, muitos deles apenas simpatizantes do time carioca e que querem estar na Torcida pelo representante brasileiro.
Sato diz que um amigo está preparando duas bandeiras do Vasco. 
Os torcedores ainda devem estar equipados com rolos de plásticos, bexigas e, se der, sinalizadores de fumaça, tudo em preto e branco. 
“ A gente não vai esquecer os instrumentos de samba para cantar o hino do Vasco, os gritos de guerra nem as coreografias de arquibancada”, garante ele.
Na província de Shizuoka, a agência de turismo KTS vai fretar um ônibus para fazer o trajeto Hamamatsu-Tóquio na manhã do dia 1º de dezembro. 
“Se a procura for grande, podemos alugar mais veículos para acomodar todo mundo”, diz Reinaldo Hirata, 38, um dos sócios da agência. 
Até o dia do jogo, a KTS tentará adquirir os ingressos para assegurar a entrada no Estádio.
Além do dinheiro para o transporte, os torcedores devem ir com o bolso preparado se eles não estiveram com a entrada na mão, Sato acha que os cambistas deverão estar vendendo os ingressos a pelo menos 12 mil ienes uma entrada que valeria, pela tabela oficial, 3 mil ienes.

Força Jovem Japão 1998

Força Jovem Japão 1998

Força Jovem Japão 1998

Força Jovem Japão 1998

sábado, 28 de abril de 2018

FORÇA JOVEM 1991: NÓS FAZEMOS A FESTA

Reconhecemos que a violência existe, mas o problema é mundial, e não somente no futebol. 
A Torcida Organizada Força Jovem do Vasco, não é uma gangue e nem quadrilha. Somos os responsáveis pela alegria e a beleza dos Estádios de futebol. 
Nós damos o colorido, preparamos a festa com faixas e bandeiras, papel picado e damos o som com a nossa bateria fazendo aquele carnaval, empurrando o Vascão para as grandes vitórias. 
Os componentes brigões estão na faixa de 17 a 23 anos, são os teenager, que se afirmam agora como homens. Nós da FJV somos homens e responsáveis. Temos profissão definida e não vivemos de futebol. Pelo contrário, tiramos de nosso bolso para levar a Torcida avante.
Abel Silva (Tubarão), 4ª Família de Vilar dos Telles
Fonte: Coluna Bate Bola do Jornal dos Sports 1991

Força Jovem Jornal dos Sports 1991

Força Jovem Maracanã 1990

Força Jovem 4ª Família 1991


sexta-feira, 27 de abril de 2018

VASBICÃO 1986: PEDIDO DE COLABORAÇÃO DOS COMPONENTES

Venho pedir por meio desta a colaboração de todos os componentes da Torcida Vasbicão. Atualmente são 308 cadastrados e somente 12 componentes vão aos jogos e colaboram com o grupo.
Peço que aqueles que são da Vasbicão só por ser, por favor, passem a ir ao Maracanã, São Januário, onde for o jogo, para levarmos o Vasco ao título do Campeonato Estadual. Com essa Torcida em peso gritando, batemos palmas, xingando, etc, tudo ficará muito mais fácil.
Quem quiser fazer parte da Torcida Vasbicão é só procurar o Camarão no Maracanã ou o Beto ou eu mesmo que diremos o que fazer para entrar na Vasbicão.
Maurício Lopes de Meneses, Vila da Penha, Rio de Janeiro.
Fonte: Jornal dos Sports, Coluna Bola em Jogo, 26 de Abril de 1986

Vasbicão Jornal dos Sports 1986

Vasbicão São Januário 1980

Vasbicão Maracanã 1982


quinta-feira, 26 de abril de 2018

FORÇA JOVEM 1982: FILIAL NITERÓI

VASCO PENTA CAMPEÃO DE BASQUETE
Não há o que contestar, O Vasco é o melhor time de Basquete do Rio de Janeiro. No último dia 02 com muita raça, conseguimos o pentacampeonato (quatro estadual 1978/79/80/81 e o municipal 1981). Parabéns aos jogadores, a comissão técnica e a sua Torcida que sempre se fez presente.

FORÇA JOVEM NITERÓI
Atenção galera Vascaína, a partir do próximo domingo, uma nova facção estará sacudindo as arquibancadas. 
Falo da Torcida Organizada Força Jovem, filial Niterói. 
Vamos dar aquela força a nossa irmã.
Termino, deixando abraços a Ely Mendes, Tarcisio, Márcia. Jonas, Antônio, Haroldo, Geraldo, Sueli, Ben-Hur, Luís Antônio, Fernando, Dayse, Alberto, Odilon, Mazinho, Maluco, Barril, Alexandre e Madalena, todos da Força Jovem.
Valéria Cravo, Méier, RJ
FONTE: Jornal dos Sports 16 de Fevereiro de 1982

Força Jovem Jornal dos Sports 1982

Força Jovem São Januário 1982



quarta-feira, 25 de abril de 2018

VASPANEMA 1978: RAINHA DA VASPANEMA

No próximo dia 04, será eleita a Rainha das Torcidas do Vasco. Dentre lindas morenas até as mais belas loirinhas, encontro em destaque a amiga Solange Zagnolli, irmã do nosso Presidente Sérgio Zagnolli
Maninha Solange, estamos torcendo por você. Você já está com a mão no título, bastando agora a coroa. Você vencerá, pois como o Vascão nasce espontaneamente nos nossos corações, você nascera espontaneamente para o título de Rainha, felicidades.
Fonte: Jornal dos Sports 01 de Novembro de 1978

Vaspanema Jornal dos Sports 1978

Vaspanema Jornal dos Sports 1980

Vaspanema 1981

terça-feira, 24 de abril de 2018

TOV 1959: ORLANDO NA TORCIDA

Mesmo sem ter renovado com o Vasco, Orlando compareceu aos jogos do seu Clube no Torneio Rio São Paulo chegou a integrar a Torcida Organizada comandada por D. Dulce Rosalina. (20 de Junho)

CASAMENTO DE ORLANDO
A Chefe da Torcida Organizada, Dulce Rosalina, está pra lá de zangada com o Orlando. Não é que ele esqueceu de convidá-la para o casamento? E logo ela que o admira e gosta tanto dele. (03 de Outubro)
Fonte: Revista do Esporte 20 de Junho e 03 de Outubro de 1959

TOV Revista do Esporte 1959

TOV Revista do Esporte 1959

Vasco Orlando Revista do Esporte 1959

Vasco Orlando Revista do Esporte 1959




segunda-feira, 23 de abril de 2018

TOV 1951: ZUM, ZUM, ZUM, ZUM, ZUM: VASCO DOIS A UM.

Torcida festeja o seu primeiro Bi Campeonato Carioca (1949/50)
Fonte: Jornal dos Sports 31 de Janeiro de 1951

Torcida do Vasco Jornal dos Sports 1951



sábado, 21 de abril de 2018

FEMININA CAMISA 12 1987: NOITE VASCAÍNA

A Torcida Feminina Camisa 12 programa para o próximo dia 29 de Junho as 20 horas, a Noite Cruzmaltina, no Plataforma I, com a coordenação geral da Iara Barros. 
Será uma festa para a consagração definitiva do Roberto Dinamite, entrega do Troféu Oscar 86 aos Melhores do Ano, pré lançamento do Livro Um Ídolo Chamado Roberto Dinamite, de Paulo César O Pinto, coquetel e show com cantores e pagodeiros Vascaínos. 
A Festa será encerrada com o Show Brasil de Todos os Tempos, produção de J. Martins e Sônia Martins.
Fonte: Jornal dos Sports 25 de Junho de 1987


Feminina Camisa 12 Jornal dos Sports 1987

Vascopita Jornal dos Sports 1987

Feminina Camisa 12 Jornal dos Sports 1987

Livro Um Ídolo Chamado Roberto Dinamite

quinta-feira, 19 de abril de 2018

TOV 1959: A TORCIDA DO VASCO NÃO CONFIA EM MIM

A minha maior mágoa no futebol é que a Torcida não confia em mim. 
Foi Viana, zagueiro central do Vasco da Gama, substituto eventual de Belini, quem fez o desabafo.....
.... Só porque num lance bem distante da área, a Torcida começou a vaiar-me e gritar Beline. Eu, que já estava nervoso, sentindo a enorme responsabilidade que pesava sobre meus ombros, diante daquela atitude hostil, desorientei-me por completoe quase comprometi a nossa meia. 
- Para que isso não se repita, é necessário que a Torcida me ajude. Conta, aliás, com a intervenção de D. Dulce Rosalina e do Domingos Ramalho junto a nossa Torcida no sentido de que a mesma não me vaie todas as vezes em que eu entrar em campo substituindo Belini.
Fonte: Revista do Esporte 20 de Junho de 1959

TOV Revista do Esporte 1959

TOV Revista do Esporte 1959

TOV Revista do Esporte 1959

quarta-feira, 18 de abril de 2018

FORÇA JOVEM 2018: VAMOS INVADIR A ARGENTINA!

Devido a alta demanda de passagens aéreas para o jogo RACING x VASCO pela Copa Libertadores da América, o G.R.T.O. FORÇA JOVEM disponibilizou ônibus que farão o trajeto de ida e volta BUENOS AIRES (CENTRO) x AVELLANEDA (ESTÁDIO PRESIDENTE PERON).
A passagem (ida e volta) custará R$ 45,00 para quem estiver trajado de Força Jovem e R$ 70,00 para quem não estiver trajado. Não inclui ingresso!
Os ônibus sairão as 17 horas do Centro de Buenos Aires. 
A localização exata será passada aos interessados pelo Whatsapp +55 21 97121-2871 .
O trajeto terá escolta da Polícia local e será realizado pela empresa BR AR TRANSPORTES, especializada em transportes de brasileiros a Estádios argentinos.
Att.: Diretoria Oficial do G.R.T.O. FORÇA JOVEM
"REGULARIZAR, REORGANIZAR E RECONSTRUIR"
www.forcajovem.org
www.facebook.com/forcajovemvasco
www.instagram.com/fjv_oficial
www.twitter.com/fjv_oficial

Força Jovem Argentina 2018


terça-feira, 17 de abril de 2018

TORCIDA SOCIAL DO VASCO 1958: TORCIDA SOCIAL PARA ANIMAR O TIME DO VASCO

O poderoso grupo, um dos maiores da América do Sul, entrará em ação, sem charanga, na próxima sexta feira.
No sentido de estimular um espetáculo a parte, um grupo de Associados está promovendo uma das maiores concentrações sociais, baseado nas famosas Torcidas Organizadas das Universidades Estadunidenses. 
A Comissão que conta com os srs sócios. Toni, Tião, Fausto, Luís e Almirante, sras Margarida, Ana, Aida de Almeida, Ilda, Marlene e Elza, pretende congregar uma Torcida Social que será um marco na história Vascaína. 
Esta Torcida estará localizado em São Januário (na curva social) e no Maracanã atrás do gol (cadeira social), sempre em que o mando de campo pertencer ao Vasco da Gama.
Está sendo estudado um boné especial colorido que será distribuído aqueles que comparecerem aos locais designados. 
A 1ª reunião preliminar será levada a efeito durante o jogo de sexta feira em São Januário e servirá para traçar o rumo e as bases da nova organização.
Sem charangas e sem fogos, a nova Torcida Social, com os seus bonés coloridos será um espetáculo merecedor de destaque e aplausos de todos os associados e desportistas vascaínos.
A Comissão faz um apelo e convida as pessoas interessadas a comparecerem ao jogo de sexta feira, em São Januário (setor social da curva), ocasião em que tomarão contato com a Comissão da Torcida Social.
Fonte: O Jornal 23 de Julho de 1958

Torcida Social do Vasco O Jornal 1958

Torcida Social do Vasco O Jornal 1958


domingo, 15 de abril de 2018

GUERREIROS DO ALMIRANTE 2018: NOTA OFICIAL

Nesta sexta-feira (13/04), foi anunciado mais um passo para o fim das festas nas arquibancadas. Depois de proibições de bandeiras, instrumentos musicais, sinalizadores e fumaças, chegou a nossa vez. É isso mesmo. Agora, a limitação é humana. O Ministério Público, a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FFERJ), o Grupo Especial de Policiamento em Estádios (GEPE) e as diretorias dos quatro grandes clubes do Rio de Janeiro, decidiram separar os membros de Torcidas Organizadas dos demais torcedores no estádio.
Infelizmente, não nos surpreende. O extermínio dos torcedores organizados é pretendido há anos, afinal, é muito mais fácil aplicar medidas drásticas a um núcleo de pessoas do que assumir que a falha é do próprio sistema. Para nos afastar, aumentam o preço dos ingressos, limitam quais materiais podem ou não adentrar nas arquibancadas, transformam em arenas e elitizam o nosso comportamento dentro dos estádios.
Além disso, deram início ao sistema de cadastro dos membros de cada torcida e nós, da Guerreiros do Almirante, somos proibidos de voltar com nosso material porque, a cada encontro no Gepe, nos pedem alguma informação nova nas fichas e carteirinhas, nos impedindo de cumprir com nosso objetivo enquanto Torcida Organizada. Nós temos que identificar, apontar culpados e fiscalizar o nosso espaço, segundo eles. Ou seja: nós fazemos o trabalho que cabe ao Gepe e somos taxados de bandidos porque o sistema de segurança não funciona.
Será que nos enjaulando vão acabar com os problemas que eles julgam serem causados por nós? Será que isso vai impedir os "torcedores" que vão para furtar, brigar, atrapalhar de entrar no estádio? As punições e proibições às organizadas resolveram o problema? As autoridades responsáveis por esta medida já tiveram o prazer de sentar numa arquibancada de cimento, sob o sol quente, torcendo para o seu time sem quaisquer outras intenções além de apoiar? A grande parte da imprensa desportiva -- principalmente comentaristas que sequer sabem os preceitos da Teoria da Comunicação e se acham no poder de formadores de opinião-- vocês já frequentaram, por pelo menos um dia, a rotina de uma Torcida Organizada antes de nos julgarem vagabundos?
E ao senhor Presidente Dr. Alexandre Campello: além de Torcida digital, agora nós também somos torcedores criminosos? Em sua primeira oportunidade de abraçar os vascaínos e lutar pelos nossos direitos, o senhor vai virar as costas pro maior patrimônio do Vasco? A Torcida do Vasco não deve ser lembrada apenas nos momentos de pagar as contas, implorando por sócios torcedores e sim em todos os momentos, somos nós que empurramos o time, seja ele qual for, faça sol ou faça chuva.
Que o futebol deixou de ser o esporte do povo e virou um espetáculo sem emoção todos nós já sabemos. Nossa resistência é pelo Club de Regatas Vasco da Gama e por tudo que ele representa para nós, inclusive pelo histórico de luta pelas minorias. Mas o que estamos vendo ao decorrer dos anos é bem contraditório em relação as nossas raízes.
Nós queremos fazer uma festa livre dentro dos estádios, sem discriminação e preconceito. O torcedor organizado dedica parte de sua vida pelo clube que ama e nós, Guerreiros do Almirante, não vamos nos omitir. A nossa luta é uma só e nada pode impedir o nosso grito. Estamos cansados! Não vamos ficar calados e faremos o possível e o impossível pelos nossos direitos!

Guerreiros do Almirante 2018



sábado, 14 de abril de 2018

VASKILHA 1985: INAUGURAÇÃO DA SEDE

Moçada da Vaskilha, convidando para a inauguração da Sede, dia 1º de Maio, na Av. Paranapuan, nº 1563, Tauá, Ilha do Governador, a partir das 11 horas, com aquele churrasco e muitas geladas, Joaquim, Fernando e Paulinho, assim como todos os demais Diretores, estão vivamente empenhados no sucesso da promoção.
Fonte: Jornal dos Sports 24 de Abril de 1985

Vaskilha Jornal dos Sports 1985

Vaskilha Jornal dos Sports 1985

Vaskilha Cabo Frio 1987



quinta-feira, 12 de abril de 2018

MOTIVASCÃO 1981: NOVA DIRETORIA E VOLTA AOS ESTÁDIOS

O esforçado Carlos César (Chefe da Motivascão) informa a esta Bola que a Motivascão, uma das facções mais incrementadas da Torcida Vascaína, está ai firme e forte. Formou nova Diretoria e vai voltar aos Estádios. (28/03)
Agradecemos aos amigos, Jornal dos Sports, comerciantes de Rocha Miranda e adjacências, ao Vasco da Gama, associados da Torcida e todos que contribuíram com nossas rifas e outras.
Num brilhantismo dinâmico de nossa Diretoria, estaremos nos preparando com muita garra e espírito de luta, para voltarmos aos Estádios e representarmos o nome que simboliza o magnífico Gigante da Colina, ou seja, Motivascão.
Temos, sobretudo, amor pelo Vasco e esperamos alcançar o objetivo de formar um grupo gigantesco, onde possamos abraçar esse amor, aos gritos, clamando o nome do Vasco, lá do alto das arquibancadas dando a demonstração de que somos Vascaínos de todas as fases que o nosso Clube atravessar.
Lúcia, Centro Rio (02/04)
Fonte: Jornal dos Sports, Coluna Bola em Jogo 28 de Março e 02 de Abril de 1981

Motivascão Jornal dos Sports 1981

Motivascão Jornal dos Sports 1981

Motivascão Jornal dos Sports 1981


quarta-feira, 11 de abril de 2018

EXORCI-VASCO 1975: TIME DE FUTEBOL DA TORCIDA GRANDE ATUAÇÃO

“Quero comunicar aos interessados que além da Força Jovem a grandiosa Exorci-Vasco já começou a arrancar troféus e apenas não ganhamos um turno e sim um torneio completo, tendo sido realizado em Jacarepaguá com mais sete Clubes, sendo campeã invicta e queremos desafiar a Força Jovem assim como aos interessados em nos enfrentar bastando para isso escrever para o Bate Bola comunicando-nos. É isso ai” (17/05/75)

INVICTO
“O timeco da Torcida Exorci-Vasco está ficando enjoado, pois em 13 jogos não tivemos nenhuma derrota e apenas dois empates e no caso computando as 11 vitórias. Os principais artilheiros são: Luíz Carlos e Valmir com 16 gols e Vaguinho com 15 gols, a nossa formação é o seguinte: Walfrido, Gersimar, Mário, Carlos e Wagner: Karete e Amauri, Arimar, Walmir, Luíz Carlos e Vaguinho”  (07/06/75)

TORNEIO
“Venho por meio desta alertar as Torcidas do Vasco e aos organizadores do Torneio de Futebol de Campo, patrocinado por uma emissora local, que a representação Vascaína deveria ser formada por todas as Organizadas do Vasco, pois assim formaríamos uma grande equipe. Infelizmente, um dos nossos Chefes de Torcida organizou o time com seu pessoal e mais chegados.
Como Presidente da Exorci-Vasco agradeço o convite por eles nos dado e comunico que estaremos lá disputando o Torneio e abram o olho, pois iremos para ganhar” (Valfrido Presidente da Exorci-Vasco 22/07/75)
Fonte: Coluna Bate Bola do Jornal dos Sports 17 de Maio, 07 de Junho e 22 de Julho de 1975

Exorci-Vasco Jornal dos Sports 1975

Exorci-Vasco Jornal dos Sports 1975

Exorci-Vasco Jornal dos Sports 1975


terça-feira, 10 de abril de 2018

FORÇA JOVEM 1970: VENHA PARA A FORÇA JOVEM

Convido a todos os Vascaínos, jovens, moças e rapazes a se incorporarem a Força Jovem do Vasco, da qual com muita honra sou patrono. Peço aos torcedores que não vaiem nosso time no Estádio Mário Filho, porque estaremos vaiando a nós mesmos, pois a camisa do Vasco faz parte da gente, e qualquer medida contra os jogadores ou os dirigentes deve ser tomada em São Januário, na nossa casa.
Peço também o incentivo de todos para os campeonatos amadores, onde o Vasco sempre brilha. Os interessados em juntar-se a nós devem escrever para Rua Conego Tobias, 80, Méier, ou procurar-nos no ângulo do corner, junto a Torcida do Vasco.
Manuel Santos Cunha, o Manuel Fogueteiro, Força Jovem do Vasco, GB.
Fonte Jornal dos Sports 1970

Força Jovem Jornal dos Sports 1970

Força Jovem Jornal dos Sports 1970

Vasco Maracanã 1970


segunda-feira, 9 de abril de 2018

TOV E TUV 1954: REPROVADA A INICIATIVA DO DESAFIO AO RUBRO NEGRO

A Torcida Uniformizada do Vasco também considera uma tolice a aposta.
A comissão diretora da Torcida Uniformizada do Vasco também considera uma tolice, tal como a defeniu o Fadel Fadel, Vice Presidente Rubro Negro, a idéia do João de Lucca, ex Chefe da Torcida Cruzmaltina (TOV), lançando um desafio ao Dragão Negro, mediante uma aposta de um churrasco de 100 talheres na vitória do clássico de domingo.
Alegam os integrantes da Torcida Cruzmaltina, que desde o início do seu movimento hoje é uma esplendida realidade quando enfrentavam sol e chuva, iam todos os campos, torciam nos dias de vitória e derrota, sem contar com o menor apoio do Clube, trataram exclusivamente de estimular o quadro Cruzmaltino, sem nunca menosprezar o adversário, fosse ele quem fosse. 
Ora, a aposta, ainda que que em forma de churrasco, não deixa de ser um desafio e que, como tal, como pode acirrar ânimos e provocar rivalidade o que foge inteiramente ao objetivo da Torcida Uniformizada do Vasco. 
E seriam exatamente os componentes dessa Torcida, esses que torcem espontaneamente e porque são realmente Vascaínos que ficariam expostos a chacota dos torcedores rivais, em caso de derrota. 
Desse modo, a Torcida Uniformizada do Vasco avisa aos torcedores rubro negros que não apóia o fracassado desafio e que espera que entre ambos os grupos de adeptos reine camaradagem, embora cada qual desejando a vitória do seu Clube.
Fonte: O Jornal 15 de Outubro de 1954

TOV e TUV O Jornal 1954

TOV E TUV Revista Sport Ilustrado 1954




sexta-feira, 6 de abril de 2018

VASPANEMA 1981: VASPANEMA COM FORÇA TOTAL

Com a eleição da Nova Diretoria, a Vaspanema pode contar agora com muito mais força. Estamos todos lutando no sentido de planejar tudo de maneira mais expressiva, para podermos dar um apoio maior ao Vascão da Gama. 
As metas pretendidas pela nossa Diretoria, são as de maior apoio ao Clube pelo qual amamos de todas as maneiras e para um bom andamento de Torcida, queremos pedir a colaboração ativa de nossos sócios.
Nós, que levamos um grito uniforme de apoio ao nosso Clube, temos a certeza de plena realização em nossos objetivos e para isso não faltará a colaboração repleta de muito carinho. 
E nos altos e baixos que certamente aparecerão, venceremos com muito ânimo e sempre apostos para novas realizações, porque amamos a essa religião Vascaína constituindo um sacerdócio verdadeiro, puro, somente de amor e dedicação.
E é por esse motivo de incentivo ao nosso clube, que eu gostaria de deixar aqui o meu protesto no que diz a cobrança de ingressos. 
É um absurdo pagar 300,00 cruzeiros por uma partida de futebol. Graças a Deus, eu posso pagar, mas quem tem família, filhos, que ganha salário mínimo, poderá acompanhar seu Clube? Fica aqui um alerta a Cobraf, pois se continuar assim, frequentar Maracanã será privilégio de muitos poucos, e as rendas continuarão a cair.
Com tudo isso, nós, da Vaspanema, estaremos lá na arquibancada esperando por vocês. Venha participar de mais um movimento de amor ao Gigante da Colina. 
Traga nos dois retratos e participe ativamente, não só na arquibancada, mas em todas as promoções realizadas.
Contamos também com o nosso Futebol Feminino, que procura nosso adversário, pois está sendo fácil demais. Esperamos as demais Torcidas, para marcarmos outros jogos e até formarmos um campeonato.
Vaspanema, a Torcida princesa, num reino de amor ao Gigante da Colina, o Vasco da Gama.
Carminda Assunção, Penha, Rio
Fonte: Jornal dos Sports 10 de Junho de 1981

Vaspanema Jornal dos Sports 1981

Vaspanema 1981