sexta-feira, 28 de setembro de 2018

GUERREIROS DO ALMIRANTE 2018: AULAS DE PERCUSSÃO

Chegou a hora pra você se somar a banda da GDA!
Se você sempre teve aquela vontade de somar a nossa banda mas não sabe tocar nenhum instrumento, chegou a sua hora. A banda da Guerreiros do Almirante convida aos interessados e às interessadas que compareçam ao bar do Patrick no dia 30 de Setembro, a partir de 13:30.
Qual dúvida, pode entrar em contato com:
Clayton ou Carlão

Guerreiros do Almirante Aulas de Percussão 2018

quinta-feira, 27 de setembro de 2018

PEQUENOS VASCAÍNOS 1981: FUTEBOL PEQUENOS VASCAÍNOS X RAÇA RUBRO NEGRA

Estava eu passeando pelo Aterro do Flamengo quando notei que estava uma multidão assistindo a uma entusiasta partida de futebol. Para minha surpresa, eram equipes da Torcida Pequenos Vascaínos e Raça Rubro Negra. Meus amigos, que sensacional jogão de bola, muita raça e determinação dentro de campo.
Diretores de grandes e pequenos Clubes deveriam ter presenciado esta partida, para que pudessem ver a garra e a disposição de todos os jogadores e também muita técnica em campo. Fiquei tão empolgado que, ao término do jogo fui cumprimentar diversos atletas. 
Os Pequenos Vascaínos venceram por 8 a 2.
Parabéns rapaziada. Que continuem assim, pois certamente serão vistos com bons olhos por algum dirigente de Clube.
Artur, Centro Rio de Janeiro
Fonte: Jornal dos Sports 19 de Agosto de 1981

Pequenos Vascaínos Jornal dos Sports 1981

Pequenos Vascaínos Laerte e Zeca 1981

quarta-feira, 26 de setembro de 2018

VASMADURA 1978: FUNDAÇÃO

Chegou a sua vez, Madureira, a capital do samba, vai ter sua Torcida Organizada Vasmadura. 
Através desta coluna, Bate Bola, viemos pedir aquela colaboração do comércio local e adjacências.
Vascaínos, venham participar da nossa Torcida. Informações na Rua Dona Clara 187 com os diretores, Vanderlei Machado, Crispim Moreira e o Matos. (07/01)
José Luiz Mano, Diretor Comercial do Ponto Frio Bonzão, vai apadrinhar a mais nova Torcida carioca, Vasmadura. 
E me telefona para um convite agradável: comparecer ao batismo da Vasmadura, domingo dia 05, no sítio Garrafão Estrada dos Bandeirantes 6471, onde acontecerá farta boca livre a base de churrasco e chopp. Elke Maravilha também vai. (26/02)
Fonte: Jornal dos Sports 07 de Janeiro e 26 de Fevereiro de 1978

Vasmadura Jornal dos Sports 1978

Vasmadura Jornal dos Sports 1978


terça-feira, 25 de setembro de 2018

TOV 1974: SAMBA DA BEIJA FLOR

E o Vasco continua dando banho de popularidade em todos os Estados onde se apresenta. É o Vasco jogar e a casa lotar. Pena que as rendas parciais sejam sempre superiores as rendas totais. E, em homenagem a todos os Vascaínos do Brasil, ai vai uma paródia do samba da Beija Flor, que poderá pegar no carnaval Vascaíno de todo jogo.
Régio Henrique, Torcida Organizada, GB.
Sim chegou a hora
Dessa galera conhecer
Nosso time de artistas
Que esse ano vai botar pra derreter
O Vascão em todo o Brasil
Quem viver verá
Travaglini e sua gente
Zana e o Possesso
Levando o Vascão pra frente
No Rio, Fortaleza e em São Paulo
Brasília ou São Salvador
Vitórias e vitórias alcançaremos
Mostrando essa moçada de valor
E Andrada fechando
A meta com perfeição
A moçada brincando
Com a pelta no chão
Fonte: Jornal dos Sports 19 de Março de 1974

TOV Jornal dos Sports 1974

TOV São Januário 1975

TOV Maracabã 1975

segunda-feira, 24 de setembro de 2018

TOV 1951: FOTOS 03

Fotos, Vasco x Fluminense, Jornal Última Hora

TOV Jornal Última Hora 1951

TOV Jornal Última Hora 1951

TOV Jornal Última Hora 1951


sexta-feira, 21 de setembro de 2018

UNIÃO VASCAÍNA 1980: FUNDAÇÃO

É com imensa satisfação que pela primeira vez, participamos desta sensacional coluna, a única que realmente os torcedores indiscriminadamente participam para comunicar os assuntos que empolgam o nosso futebol.
Nós pintamos no pedaço para comunicar aos imensos torcedores Vascaínos o nascimento da maior movimento de Torcida a União Vascaína. 
Uma facção que está sendo organizada em todos os sentidos para estar com o Vascão, onde e como ele estiver.
Você que torce pelo Vascão, que gosta de ir aos Estádios e que não participa de nenhuma facção pode nos procurar na Rua Professor Walter Frankel número 336 e 210 e venha unir-se a um dos maiores movimentos de Torcida Organizada.
Aproveitamos a oportunidade para fazermos aqui, dois convites, o primeiro ao Geraldo de Araujo e a Carminha Assunção, Relações Públicas da Vaspanema para serem padrinho e madrinha respectivamente da União Vascaína.
Ivan e Hélio, Irajá
Fonte: Jornal dos Sports 14 de Setembro de 1980


União Vascaína Jornal dos Sports 1980

quinta-feira, 20 de setembro de 2018

VASCAÇO 1976: 1º CAMPEONATO DE PELADA DE VOLTA REDONDA

Novamente mandando o seu recado através desta badaladíssima coluna a Torcida Organizada Vascaço de Volta Redonda vem divulgar a estréia de seu time de futebol no 1º Campeonato de Pelada de Volta Redonda, organizada pelas Torcidas de Voltaço e com o apoio da LDVR.
Sabino Filho, nosso dinâmico Presidente, fez um excelente time a altura de representar a grande Torcida Vascaína no Campeonato de Pelada de Volta Redonda, fez grandes aquisições em grandes valores da Cidade do Aço, sem dúvida é um grande time, com jogadores de 1ª categoria e um excelente nível técnico, todos jogadores e adeptos da Torcida Vascaço estão muito otimistas quanto a uma boa campanha. (24/10)

AS FERAS
As feras são as seguintes; Celso Carrero (Leiteiro), Betinho, Almir, Daniel, Jarbas, Hélio (Pelé), Marcos Duffayer, Cury, Lulu, Sabino, Joel Minhoca, Pedro Penaforte, Taranto, Willian, Aílton, Cláudio, João Carlos e Marquinhos. Toda comissão Técnica da Torcida Vascaço está muito otimista quanto a boa campanha da equipe no atual campeonato. (06/11)
Fonte: Jornal dos Sports 24 de Outubro e 06 de Novembro de 1976

Vascaço Jornal dos Sports 1976

Vascaço Jornal dos Sports 1976

Vascaço Jornal dos Sports 1976

Vascaço Jornal dos Sports 1976


terça-feira, 18 de setembro de 2018

FORÇA INDEPENDENTE 2018: NOTA DE REPÚDIO A ATUAL GESTÃO

*Nota de repúdio a atual gestão e de apoio incondicional ao Club de Regatas Vasco da Gama da Força Independente do Vasco*
Eleito por uma articulação maldosa que desrespeitou a escolha dos sócios, discursou em sua primeira coletiva como presidente falando que o Conselho Deliberativo era soberano.
Passou meses prometendo um patrocínio master, colocando sócios e amigos pra dentro do Club. Sua irresponsabilidade, incompetência e desvio de caráter nos colocou em mais uma luta contra o rebaixamento.
A cada dia mais, Alexandre Campello demonstra a sua incapacidade de comandar o Club e, o mais estranho, seus gestores profissionais recorrem justamente às mesmas práticas utilizadas pela gestão anterior tão criticada: migalhas em troca de apoio, enquanto raspa-se o fundo da panela.
O clube tem mais 14 rodadas por jogar, o empréstimo foi aprovado e a torcida vai abraçar o time, pois não há outro modo de escaparmos.
Se o Vasco cair, Diretor por Diretor que se diz profissional será cobrado: a culpa é de todos vocês! Não aceitaremos desculpas, não aceitaremos bravatas, não aceitaremos esmolas em troca do nosso silêncio.
Diferentemente do Sr., nós somos VASCO. Se o Sr. fizer o bem para o Club, iremos apoiá-lo. Se o Sr. insistir no mal que vem fazendo ao nosso amor maior, será cobrado e responsabilizado.
Nos últimos 9 meses, derrubou-se o Vasco sob todos os aspectos... A partir de agora, que a postura seja modificada. Não só do time, mas PRINCIPALMENTE da Diretoria.
*Força Independente do Vasco*
Fonte: Facebook da Força Independente do Vasco

Força Independente São Januário 2016



segunda-feira, 17 de setembro de 2018

TOV 1958: 07 DE MARÇO DIA DO ANIVERSÁRIO DA TORCIDA VASCAÍNA

O Programa “O Vasco em Revista” da Emissora Continental e que é uma produção do nosso confrade Mário (Terere) Figueiredo, esteve em festas na noite de ontem, quando foi comemorado o aniversário da senhora Dulce Rosalina, Chefe da Torcida Organizada do Vasco. 
Por sugestão do senhor João Silva, a data de 07 de Março, passará a ser a data do aniversário da imensa Torcida Vascaína e que, no próximo ano, tem uma comemoração em todos os Estados.
Fonte: Jornal dos Sports 08 de Março de 1958


TOV Jornal dos Sports 1958

sexta-feira, 14 de setembro de 2018

FEMININA CAMISA 12 E RENOVASCÃO 1984: ESTAS MULHERES VALENTES E SUAS TORCIDAS MARAVILHOSAS

As mulheres estão tomando os espaços que até então eram dominados pelos homens. Elas se tornaram mais audaciosas, valentes e, acima de tudo, começaram a colocar para fora os seus valores intelectuais. A mulher sabe enfrentar com fato os obstáculos que surgem pelos caminhos. E foi assim que elas venceram a barreira de se tornaram Chefes de Torcida.
Elas conciliam a vida do lar e do trabalho com o grito vibrante que faz eco aos Estádios. São respeitadas e admiradas pelos homens nas arquibancadas. Esses homens, agora, não são mais os líderes absolutos. Alguns são até comandados pelo “sexo frágil”. A mulher, com graça e sensibilidade, comanda e embeleza o espetáculo.
Um exemplo disso é Tia Laura, que com seus 64 anos está nas arquibancadas, chefiando a Charanga do Flamengo, a primeira Torcida Organizada, fundada na década de 1940 por seu marido, Jaime de Carvalho, já falecido. Antes a Torcida tinha o nome de Avante Flamengo, “mas como os músicos não eram lá essas coisas”, Ari Barroso, cantor, compositor, apresentador e flamenguista doente, interveio:
“Esses músicos são muito ruins, Jaime. Por isso, essa Torcida tem que se chamar Charanga do Flamengo, pois tocando mal desse jeito que eles tocam, só pode ser Charanga.
Outra Chefe de Torcida é Tuninha, 31 anos, da Flamante. Ela afirma que o verdadeiro amor é o Flamengo. E que assim será até morrer. Bancária, ela concilia todos os seus afazeres. É uma guerreira na defesa do Clube de seu coração. A madrugada não a assusta, durante os preparativos para a festa nas arquibancadas, para o seu Flamengo. As derrotas do time não a entristece, pois nesse momento, se lembra das grandes vitórias, especialmente aquelas obtidas com muita garra.
Lugar de mulher é em casa? Nada disso. Afirma Iara da Silva Barros, Chefe da Torcida Feminina Camisa 12 do Vasco, há 11 anos. Mulher dinâmica, sem preconceitos, é firme em suas decisões. Após ter participado da Torcida Força Jovem, liderada por Ely Mendes, resolveu fazer alguma coisa diferente pelas mulheres e pelo próprio Vasco. Foi a luta e criou uma Torcida exclusivamente de mulheres. Todas são carinhosamente chamadas de Luluzinhas. Houve uma receptividade muito boa das Torcidas dos demais grandes clubes e surgiu a Fluminina. Pena que não vingou.
Pouca gente ouviu falar em Helena Lacerda. Mas quem não conhece a Tia Helena da fiel Tricolor? Quando começou a ser Chefe da Torcida fez um pacto consigo mesmo de despreendimento pelo Fluminense. O seu amor pelo Clube é enorme. A prova disso é que deixou de viajara Europa para investir o dinheiro na reforma da Sede de sua Torcida no Maracanã, gastando cerca de Cr$ 3 milhões.
Mas, o melhor exemplo de dedicação e abnegação é Dulce Rosalina, Chefe da Renovascão. É a mais antiga Chefe de Torcida. Seu amor pelo futebol nasceu quando ela era criança. Mas tarde, quando se casou com o jogador de futebol ponce de Leon, sua paixão aumentou. Hoje, vive para o seu Vasco da Gama.
Fonte: Jornal dos Sports 26 de Setembro de 1984


Feminina Camisa 12 e Renovascão Jornal dos Sports 1984



quinta-feira, 13 de setembro de 2018

VASPANEMA 1982: CHURRASCO DOS 5 ANOS

A Torcida Vaspanema comemorará o seu quinto aniversário com um Churrasco oferecido aos sócios do Vasco no próximo dia 05 e convoca todos os torcedores a comparecerem ao Maracanã no jogo contra o América. Maiores informações podem ser obtidas com o Arnóbio, que garante o sucesso da festa e finaliza. O Vasco tem que permanecer na liderança. (22/10)
Arnóbio, da Torcida Vaspanema, comunica aos integrantes da Torcida e sócios do Vasco, que amanhã, será oferecido um churrasco de confraternização dos torcedores. O local é Mercado São Sebastião, na Avenida Brasil, a partir de 12 horas. “Conto com a participação dos Vascaínos”, finalizou Arnóbio. (04/11)
Fonte: Jornal dos Sports 22 de Outubro e 04 de Novembro de 1982


Vaspanema Jornal dos Sports 1982

Vaspanema Jornal dos Sports 1982

Vaspanema Jornal dos Sports 1982

quarta-feira, 12 de setembro de 2018

VASBICÃO E VIGAVASCO 1979: FESTA EM HOMENAGEM A CHAPA UNIÃO VASCAÍNA

AGRADECIMENTO E APOIO
Venho mais uma vez através deste porta voz, levar minhas palavras de sincero agradecimento a Sra Dulce Rosalina (Renovascão), por tudo que tem feito em prol da Torcida Organizada Vasbicão. Nós membros da Torcida acima citada, iremos colaborar e apoiar a Chapa União Vascaína. Ressalto o nome do Ilmo Dr Olavo Monteiro de Carvalho, para a presidência do nosso querido Club de Regatas Vasco da Gama, contando com toda sinceridade e verdade se vier a ser eleito.
Todos aqueles que unidos estão apoiando a Chapa União Vascaína, que temos como slogan ”Acima de tudo em primeiro lugar o Vasco.”
Em nome da Torcida Vigavasco, convidar a todos da Oposição, para a Festa de Confraternização que fará realizar no próximo dia 21 as 18 horas, em sua Sede na Rua Correia Dias 180 Vigário Geral.
Aqui finalizo, com meu cordial abraço a todas as facções da União Vascaína.
João Teixeira, o Camarão, Presidente da Vasbicão.

AGRADECIMENTO
Agradeço o convite para o Churrasco que a Vigavasco oferece hoje no Colégio Carvalho Junior aos membros da União Vascaína.
São três mil litros de chope e 500 quilos de carne, segundo me informaram os organizadores da festa. (21/07)
Fonte: Jornal dos Sports Coluna Bate Bola 20 de Julho e 21 de Julho de 1979

Vasbicão Jornal dos Sports 1979

Vigavasco Jornal dos Sports 1979

Vasbicão 1979

Vigavasco Maracanã 1979


terça-feira, 11 de setembro de 2018

TOV 1976: TORCIDA ESTÁ CONTRA JORNADA DUPLA. É UM PERIGO

A decisão do Campeonato Carioca de Futebol passou a ser o assunto obrigatório em quase toda a cidade. 
No centro, ontem, pela manhã, como já é tradicional, os torcedores se reuniram na banca de jornais do Tolito, na esquina de Rio Branco com sete de Setembro. 
É um reduto de botafoguenses. Mas havia torcedores de outros clubes.
Foi lá que surgiu o movimento para sugerir ao Presidente da Federação Carioca de Futebol desfazer a rodada dupla de domingo. Facções das Torcidas do Vasco, Fluminense e Botafogo desejam que haja uma partida no sábado e outra no domingo. 
A de sábado Fluminense e América, ficando Vasco x Botafogo para o dia seguinte.
Argumento: o Estádio Mário Filho será incapaz de suportar tanta gente junta. Além disso, há um problema técnico: 
A Torcida do Vasco, por tradição, conquistou o lado direito das Cabines de Rádio: a do Botafogo pretende ficar a esquerda. Os torcedores do Fluminense e América não concordam em ocupar a parte central das arquibancadas.
- Chegarei bem cedo ao Mário Filho. Se o Fluminense já tiver colocado sua faixa a esquerda das Cabines, não pensarei duas vezes. Vou por a do Botafogo por cima, (Russão - Torcida Organizada do Botafogo TOB).
- Tinha graça, o Fluminense não aceita ficar no meio das arquibancadas, Nós vamos ocupar o lado esquerdo. Afinal de contas, nossa Torcida é muito maior (José Luis – Força Flu).
De fato, esse é o clima que há entre as Torcidas. Ontem, a tarde, representantes de diversas facções estiveram na Redação do Jornal dos Sports, para fazer um apelo ao Presente da Federação Carioca de Futebol, no sentido de antecipar uma das duas partidas para o sábado
Estiveram na Redação do JS representantes da Torcida Jovem do Botafogo, Botaporre, Itafogo, Fogolito, Unifogo, Paracambi Fogo, Força Flu e TOV.
Fonte: Jornal dos Sports 18 de Agosto de 1976

TOV Jornal dos Sports 1976

Torcida do Botafogo Jornal dos Sports 1976


segunda-feira, 10 de setembro de 2018

FORÇA JOVEM 1973: CARTA DE AGRADECIMENTO DA DIRETORIA DO VASCO

QUEM VIVER, VERÁ
Em minhas mãos o ofício nº 773/73 de 08/05/1973 enviado a Ely Mendes, Chefe da Torcida Força Jovem, pelo Presidente do Vasco, Sr Agatirno da Silva Gomes, no qual ele agradece e exalta o exemplo de fidelidade, amor, desprendimento, destemor, coragem, sacrifício e tenacidade por nós demostrado no jogo contra o Flamengo. 
Meu caro Presidente, não fizemos mais do que exteriorizar o grande amor que sentimos pelo nosso Clube. Afinal já era tempo de reavivar na memória de muita gente a pujança de nossa Torcida e que estamos vivos, unidos e cada vez mais forte. 
A existência do Vasco compensa todo e qualquer sacrifício. Nossas cabeças estão no lugar. Presidente, nossas mãos de volta ao trabalho e com forças redobradas partimos para a batalha final, na certeza de que essa apresentara um resultado bem diferente... quem viver, verá.
Régio Henrique, Força Jovem Vasco.
Fonte: Jornal dos Sports 17 de Maio de 1973

Força Jovem Jornal dos Sports 1973

Força Jovem Maracanã 1973

Força Jovem Moça Bonita 1973


sábado, 8 de setembro de 2018

FORÇA INDEPENDENTE 1988: CAMPANHA CONTRA A VIOLÊNCIA

Venho, a esta democrática Coluna, parabenizar as Diretorias da Garra Tricolor do Fluminense e da Força Independente do Vasco que estão preparando uma Campanha Contra a Violência nos Estádios durante a Copa União. 
Esperamos que a Polícia também cumpra com a sua obrigação, dando segurança aos torcedores fora dos Estádios. 
A Força Independente e a Garra Tricolor esperam que as outras Torcidas também se unam para o sucesso da Campanha.
Marcelo Maia, Ilha do Governador.
Fonte: Jornal dos Sports, Coluna Bate Bola 17 de Julho de 1988

Força Independente Jornal dos Sports 1988

Força Independente Maracanã 1988

Força Independente São Januário 1988


quarta-feira, 5 de setembro de 2018

RENOVASCÃO 1977: DULCE ROSALINA A VERDADEIRA VASCAÍNA

Venho a esta coluna para falar de uma senhora que já deu muito pela Torcida do Vasco e agora está impedida de fazer o que fazia antes, pelo próprio Vasco e por alguns membros de outras facções de Torcida, mas mesmo assim com muito esforço ela consegue dar pelo menos a metade do que já havia feito pelo Vasco, fundando a sua própria Torcida.
Essa senhora foi impedida de continuar comandando a Torcida Organizada do Vasco (TOV) por motivos que não valem a pena serem publicados nessa conceituada coluna, mesmo assim não se abateu e continuou a sua marcha vitoriosa e fundou a Renovascão.
Essa senhora se chama Dulce Rosalina, uma das melhores Chefes de Torcida que o Vasco já teve.
D. Dulce não se intimide com esses caras que querem derrubar a sua pessoa porque, antes deles serem Vascaínos, a senhora já o era há muito tempo.
Um abraço desse que teria muito prazer em conviver mais com a senhora, nos jogos do Vasco, mas por motivos particulares eu não posso, pois eu estou saindo da TOV para a Força Jovem, onde estão muitos amigos meus e meus irmãos.
Obrigado D. Dulce pelo muito que a senhora fez pela Torcida do Vasco e pelo muito que a senhora ainda pode fazer, não se abatendo com as críticas que os outros façam da senhora. Obrigado.
Paulo de Castro
Fonte: Jornal dos Sports 19 de Julho de 1977

Renovascão Dulce Rosalina Jornal dos Sports 1977

Renovascão Dulce Rosalina 1981


terça-feira, 4 de setembro de 2018

VASTELES 1977: SHOW NO MARACANÃ

Eu fui ao Maracanã e vi este jogão (Vasco x Flamengo) vi a guerra das Torcidas, onde a que mais se destacou foi sem dúvida alguma, a Vasteles, eita torcidinha enjoada, não parou um só instante, parecia que o seu coro, Vasco ôôô, dava mais força aos nossos jogadores que estavam com uma vontade louca de vencer, sua bateria um troço de arrepiar os cabelos, também pudera, Eli (Branco), dando ritmo, Careca danado no surdão, parecia até que tinham ensaiado o ano inteiro....
Mais uma vez, quero dizer que a Vasteles, fez um verdadeiro carnaval no Maracanã, e não ficou só nisso não, foi também a São Januário, e mereceu muita presença, pois o que tinha de gente querendo fotografar e filmar esta grande e bem organizada facção não ta no gibi.
Não sei o nome da organizadora desta Torcida Organizada ou organizador, mais podem crer ela ou ele, está de parabéns, pois o espetáculo proporcionado foi marcante e quem viu como eu vi não vai esquecer tão cedo.
Mauro Vaz Diniz, São João de Meriti (01/10)

AGRADECIMENTO
A Torcida Vasteles, em meio às comemorações (passeatas e comes e bebes), pela conquista do Título de Campeão Carioca de 1977, avisa que já está aceitando reservas de passagens para Campos em 16/10/1977 para incentivar o Vascão contra o Americano, cuja saída está prevista para zero hora.
Aproveito para agradecer as palavras elogiosas, dedicadas a Torcida Vasteles, pelo torcedor Mauro Vaz Dinis, de São João de Meriti, na coluna de 01/10/1977 no Bate Bola do Jornal dos Sports e dizer-lhe que elogios como esse são como que uma mola a nos impulsionar para frente.
Diniz Barbosa, Relações Públicas (06/10)
Fonte:Jornal dos Sports 01 e 06 de Outubro de 1977

Vasteles Jornal dos Sports 1977

Vasteles Jornal dos Sports 1977

Vasteles São Januário 1978

Vasteles Maracanã 1982



segunda-feira, 3 de setembro de 2018

FEMININA CAMISA 12 E FORÇA JOVEM 1973: VASCO TAMBÉM GANHOU TAÇA NA FESTA DO FLA

O Flamengo venceu o novo confronto de Torcidas e conquistou pela segunda vez o Troféu Mário Filho, mas as garotas Vascaína da Feminina Camisa 12 receberam também seu prêmio, a Taça Jornal dos Sports, numa festa de confraternização, ontem na nossa Redação.
Pelo Vasco, a Torcida premiada foi a Feminina Camisa 12, a nova Torcida Organizada do Clube e composta por 50 moças. Ao receberem a Taça, elas resolveram em comum acordo, oferece-la ao jogador Zanata e já marcaram que a entrega será feita domingo próximo antes do jogo do Vasco com o Bangu em São Januário.(10/05)

PROTESTO
Quero enviar a esse Jornal, como representante da Torcida Força Jovem do Vasco, o meu veemente protesto pelo resultado do Concurso de Torcida realizado por ocasião do jogo Vasco x Flamengo, domingo último. Foi simplesmente indecente o ocorrido. Não é justo que a gente trabalhe como o fizemos durante toda uma semana, no sentido de oferecer no Estádio aquele espetáculo que só os que julgaram é que não viram, para no final, homens como Jorge Cury e Washington Rodrigues declaradamente flamenguistas terem o descaramento de, inclusive se omitirem em alguns quesitos na intenção clara de facilitar a vitória de seu Clube. Sei que dificilmente esta carta será publicada, mas a cópia da mesma já foi enviada ao Chefe de nossa Torcida e estamos ao firme propósito de não mais participar de Concurso desse tipo, pois a grande confirmação é que ninguém tem interesse em acabar como mito Flamengo (Torcida). Quero deixar claro que não coloco a mínima dúvida quanto a lisura da vitória rubro negra dentro de campo, mas na arquibancada, uma Torcida que agitou o Mário Filho desde as 12h não merecia uma atitude tão covarde de quem julgou o Concurso. Resta saber agora se vale a pena participar do Concurso Mais Querido.... eu tenho minhas dúvidas.
Régio Henrique, Força Jovem do Vasco, GB (10/05)
Fonte: Jornal dos Sports 10 de Maio de 1973

Força Jovem e Feminina Camisa 12 Jornal dos Sports 1973

Força Jovem e Feminina Camisa 12 Jornal dos Sports 1973

Força Jovem e Feminina Camisa 12 Jornal dos Sports 1973

Força Jovem e Feminina Camisa 12 Jornal dos Sports 1973