quarta-feira, 31 de outubro de 2018

FORÇA JOVEM 1978: HAROLDO AFFONSO UM CARA QUE VESTE A CAMISA DA TORCIDA COM DEDICAÇÃO

Estava sacando o calendário, quando me lembrei que dia 22 de Janeiro é o aniversário de um cara legal, gente finíssima que a rapaziada que trabalha com a Força Jovem aprendeu a admirar e respeitar. Um cara que veste a camisa da Torcida com dedicação e a do Vasco com paixão.
Quem viajou com a Torcida teve oportunidade de conhecê-lo. 
É aquele barbudinho que fica andando de um lado para o outro, organizando, ajeitando, despachando os ônibus e dando uma bronquinha de vez em quando.
Na venda de camisas, plásticos e chaveiros, podes crer, o barbudo ta sempre lá dando uma força.
E eu que paro de graça na Força desta Torcida, e conhecendo a luta e o desempenho deste cara, só posso desejar um Parabéns para você.
Para quem não está ligado nas transas da Torcida Força Jovem do Vasco, o nome do barbudinho é Haroldo Affonso Costa.
Márcio Teixeira, RJ
Fonte: Jornal dos Sports 19 de Janeiro de 1978

Força Jovem Jornal dos Sports 1978

Força Jovem São Januário 1978



terça-feira, 30 de outubro de 2018

VASPAVUNA 1978: O DIA DO ANGU E SAMBA DA VASPAVUNA

Espero contar com todas as facções do Vasco, porque, nós estamos bolando um suculento angu pro dia 10 de Janeiro de 1978 no Pavunense e vamos homenagear todas as Torcidas do meu querido Vasco. (05/01)

O DIA DO ANGU
Como leitor assíduo desta maravilhosa Coluna peço desculpas pela gafe que cometi sobre o angu que estamos bolando. A data não é dia 10 de Janeiro, mas sim 22 de Janeiro.

SAMBA DA TORCIDA
Aproveito a oportunidade para lançar o samba da Torcida Vaspavuna que é uma paródia do samba “O Jarro e a Flor” gravado por Carmem Costa.
Vascão, cadê o A e o S
De teu nome que é um tesouro
Alguém teve uma idéia
Tirou o A e o S e colocou o As de Ouro
Que bondade, que bondade
Vocês já sabiam: Bandeira e Camisa
Ficaram um tesouro
Fiz essa paródia, porque na bandeira da Vaspavuna não tem o A e o S de Vasco. No lugar está colocado um As de Ouro
A Torcida Vaspavuna está atualmente com 600 participantes, eu sei que é pouco, mas estamos trabalhando para os mil. E vamos torcer para que o Roberto Dinamite vença bem, para fazer os tentos que a Torcida está esperando. (13/01)
Isaias Fernandes, Chefe da Torcida Vaspavuna
Fonte: Jornal dos Sports 05 e 13 de Janeiro de 1978

Vaspavuna Jornal dos Sports 1978

Vaspavuna Jornal dos Sports 1978

Vaspavuna Maracanã 1978

Vaspavuna Maracanã 1980





segunda-feira, 29 de outubro de 2018

TOV 1957: DOMINGOS RAMALHO, O TORCEDOR DIFERENTE QUE LEVANTA MULTIDÕES

Quem acompanha o futebol sabe que uma das suas principais características são as improvisações dos torcedores. Seu espírito alegre e folgasdo se transborda em diversas forma e sob os mais variados aspectos. 
Mas sobre todos, um já se firmou como o mais decisivo. Um simples sopro levanta a multidão Vascaína, que tem nele um amigo e um companheiro nas horas de tristezas ou de alegria. Seu boné branco. Sua faixa de Vasco, Sua calça impecavelmente passada, toda branca. Sua camisa em tecnicolor. Fazem parte de um todo.Mas.
- Quando criança, na minha terra a gente brincava de tiro de guerra. Nossas armas eram inúmeras. Mas tínhamos um grave problema. Quando o nosso bando se dispersava não havia um toque de reunir. A turma ficava espalhada e os bandidos fugiam sempre por falta de união. 
A gente era pobre e uma corneta era cara. Ai, então, eu fui tentando. Procurei tudo que o mato me dava de graça até que achei, num pé de mamão, esse talo”
Sim, tudo começou assim. Nós idos tempos do Tiro de Guerra de brincadeira para levantar multidões ao som de uma trombeta.
- Tenho sete filhos com nomes assim: Pinga, Carlos Alberto, Walter, Maria de Lourdes e Nancy Maria.
- Mas, esta faltando um.
- Ah, A maior conquista do Vasco, a Taça Tereza Herrera. Sim, a minha caçula tem o nome do, na minha opinião, maior triunfo Vascaíno.”
Ataca o Vasco, Rubens, vai com a bola, vai, vai vindo e chuta.
Era o goal.
E a trombeta de talo de mamona ecoou forte comandando a alegria.
Sim, lá em cima estava o homem da trombeta comandando aquele povo todo.
Em que mais pensa?
- No Vasco.
Onde nasceu?
- Ilhéus, Bahia.
Seu nome?
- Domingos Ramalho.
Essa a história de um homem simples que comanda com um talo de mamão uma multidão imensa.
Fonte: Jornal dos Sports 02 de Dezembro de 1957

TOV Domingos Ramalho Jornal dos Sports 1957

TOV Domingos Ramalho Jornal dos Sports 1957



sexta-feira, 26 de outubro de 2018

VASCONÇALO 1977: NADA DE BRIGAS

A Vasconçalo, uma das mais jovens Torcidas do Vasco da Gama em São Gonçalo, fundada no dia 13 de Abril do corrente ano, tem como objetivo maior o incentivo ao Vasco da Gama, onde ele estiver. Não criamos esta Torcida com a intenção de menosprezar Torcidas de nossos co-irmãos, nem das fabulosas facções que incentivam o Expresso da Vitória. Afinal somos todos seres humanos racionais e não fica bem, para os leitores do Bate-Bola a briga verbal e inconsequente de alguns representantes (ou simpatizantes) de Torcidas, esquecidos de que muitas crianças leem este jornal e muito especialmente esta seção. Não queremos iniciar a nossa participação nesta Tribuna dos Torcedores dando a impressão de críticos dos críticos, mas apenas lembrando que este espaço devera ser usado para mostrar o que cada facção de Torcida faz em prol de sue Clube.
Domingo, dia 29, a Vasconçalo sai de São Gonçalo as 13 horas, com seus 10 ônibus, rumo ao Mário Filho para incentivar o nosso Vasco da Gama no jogão que fará contra o Botafogo. As passagens estão sendo vendidas juntamente com os ingressos na Rua Dr Jurumenha 5161, Sete Pontes em São Gonçalo
Edson Rodrigues, Relações Públicas da Vasconçalo
Fonte: Jornal dos Sports 29 de Maio de 1977

Vasconçalo Jornal dos Sports 1977

Vasconçalo Estádio de Moça Bonita 1977

Vasconçalo Petrópolis 1979


quinta-feira, 25 de outubro de 2018

VASQUINTINO 1977: QUINTINO EM FESTA

Quintino está uma beleza, se os leitores amigos não acreditam é só darem uma passada pelo Bairro e verão a beleza de Quintino, que se chama Vasquintino.
A nossa Torcida está proporcionando aos moradores, torcedores, enfim a todos muita alegria.
Depois dos jogos do Vasco seja na vitória ou na derrota, antes damos uma volta pelo Conjunto do IAPC e concentramos nossa bater a com carnaval e cerveja, na Padaria Santa Esmeralda, para os senhores terem uma idéia de animação, os moradores do local ficam concentrados em frente a Padaria, esperando a caravana da Vasquintino chegar.
E esta alegria e carinho da massa que confirma a imensidão do Vasco.
No endereço: Rua Palatinado, com Rua Mendes. 
Com alegria desta Torcida, esqueço tudo ruim na vida. (25/05)

TURMA DA VASQUINTINO
E não poderíamos esquecer esta turma que faz da Torcida Vasquintino a alegria de torcer: Maurício, Roberto Jabaur, Valentim, Renato, Hélio, Bicudo, Zecal, Hélio, Alfredo, PM, Salvação, bibi, Carlos, Zé Antônio, Paulo, Mário, Ferreira, Coca Rui, Roseni, Déa, Robertinha, Salete, Luiz Carlos, Célia, Maria, Izabel, Dona Raimunda, Dona Hilda, Bety, Paulo Bolinha, Carlinho, Maninha, Vaneza, Gilberto, Wilson, Oscar, Haroldo, Cosme, enfim a todos que torcem pelo sucesso da Torcida Vasquintino.
Com fé e amor não tem barreira, Vasquintino é e será a primeira! (13/07)
Renato Zarazilha, Relações Públicas da Vasquintino.
Fonte: Jornal dos Sports 25 de Maio e 13 de Julho de 1977

Vasquintino Jornal dos Sports 1977

Vasquintino Jornal dos Sports 1977

Vasquintino Jornal dos Sports 1977




quarta-feira, 24 de outubro de 2018

VASCAÉ 1977: ESTRÉIA NO MARACANÃ

O futebol continua mexendo com a moçada. 
Como o nosso, o da cidade, lamentavelmente anda meio baixo e esquecido, o jeito é transferir a energia de torcedor para os Clubes do Rio. 
E já se arrumaram as Torcidas Organizadas, fretando ônibus e daqui pela BR 101 direto para o Maracanã.
Domingo passado fez seu debut a Vascaé, como tal se auto batizou a galera Vascaína.
Fonte: O Fluminense 30 de Setembro de 1977

Vascaé Jornal dos Sports 1977

Maracanã 1977

Vasco 1977


terça-feira, 23 de outubro de 2018

VASCAREPAGUÁ 1977: I TORNEIO INTERNO DE FUTEBOL DE SALÃO DO COLÉGIO JOSÉ DE ALENCAR

A Torcida Vascarepaguá, participa do I Torneio de Futebol de Salão do Colégio José de Alencar, tradicional estabelecimento de ensino da Rua Edgard Werneck, 1615 Jacarepaguá.
Fonte: Jornal dos Sports 28 de Outubro de 1977

Vascarepaguá Jornal dos Sports 1977

Vascarepaguá Jornal dos Sports 1977


segunda-feira, 22 de outubro de 2018

FORÇA JOVEM 1977: TORCIDA NÃO VISA FINS LUCRATIVOS

Tendo iniciado a bastante tempo nossas atividades, com o comparecimento aos jogos de basquete, quando a Cruz de Cristo triunfou mais uma vez, no futebol iniciamos muito bem com a primeira caravana de facção de Torcida do Rio a apoiar seu time fora do município, por ocasião do jogo entre Vasco e Volta Redonda na Cidade do Aço.
Lembramos aos admiradores, torcedores e sócios dessa facção, que teremos imensa satisfação em poder contar com sua presença nos jogos do Vasco, por tradição atrás do gol, sempre a Direita das Cabines de Rádio. 
Comunicamos que a Força Jovem não visa fins lucrativos e sim divulgar o nome do Clube de Regatas Vasco da Gama da maneira mais altiva. 
Em 1976 vendemos cerca de 150 dúzias de camisas do Vasco, ao preço de 45 cruzeiros, cinco mil plásticos a três cruzeiros, e realizamos várias caravanas por preços mais baixos para torcedores do Vasco. 
Tudo isso, com o intuito único de servir a massa Vascaína. 
As estatísticas comprovam maior número de ônibus em todas caravanas já realizadas no Rio.
Luís, Departamento de Relações Públicas
Fonte: Jornal dos Sports 05 de Fevereiro de 1977

Força Jovem Jornal dos Sports 1977

Força Jovem São Januário 1977

Força Jovem São Januário 1977


sábado, 20 de outubro de 2018

FORÇA JOVEM E RENOVASCÃO 1994: HOMENAGEM AOS TETRA CAMPEÕES DO MUNDO

TORCIDA PROMETE UMA GRANDE FESTA
As Torcidas Organizadas do Vasco prometem fazer uma festa inesquecível para homenagear os tetracampeões Romário, Bebeto e Dunga, que domingo chegarão de helicóptero ao Maracanã (certamente Romário estará em uma das janelas), minutos antes do começo da partida. Macarrão, um dos dirigentes da Força Jovem, revelou que os Vascaínos farão um painel com bolas de plástico infláveis, em verde e amarelo.
A torcedora símbolo Dulce Rosalina, Chefe da Renovascão, espera pela presença de 50 mil Vascaínos. 
Centenas de pequenas bandeiras de papel foram confeccionadas especialmente para o clássico com o Grêmio.
Fonte: Jornal dos Sports 23 de Julho de 1994

Força Jovem e Renovascão Jornal dos Sports 1994

Força Jovem Maracanã 1994

Vasco Dunga, Bebeto e Romário



quinta-feira, 18 de outubro de 2018

VASCO RAÇA 1978: NOME RAÇA

Há dias, ao Bate Bola, insinuaram que o nome Vasco Raça teve por base o da Torcida Raça Rubro Negra. 
É bom esclarecer que são duas raças com sentidos diferentes. 
A rubronegra deixa entender que sua raça é pela fibra e fidelidade ao time, no que a Vascaína não faz por menos, a Vasco Raça, por outro lado (é a própria camisa da facção diz isso) retrata a fraternidade Vascaína, com uma mão negra unida a uma mão branca, em verdadeiro exemplo de amor ao próximo, sem distinção. 
Com esses esclarecimentos, espero que as insinuações maliciosas deixem de ter lugar na coluna, que não se presta para nada disso.
Fonte: Jornal dos Sports 17 de Setembro de 1978

Vasco Raça Jornal dos Sports 1978

Vasco Raça 1978

Vasco Raça São Januário 1978



terça-feira, 16 de outubro de 2018

EXORCI-VASCO 1975: RUMO AO MARACA

“Através do Bate Bola comunicamos aos interessados que sairá domingo um grande bloco da Rua Pedro de Carvalho, no Méier, por ocasião do jogo Vasco x América. Se você mora no Engenho de Dentro, Méier, Cascadura, Rocha, Encantado, Todos os Santos, Cachambi, venha se juntar a Torcida Exorci-Vasco, que vai formar um grandioso bloco. 
Vamos comparecer em massa ao Estádio para incentivar o nosso Vascão,. A saída será as 13 horas”.
Comando Exorci-Vasco.
Fonte: Coluna Bate Bola do Jornal dos Sports 18 de Julho de 1975

Exorci-Vasco Jornal dos Sports 1975




segunda-feira, 15 de outubro de 2018

TOV 1958: NINGUÉM PODE FALAR EM NOME DE TORCEDORES

Álvaro Ramos desautoriza os pedidos de votos para a Chapa Tradição Vascaína
O Sr Álvaro Ferreira Ramos ex Vice Presidente Social do Vasco e um dos baluartes da candidatura Eurico Lisboa a presidência do Vasco, tem desenvolvido, nos últimos dias, intensa atividade, tendo em vista que nos encontramos a três dias apenas do pleito que indicará o sucessor do Sr Arthur Pires no comando do grêmio cruzmaltino.
E, em meio a essa atividade, o Sr Álvaro Ramos foi informado de que Dulce Rosalina, Chefe da Torcida Uniformizada do Vasco, trabalha ativamente em favor da Chapa Allah Batista- Jaime Guedes, solicitando votos aos conselheiros.
- Segundo a informação que chegou ao meu conhecimento, disse-nos o Sr Álvaro Ramos, D. Dulce Rosalina está pedindo votos aos conselheiros do Vasco para os candidatos da Tradição Vascaína, em nome da Torcida Uniformizada. Ora, como todos sabem eu sou o patronoda Torcida Uniformizada. Título que me concederam pelo que fiz por esse grupo e do qual muito me orgulho e não autorizei ninguém a proceder dessa forma ainda mais que não reconheço D. Dulce como Chefe da Torcida.
Fonte: O Jornal 14 de Março de 1958

TOV Jornal dos Sports 1958

TOV O Jornal 1958

quarta-feira, 10 de outubro de 2018

IRA JOVEM 2018: FESTA DO DIAS DAS CRIANÇAS

Alô, criançada! No próximo dia 12 de outubro estaremos fazendo a nossa tradicional festa do dias das crianças em frente a social de São Januário. Teremos brincadeiras, cachorro quente, doces e muito mais.
Esperamos vocês.
"ENQUANTO HOUVER UM CORAÇÃO INFANTIL, O VASCO SERÁ IMORTAL"

Ira Jovem Dia das Crianças 2018

Ira Jovem Dia das Crianças 2018



terça-feira, 9 de outubro de 2018

FORÇA JOVEM 2018: 26 ANOS DA 15ª FAMÍLIA FRIBURGO

Há 26 anos atrás (09/10/2/1992) surgia aquela que até hoje domina Nova Friburgo e regiões.
Somos a maior Família da Serra e sempre vamos ser, porque aqui prevalece a amizade, o respeito e principalmente o sinônimo de família.
Cada integrante que fez parte desta história, aquele que já participou e o que participa ainda, contribuiu para sermos o que somos hoje, parabéns para 15ª, uma das famílias mais respeitada e estruturada do G.R.T.O. Força Jovem do Vasco.
Não poderia deixar de citar o nosso objetivo de existir, o nosso maior amor, o C.R. Vasco da Gama, vivemos para ele, vivemos para defender a Cruz de Malta que carregamos no peito, o Vasco para todo integrante da 15ª está acima de tudo abaixo de nada!!
Para coroar este dia tão importante para todos nós, hoje (Terça - 09/10/2018) é dia de Vascão, hoje é dia de sede da 15ª lotada, dia de festa, dia de brindes, de confraternização, de amizade, compareça a única Sede de torcida que existe na Região Serrana, aqui a festa é garantida.
Parabéns maior Família da Região Serrana do Estado do Rio de Janeiro, 26 anos de pura dedicação ao Vasco e FJV.

Força Jovem 26 Anos da 15ª Família Friburgo 2018





segunda-feira, 8 de outubro de 2018

FORÇA JOVEM 2018: AÇÃO SOCIAL DIA DAS CRIANÇAS DA FJV 26ª FAMÍLIA.

Parabéns a toda liderança da Família pelo excelente trabalho realizado.
Nossa Força produz solidariedade.
Fonte: Facebook Força Jovem do Vasco- FJV

Força Jovem Ação Social Dia das Crianças 26ª Família 2018

Força Jovem Ação Social Dia das Crianças 26ª Família 2018

Força Jovem Ação Social Dia das Crianças 26ª Família 2018

Força Jovem Ação Social Dia das Crianças 26ª Família 2018


sábado, 6 de outubro de 2018

TULIPAS VASCAÍNA 1991: 2 ANOS DE AMOR E DEDICAÇÃO AO VASCO

Em breve a Torcida Organizada Tulipas Vascaínas estará comemorando o seu segundo ano de amor e dedicação ao Vasco. Na verdade, a Tulipas existe há algum tempo, mas não com a força e a vontade de ser grande que temos há um ano. Antes de sair do Bar e irmos a arquibancada dos Estádios com faixa e bandeiras, a Tulipas reunia-se no Bar do Valdir, no Maracanã, e dessas reuniões faziam parte integrantes das mais diversas facções do Vasco, formando assim um grupo de amigos que se reuniam em todos os jogos, antes e depois, para bebemorar, fazendo assim do futebol o verdadeiro princípio e lazer.
Os anos se passaram e a Tulipas assumiu a verdadeira identidade de Torcida Organizada. Fizemos faixas, bandeiras, compramos uma bateria e fomos lá para a arquibancada unidos, para incentivar o glorioso Vasco da Gama em todos os esportes com muita garra. Hoje temos um quadro de associados de bom número o que é ótimo para uma Torcida que tem pouco mais de um ano. O melhor de tudo é que a Tulipas hoje em dia não é composto apenas de ex integrantes de torcidas Organizadas do Vasco, mas sim por pessoas que jamais tinham participado de alguma facção e que entraram para a nossa família, onde existe um ambiente saudável, amigos e união. Integrantes que transformaram o seu domingo não só de futebol, mas sim de lazer.
Por isso se você quer participar e aumentar essa grande família chamada Tulipas Vascaína é só procurar o Paulo de Castro, o Chiquinho, o Almir ou qualquer outro integrante dessa facção, com duas fotos, em qualquer dia de jogo do Vasco no Maracanã que faremos na hora sua inscrição. Lembramos apenas que é apenas que é indispensável a todos que queiram se juntar a nós, que tragam sempre de casa muita vontade de incentivar e bebemorar em todas as partidas do Vascão da Gama.
 César David, Relações Públicas da Tulipas Vascaínas
Fonte: Jornal dos Sports 08 de Agosto de 1991

Tulipas Vascaínas Jornal dos Sports 1991

Tulipas Vascaínas Jornal dos Sports 1992


quinta-feira, 4 de outubro de 2018

FORÇA JOVEM 1981: ANIVERSÁRIO DA FORÇA JOVEM, 11 ANOS

 Hoje, gente, é dia de festa. Logo mais o Vasco entra em campo e ensaia outra grande goleada contra o Vitória. Mas o festão não será apenas em campo, pois a Força Jovem completa 11 anos de existência, de muito amor e carinho ao seu Vascão da Gama.
A Força Jovem é uma das maiores Torcidas do Brasil, detentora de títulos de Melhor Torcida Carioca em 1976 e 1977, tendo 6.736 sócios devidamente catalogados, sendo o sócio número um ilustríssimo e eterno Presidente Agartino da Silva Gomes.
Luíz G. Chaves, Tijuca, Rio.
Fonte: Jornal dos Sports 19 de Fevereiro de 1981

Força Jovem Jornal dos Sports 1981

Força Jovem Maracanã 1985

Força Jovem Maracanã 1987


quarta-feira, 3 de outubro de 2018

ALMIRANTE DA COLINA 1979: O IMPORTANTE É GANHAR DO FLAMENGO

Com o empate de 0 x 0, a opinião geral era que o Vasco não tem mais condições de conquistar o primeiro turno, mas ainda que de forma restrita, o apoio ao time continuará. Ainda no Estádio, os chefes das principais Torcidas Organizadas já traçavam planos para a caravana que será formada para a partida de domingo, em Volta Redonda.
Para alguns torcedores, nem tudo está perdido, Se a equipe esta fora da disputa do título, resta o consolo do jogo contra o Flamengo, na última rodada.
Integrantes da Torcida Almirante da Colina, Jorge Fernandes de Freitas definiu bem a questão.
“Tudo indica que o Flamengo ganhará o primeiro turno. Se o Vasco conseguir derrotá-lo na última rodada, tudo bem. Para nós, Vascaínos, seu título não terá nenhum valor.
Fonte: Jornal O Globo 02 de Julho de 1979

Almirante da Colina Jornal O Globo 1979

Almirante da Colina Maracanã 1980

terça-feira, 2 de outubro de 2018

VASQUINTINO 1977: ÁREA DE LAZER

A Vasquintino não para, mesmo neste intervalo do Campeonato Carioca, estaremos todos os domingos em ação, com reuniões, visando dar aos torcedores e moradores do local sempre um fim de semana alegre em Quintino, sendo que, nesta reunião, ficou acertado que a primeira meta será um pedido ao administrador do Bairro, de uma área de lazer, como vem sendo feito em vários Bairros do Rio e , também, na reunião foi acertada a Sede da Vasquintino, com várias distrações para os componentes da Torcida, ou seja, cinema, pingue-pongue, dominó, música e até televisão, etc.
Já promovemos uma Festa Junina, nos dias 28 e 25 p.p., numa homenagem aos simpáticos moradores do local, que dia-a-dia vêm prestigiando a Torcida. E muitas novidades com o tempo irão aparecer, inclusive com excursões, Torneio de Futebol de Salão, etc.
Não queremos ser melhor que ninguém, apenas uma Torcida diferente. (16/07)

NOVOS ADEPTOS
Estamos felizes, pois estamos recebendo vários novos adeptos para a nossa Torcida. Isto mostra a alegria e o amor que o Clube de Regatas Vasco da Gama tem neste Rio de Janeiro, porque não dizer, Brasil inteiro.
Queremos com orgulho e muita satisfação registrarmos a participação dos novos adeptos da Vasquintino.
Glória, Dayse, Darci, Sr Amaro, dona Salete, Dr Oscar, os netinhos Luiz e Eduardo, Vanessa (netinha do Sr Sérgio), Carlos Alberto Galvão (Catuca, o popular espião do futebol carioca).
Isto, amigos mostra o quanto estamos conseguindo a simpatia do povo para a nossa Torcida.
São crianças, senhoras, moças, gente idosa, pessoas conhecidas do povo que mostram a sua simpatia por esta facção. (16/09)
Renato Zarazilha, Relações Públicas da Vasquintino.
Fonte: Jornal dos Sports 16 de Julho e 16 de Setembro de 1977

Vasquintino Jornal dos Sports 1977

Vasquintino Jornal dos Sports 1977

Vasquintino São Januário 1978


segunda-feira, 1 de outubro de 2018

TOV, FORÇA JOVEM, PEQUENOS VASCAÍNOS, OLAVASCO, VASCAXIAS, SARAVASCO, VASCANCELA, VASCO REAL, VASCARAÍ, VASQUITA, VASPENHA, VASCAREPAGUÁ E VASCOCOTA 1975: TORCIDA DO VASCO É DESTAQUE

Contra fatos não há argumentos. Denise todas as torcidas presentes ao Mário Filho, desde o início, uma destacou-se das demais: A Vascaína. Sim, o lado direito das Tribunas fervilhava com as imensas bandeiras cruzmaltinas que, prazerosas, no seu desfraldar contagiante, pareciam anunciar o que será o espetáculo Vascaíno, nas praças de esporte, daqui por diante.
Só a Torcida Organizada do Vasco (TOV) e a Força Jovem serviriam para fazer calar os vigionários elementos que procuram fugir a realidade. Não adianta nada contra a correnteza. Basta comprar um ingresso, sentar-se no Mário Filho, apreciar e depois dizer qual a mais amada Torcida. Citei a Organizada (da qual faço parte como Diretor de Relações Públicas) e a Força Jovem (sempre presente e vibrante). Mas não esqueço e jamais omitiria a Pequenos Vascaínos, a Olavasco, a Vascaxias, a Saravasco, a Vascancela, a Vasco Real, a Vascaraí, a Vasquita, a Vaspenha, a Vascarepaguá, a Vascocota e tantas outras, cujos nomes podem, no momento me faltar. São todas animadas, bem dirigidas e cujos componentes podem andar livremente pelas ruas, sem o perigo de serem presos por estelionato, ou sem a idéia de auferir lucros espúrios as custas de pessoas bem intencionadas, ou do próprio Vascão.
Lembro que a união entre as Torcidas citadas é uma constante entre nós e nenhum veneno lançado a esmo nos fará recuar.
Quem não tem competência ou fé de ofício que não se estabeleça.
Roberto, Relações Públicas da Torcida Organizada do Vasco –TOV)
Fonte: Jornal dos Sports 25 de Março de 1975

TOV Jornal dos Sports 1975

TOV Maracanã 1975

TOV Maracanã 1975